Entenda sobre a importância de realizar exames periódicos

| | ,

Os exames de rotina são muito importantes para a manutenção da saúde e a prevenção de doenças silenciosas. Portanto, pode-se dizer que cuidar da saúde é um ato de atenção e prevenção.

É importante que, além de realizar esses exames, as pessoas adotem uma alimentação adequada, façam exercícios físicos regularmente e cultivem hábitos saudáveis.

Esses cuidados juntamente com os exames de rotina ajudam a promover a saúde em longo prazo. Isso porque esses exames ajudam a verificar qualquer problema de saúde antes que eles apresentem sintomas.

Lembrando que, muitas doenças não dão sinais quando estão no começo, portanto, quanto antes forem identificadas, melhor será o tratamento.

Isso ressalta a importância de se procurar um médico com frequência, principalmente, aquelas pessoas que já têm algum problema crônico. Essas medidas ajudam a evitar a piora do quadro, oferecendo uma qualidade de vida melhor.

A rotina corrida das pessoas tem causado muito estresse, problema que desencadeia muitas outras doenças físicas e psicológicas. 

Além disso, essa rotina não permite que as pessoas tenham tempo para irem ao médico, o que pode trazer consequências graves.

Por isso, neste artigo, vamos explicar um pouco mais sobre a importância dos exames de rotina na vida das pessoas.

Com que frequência os exames de rotina devem ser realizados

É muito comum que as mães levem os seus filhos ao médico periodicamente para acompanhar o crescimento e o desenvolvimento deles até a adolescência, evitando doenças e problemas de saúde.

No entanto, esse hábito saudável e importante muitas vezes não é mantido na fase adulta. E é por isso que a maioria das pessoas que procura por chocolate para intolerantes a lactose é de adultos.

Isso porque doenças como intolerâncias e alergias alimentares costumam aparecer na fase adulta. E pelo fato de muitas pessoas adultas não irem ao médico regularmente, diversos problemas podem aparecer.

Os exames de rotina também são conhecidos como check-up e trata-se de uma bateria de exames clínicos, laboratoriais e de imagem, que verificam o estado de saúde de uma pessoa.

É a melhor maneira de identificar doenças como câncer e também doenças degenerativas. Portanto, diversos indicadores de saúde são verificados, como:

  • Peso;
  • Índice Glicêmico;
  • Pressão arterial;
  • Batimentos cardíacos;
  • Imagens dos órgãos.

Por fim, o médico também analisa todo o histórico familiar do paciente, dando maior atenção àqueles problemas que surgem com o passar do tempo.

O recomendado é que, pessoas adultas e saudáveis realizem exames de rotina a cada dois anos, já pessoas que fumam, obesas e sedentárias devem fazer anualmente.

Por fim, pessoas com problemas crônicos como diabetes e hipertensão devem fazer a cada 6 meses.

A idade e o sexo são outros fatores que devem ser levados em consideração, na hora de realizar exames de rotina, exceto exames admissionais que são feitos quando há contratação de novo funcionário.

Por exemplo, as mulheres devem fazer anualmente o exame de papanicolau e mamografia. Já os homens acima dos 40 anos precisam realizar exames a fim de prevenir o câncer de próstata.

Importância dos exames de rotina

A saúde preventiva tem se destacado muito nos últimos anos. Mesmo assim, para a medicina ela continua sendo um desafio. 

Isso porque de tempos em tempos surgem novas doenças graves, assim como aumenta-se a incidência de algumas.

Isso acontece muito pelo fato de as pessoas estarem vivendo tempos de hábitos modernos, como uso excessivo de celular e consumo abusivo de bebida alcoólica, bem como altos índices de estresse.   

Por isso, os hábitos saudáveis, como realizar exames toxicológicos é importante. Mas, existem muitos outros que são indispensáveis, como alimentação saudável e balanceada, exercícios físicos regulares e técnicas de relaxamento.

Mesmo assim, a longevidade e a qualidade de vida acabam sendo prejudicadas, por conta do dia a dia corrido e estressante. 

E é aqui que se torna imprescindível a presença do médico em uma rotina de exames periódicos.

É ele quem solicita os exames necessários, tanto para prevenir o aparecimento de doenças quanto para acompanhar as existentes.

E mesmo que a prevenção seja importante, é muito comum que as pessoas só procurem o médico na presença de algum sintoma.

O risco dessa atitude é que muitas doenças, como o câncer, só apresentam sintomas quando já estão difíceis de serem tratadas. Isso porque ele já estão em estágios mais avançados, que podem reduzir as chances de cura a zero.

