O ômega 3 é um nutriente encontrado na gordura de peixes que vivem em regiões frias e em algumas sementes, quando ingerido em quantidades recomendadas traz muitos benefícios para o corpo humano. É um nutriente essencial, ou seja, não é produzido pelo organismo, portanto, é necessário consumi-lo através da alimentação ou suplementação

Como escolher o melhor ômega 3

Além de ser importante para a absorção de vitaminas (mais precisamente lipossolúveis A, D, E e K) e de ser uma fonte de energia, o ômega 3 possui outras propriedades extremamente importantes para nossa saúde. Confira abaixo os benefícios do ômega 3:

1. Melhora a visão e o desenvolvimento neuro-cognitivo infantil

Várias pesquisas mostraram que o ômega 3 é crucial para o desenvolvimento cerebral na infância e para o amadurecimento de um cérebro saudável. Um estudo feito na Holanda em 2011 provou que o ômega 3 melhora a acuidade visual de crianças, além de poder favorecer seu desenvolvimento neuro-cognitivo.

2. Previne doenças neurodegenerativas

Consumir ômega 3 ao menos 3 vezes por semana reduz em 26% o risco de lesões cerebrais demenciais, como as que causam o Mal de Alzheimer, a Doença de Parkinson e outras.

3. Fortalece o sistema imunológico

Assim como o ômega 6 e o 9, o ômega 3 ajuda nosso organismo a reforçar suas defesas naturais. Esses ácidos graxos reduzem a formação de citocinas pró-inflamatórias, atenuando o catabolismo proteico, o que melhora a resposta imunológica. Há estudos em pacientes com câncer que evidenciaram melhora no estado nutricional e na resposta inflamatória com suplementação de ômega 3.

4. Diminui o risco de doenças cardiovasculares

Tal ácido graxo ajuda a estabilizar o ritmo cardíaco (evitando arritmias), diminui a pressão arterial, melhora o fluxo sanguíneo, reduz os triglicérides e evita a formação de trombos. Portanto, o ômega 3 é um grande aliado na prevenção das doenças cardíacas. Um estudo de 2004 da Sociedade Americana de Ciências Nutricionais relacionou o consumo de peixe com um perfil menos aterogênico de lipoproteínas, melhorando os níveis de HDL e VLDL.

5. Previne a depressão

As taxas de depressão permanecem mais baixas em países que consomem bastantes peixes de água fria. Uma metanálise de 2015 provou que o alto consumo de peixe está associado a um menor risco de depressão. Atribui-se isto ao fato que os ácidos graxos como o ômega 3 ajudam a manter estáveis os níveis de dopamina e estimulam o crescimento neuronal no córtex frontal, melhorando o humor.

6. Previne o câncer

Consumir ômega 3 pode ajudar na prevenção do câncer de mama, de intestino e de próstata. Além disso, como ele diminui a atividade estrogênica, ajuda também a evitar a disseminação de metástases no câncer de mama.

7. Ajuda a controlar o diabetes

O ômega 3 aperfeiçoa a função da insulina, ajudando no controle dos índices glicêmicos. Isso previne o diabetes tipo 2 e melhora o controle da glicemia de quem já possui a doença.

Conheça os diferenciais de um bom Ômega 3

8. Previne e ajuda na osteoporose

O Ômega 3 retarda a perda de massa óssea e, em pessoas que já possuem osteoporose, aumenta a densidade do fêmur e da coluna vertebral.

9. Melhora o desempenho esportivo

Ao reduzir a viscosidade sanguínea, o ômega 3 facilita a distribuição de sangue rico em oxigênio para o tecido muscular. Dessa forma, ele melhora o desempenho em atividades aeróbicas como natação e corrida, sendo usado inclusive para melhorar a performance de atletas.

10. Deixa a pele mais saudável

Outro efeito anti-inflamatório que o uso do ômega 3 resulta, é a melhora na hidratação e na textura da pele, que pode ajudar a manter uma pele mais jovem e mais saudável. Se você procura ter uma pele bonita, atente-se para ingerir alimentos ricos em ômega 3.

Conheça o Ômega 3 Vhita