É preciso atenção para escolher um produto que tenha a concentração adequada de ômega 3 e seja de qualidade. Para isso tenha certeza sobre a ausência de metais pesados.

CONFIRA A CONCENTRAÇÃO DE ÔMEGA 3

As concentrações variam desde 18:12 (180mg de EPA e 120mg de DHA em 1000mg de óleo de peixe) até a 36:24 (360mg de EPA e 240mg de DHA em 1000mg de óleo de peixe). Quanto maior a concentração de EPA + DHA, melhor será a qualidade do óleo de peixe. 

Concentração e ômega 3.

REGISTRO DO ÔMEGA 3 NA ANVISA

A marca que oferece o suplemento para o consumidor final escolhe a concentração de ômega 3 que deseja vender e contrata a empresa intermediadora para fazer a importação e o envase do óleo de peixe. Após esse processo, é adicionado o rótulo no produto e encaminhado para venda.

Nesse processo a legislação brasileira (RDC Nº 240 em 26 de julho de 2018) trabalha da seguinte forma:

  • A fabricante do suplemento precisa ter registro na Anvisa
  • A marca própria que vende o produto ao consumidor final é isenta de registro próprio na Anvisa

A marca precisa apenas notificar a vigilância sanitária do local onde a suplemento é fabricado, avisando que fabrica o produto naquela região.

 ENTENDA A IMPORTÂNCIA DO SELO IFOS

Para receber a certificação IFOS (International Fish Oil Standards Programé) o produto precisa receber as 5 estrelas. E para conseguir atingir essa quantidade, é analisado: pureza, veracidade da concentração, e estabilidade da estrutura química do óleo.

Os outros parâmetros envolvem testes para comprovar a veracidade da concentração de EPA e DHA, e da ausência de substâncias que induzem oxidação do óleo. Ao final dos testes, se o produto recebeu as estrelas de todas as categorias analisadas, ele recebe a quinta estrela, o certificando como um produto de qualidade para oferecer benefícios a saúde humana.

Encontrar um suplemento de ômega 3 adequado pode ser uma tarefa que demanda um pouquinho mais de atenção, mas garante maior segurança para a sua saúde.