Benefícios do BCAA além do exercício| Dra. Priscila Gontijo

| | ,

O BCAA (Aminoácido essencial de cadeia ramificada, do inglês: “Branched-chain amino acids”) é um dos suplementos mais vendidos atualmente. Porém, ele é considerado polêmico entre os profissionais da área da saúde.Por essa razão, aqui você vai encontras os benefícios do BCAA além do exercício.

Isso acontece porque para a recomendação de qualquer suplemento, é necessário que existam estudos comprovando a sua eficácia. Mas para o BCAA, esses estudos as vezes se mostram contraditórios com relação aos benefícios para os praticantes de exercício.

Pensando nisso, nesse post você irá encontrar quais são os principais benefícios da suplementação de BCAA. Mas, diferente da maioria, aqui você irá ler sobre BCAA para os praticantes de exercícios, mas também além dele.

Veja os principais benefícios, científicos, já relatados com a suplementação de BCAA e aplicações na prática clínica do nutricionista. 

Saiba mais sobre benefícios que envolvem da gestante ao idoso. Além de doenças e condições que a suplementação de BCAA pode ser positiva. 

Função do BCAA

Nosso organismo utiliza o BCAA como matéria prima para a produção de novas proteínas, como combustível, além de participar de diversos mecanismos de sinalização entre as células. 

Mas o mais importante é que o BCAA é o principal ativador da via chamada mTOR (Alvo mamífero da rapamicina). Uma vez que a mTOR é ativada, para os praticantes de exercício, possui importante ação no desenvolvimento dos músculos.

BCAA evita a perda de músculo?

Além do BCAA servir de combustível para a produção de proteínas em nosso corpo, também previne que essa proteína se quebre. Por essa razão, podemos dizer que ele evita a perda de músculos.

Apesar de que esse é um dos efeitos contraditórios que mencionamos logo no início do texto. Contudo, esse efeito já foi comprovado em estudos in vitro (celular). Mas ainda é contraditório em estudos com humanos. 

Porém quando a ideia é evitar a perda de massa muscular, a atenção vai especialmente para a leucina. A leucina é um dos 3 tipos de aminoácidos presentes no suplemento de BCAA.

Que além de estar relacionada com a produção de proteínas em pessoas praticantes de exercício, também evita a perda de massa muscular em situação de jejum e até mesmo após grandes cirurgias. Ou seja, proporciona benefícios em situação de saúde e também em situações de doenças.

BCAA melhora a fadiga?

Essa é a principal alegação de benefício para os praticantes de exercícios e atletas profissionais. Mas, recentemente, esse benefício foi colocado a prova, quando um grande nome da área da nutrição esportiva disse que o BCAA não é eficaz. 

Mas o que ele quis dizer com isso foi que os resultados até então eram muito sutis. E que a alimentação poderia suprir qualquer necessidade diária de BCAA. Porém, ele também diz que a suplementação de BCAA pode ser usada como estratégia nutricional. Seja através da alimentação ou da suplementação.

Por exemplo,

Uma estratégia em que a suplementação de BCAA ainda trás resultado para a fadiga é com relação aos idosos. Já que esse público, quando iniciam a prática regular de exercícios apenas na melhor idade, se sentem desestimulados a realizar o treino ao sentirem cansaço e dores relacionados ao exercício.

Nesse caso a suplementação de BCAA se mostrou eficiente para diminuir a fadiga e manter por mais tempo a força necessária para realizar exercícios de força, como a musculação.  

Além de exemplos científicos,

Um exemplo da prática clínica do nutricionista é a utilização do BCAA como fonte de energia durante o treino. Principalmente em estratégias de restrição calórica e de carboidratos, para pacientes com o objetivo de emagrecer. Essa é uma, entre as milhões de estratégias que podem ser utilizadas nesses casos.  

Benefícios do BCAA para o cérebro

No cérebro, o BCAA compete com outros tipos de aminoácidos, e por essa razão, influenciam na concentração de alguns neurotransmissores. Por exemplo, os neurotransmissores dopamina, noradrenalina, serotonina e glutamato. 

Essas alterações influenciam no cansaço durante o treino por exemplos, além disso, também estão relacionadas com sensação de vigor, bem estar, e ainda atuam no controle da ansiedade.  

Nosso cérebro também controla sensações relacionadas a fome e apetite. E para o apetite, a leucina diminui o apetite, e pode potencializar a perda de gordura corporal quando associada dieta e exercícios. 