Portanto, fazer um check-up regularmente não só previne uma doença como pode detectá-la muito antes de alcançar um estágio mais avançado.

Inclusive, para aumentar ainda mais a eficácia desses tratamentos, muitas farmácias investem em equipamentos para farmácia de manipulação para oferecer um tratamento de qualidade ainda mais elevada.

Atualmente, também existem métodos modernos que ajudam a identificar uma anomalia e enfermidades quando ainda estão surgindo, o que eleva as chances de cura. Mas, mais do que fazer esses exames dos frequência, é importante saber quais fazer.

Quais exames fazem parte de um check-up?

Muitas pessoas procuram nutrólogos e nutricionistas em busca do redutor de apetite ideal para a sua saúde. No entanto, também precisam procurar os médicos para realizarem seus exames de rotina.

É o médico quem recomenda o exame de rotina mais adequado para o caso do paciente, o que significa que o check-up varia muito de uma pessoa a outra. No entanto, dentre os principais estão:

Mamografia

A mamografia é tão importante quanto procurar uma clínica exame demissional para as empresas. 

Trata-se de um exame de imagem feito nas mamas, muito importante para todas as mulheres acima dos 40 anos.

Também é importante que esse exame seja realizado por mulheres acima dos 35 anos, que tenham histórico na família.

Papanicolau

Todas as mulheres, a partir dos 18 anos precisam realizar esse exame para prevenir câncer cervical e outras doenças que possam útero e ovários.

Pode ser realizado juntamente com uma ultrassonografia transvaginal em mulheres acima dos 30 anos, devido a uma maior incidência de miomas.

Antígeno prostático específico (PSA)

Importante para o diagnóstico de câncer de próstata e também para acompanhar pacientes que trataram a doença.

É importante que seja feito por homens com mais de 40 anos, principalmente levando em conta sedentarismo e fatores hereditários.

Colesterol e triglicerídeos

Esse exame de sangue é muito comum em uma casa de repouso idoso, porque verifica os índices de colesterol e triglicerídeos, fatores importantes para identificar problemas do coração.

É importante que seja realizado anualmente por pessoas com mais de 40 anos. 

No entanto, é ainda mais importante que seja realizado por aquelas pessoas com histórico familiar, obesas ou que já tenham alguma doença crônica, como no caso da diabetes.

Eletrocardiograma

Esse exame indica problemas cardíacos de vários tipos, como no caso da arritmia. A depender de casos que existiram na família, ele é importante apenas para pessoas com mais de 50 anos.

Um dos exames que também ajudam a identificar doenças do coração é o ergométrico, que mede a capacidade circulatória, indicando a presença de doenças como a angina.

Índice glicêmico

Esse exame deve ser realizado com o paciente em jejum para que a quantidade de glicose possa ser medida. 

É o principal exame para identificação da diabetes, que apesar de ser uma doença crônica, pode ser bem controlada.

Fezes e urina

Esses exames são importantes para detectar a presença de parasitas no intestino, por meio das fezes, além de infecções, doenças renais e a própria diabetes, por meio da urina.

Hemograma

O hemograma é fundamental para identificar as anomalias nas células sanguíneas, dentre elas nas plaquetas, hemácias e leucócitos. Isso serve para a identificação e prevenção de muitas doenças, como leucemia, anemia e infecções.

Além desses, o médico pode solicitar outros exames de rotina, que envolvem, inclusive, exames de imagens como ultrassom, tomografias e ressonância magnética. Todos devem ser feitos em clínicas responsáveis e de confiança.

Em alguns casos, a depender dos resultados dos exames, os médicos podem solicitar cuidados específicos como a contratação de empresa de enfermagem domiciliar Brooklin Paulista, por exemplo.

Cuidar bem da saúde é mais do que uma necessidade, é uma obrigação para garantir uma qualidade de vida melhor e permitir que a medicine encontre maneiras eficientes de tratar muitas doenças.

Por mais graves que elas possam parecer, quando diagnosticadas no início podem ser tratadas com êxito, trazendo chances maiores de cura.

A medicina preventiva está muito evoluída e ela é uma aliada no combate e prevenção a diversos problemas de saúde. 

Por isso, mais do que esperar que algo aconteça, cuidar bem do corpo prevenindo riscos é a melhor forma de ter uma vida saudável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer saber mais?

 
Anterior

Colágeno tipo 2 não desnaturado | O que é?

Como saber qual a melhor vitamina C para a pele?

Próximo

Deixe um comentário