E para fechar o combo atuação do BCAA no cérebro, ele também é utilizado no tratamento de pacientes com encefalopatia hepática. Isto porque o BCAA promove uma desintoxicação de amônia e ajuda a equilibrar a quantidade de aminoácidos.

BCAA controla a glicemia?

Esse efeito é um dos mais polêmicos. Entretanto existem 3 teorias:

1° – BCAA regula a glicose no sangue e a secreção de insulina;

2° – O consumo excessivo do BCAA podiria inibir a sinalização da insulina;

3° – BCAAs podem induzir resistência a insulina através da ativação do mTOR.

Ou seja, não sabemos essa resposta. Mas, a orientação é que o consumo de um suplemento de BCAA para um diabético por exemplo, seja acompanhado junto a um profissional nutricionista. Para adequada avaliação.

BCAA melhora a qualidade do leite materno

Esse é uma das novidades do mundo científico mais animadoras com relação ao BCAA. Pois a suplementação estimularia a concentração de alguns aminoácidos presente no leite materno. Além de também aumentar a sua concentração de proteínas.

Fora que também existem evidências mostrando que gestantes suplementadas aumentam a produção de leite para o seu recém nascido.

Na fase da gestação, descobriram que grávidas com crianças saudáveis tinham maiores concentrações de BCAA. Enquanto grávidas que apresentaram gravidez intra uterina ou o feto com baixo peso, tinham menores concentrações de BCAA no organismo. 

Apesar de tantos resultados positivos, ainda não existe uma recomendação de consumo ideal para ter esses resultados.

Então a mesma regra aqui também vale, Para você que está grávida e ficou interessada nesses benefícios, procure seu médico e o nutricionista para avaliar quais são as suas necessidades.

BCAA melhora queimaduras 

A utilização de BCAA para as queimaduras também tem relação com a sua função de síntese de proteínas e recuperação do tecido. Entretanto, ainda não existe uma dose ideal para isso. Isto porque foram estudadas com diferentes dosagens, situações e aplicações. 

Por fim, 

Podemos concluir que a suplementação com BCAA trazem benefícios sim, e durante todos os ciclos da vida. Porém, vale a análise dos hábitos alimentares junto ao nutricionista para entender se essa estratégia nutricional pode ser aplicada ao seu caso. 

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de BCAA de altíssima qualidade?

Referências:

GORISSEN, Stefan HM; PHILLIPS, Stuart M. Branched-Chain Amino Acids (Leucine, Isoleucine, and Valine) and Skeletal Muscle. In: Nutrition and Skeletal Muscle. Academic Press, 2019. p. 263-278.

HOLEČEK, Milan. Branched-chain amino acids in health and disease: metabolism, alterations in blood plasma, and as supplements. Nutrition & metabolism, v. 15, n. 1, p. 33, 2018.

MAGDALON, Juliana; TADEU FESTUCCIA, William. Controle da adiposidade por mTORC1. Einstein (16794508), v. 15, n. 4, 2017.

HASSMÉN, Peter et al. Branched-chain amino acid supplementation during 30-km competitive run: mood and cognitive performance. Nutrition (Burbank, Los Angeles County, Calif.), v. 10, n. 5, p. 405-410, 1994.

ZHENG, Yan et al. Cumulative consumption of branched-chain amino acids and incidence of type 2 diabetes. International journal of epidemiology, v. 45, n. 5, p. 1482-1492, 2016.

 
Anterior

Colágeno Verisol ou Hidrolisado? Nutricionista explica!

Whey protein engorda ou emagrece?| Dicas que você precisa saber

Próximo

2 comentários em “Benefícios do BCAA além do exercício| Dra. Priscila Gontijo”

  1. Obrigado por abordar este tópico. Eu gosto do jeito que você apresenta e discute todas as
    detalhes, bem como seu estilo geral de escrita. As vezes,
    há escassez de tempo para ler bits longos, mas é
    breve e conciso, passei apenas alguns minutos para ler o artigo inteiro.
    É essencial, pois ninguém tem tempo suficiente para navegar.

    Responder
    • Ficamos felizes que esse texto tenha sido útil para você!
      Qualquer dúvida, sugestão ou crítica, não deixe de continuar entrando em contato 🙂

      Responder

Deixe um comentário