Ômega 3 EPA e DHA 1000 mg | Veja aqui o que são e para que servem

| | ,

Ômega 3 EPA e DHA 1000 mg | Veja aqui para que servem

Você está pensando em tomar ômega 3 e se deparou com as siglas EPA e DHA? Quer saber o que são e para que servem? Então você chegou ao texto certo!

O EPA e o DHA são os dois tipos mais comuns de ômega 3 encontrados em alimentos de origem animal e suplementos. Veja aqui quais são seus benefícios, suas fontes alimentares e as recomendações para consumo.

Vamos lá!

O que é EPA e DHA?

O EPA (ácido eicosapentaenoico) e o DHA (ácido docosahexaenoico) são os dois principais tipos de ômega 3 de origem animal. Podem ser encontrados em peixes, como salmão e sardinha, no óleo de bacalhau, entre outros. São os principais componentes dos suplementos de ômega 3 e realizam funções importantes no organismo humano.

Para que serve ômega 3 EPA e DHA?

Esses dois tipos de ômega 3 são gorduras essenciais ao nosso corpo, ou seja, não são produzidas naturalmente pelo organismo, portanto, precisam ser consumidas pela alimentação ou suplementação. 

EPA (ácido eicosapentaenoico)

O ácido eicosapentaenoico tem ação anti-inflamatória e atua principalmente no sistema cardiovascular e circulatório, os protegendo e prevenindo doenças como trombose e AVC. Está muito ligado à saúde do coração.

DHA (ácido docosahexaenoico)

Já o ácido docosahexaenoico está relacionado com a saúde cerebral. Ele atua no sistema nervoso e confere benefícios à memória e previne doenças cerebrais, como mal de Alzheimer e Parkinson. 

Combinação de EPA e DHA

Para obter todos os benefícios de forma completa, a melhor maneira é tomar esses dois tipos de ômega 3 juntos. Pois ambos realizam funções importantes para o nosso corpo e promovem vários benefícios, essa combinação é muito comum nos suplementos de ômega 3.

Confira a lista com os principais pontos positivos de ambos abaixo:

1- Atua na saúde do coração;

2- Regula a pressão do sangue;

3- Fortalece o sistema nervoso;

4- Protege a visão;

5- Fortalece o sistema de defesa, prevenindo e tratando doenças e alergias;

6- Promove melhoras no humor;

7- Auxilia as habilidades motoras;

8- Atua no tratamento da acne;

9- Previne diabetes gestacionais;

10- Promove um melhor desenvolvimento do feto.

Alimentos fontes de EPA

Alimento (100g)EPA (mg)
Salmão - filé com pele grelhado1210
Salmão - filé sem pele grelhado720
Carimbatá assado840
Sardinha enlatada em óleo440
Salmão sem pele fresco cru430
Manjuba com farinha de trigo frita440
Merluza - Filé frito190
Atum enlatado em óleo30

Fonte: Tabela de Composição dos Alimentos (TACO), 2011.

Alimentos fontes de DHA

Alimento (100g)DHA (mg)
Salmão - filé com pele grelhado1220
Manjuba frita1130
Salmão - filé sem pele fresco750
Merluza - filé frito600
Sardinha enlatada em óleo460
Carimbatá assado260
Lambari frito230

Fonte: Tabela de Composição dos Alimentos (TACO), 2011.

 

Quantidade recomendada de EPA e DHA

A quantidade de EPA e DHA pode variar, dependendo da necessidade e objetivos de cada um, mas a Associação Americana do Coração (AHA), faz algumas indicações gerais:

  • 500 mg/dia de EPA + DHA para manutenção da saúde.
  • 1000 mg/dia de EPA + DHA para quem possui histórico de doenças cardiovasculares.
  • 2000 a 4000 mg/dia de EPA + DHA para o tratamento dos níveis de triglicérides ou para quem tiver fator de risco para o desenvolvimento de outras doenças cardíacas.

As diretrizes nutricionais recomendam a quantidade de 1200 mg de ômega por dia, para obtenção de seus benefícios. A indicação é que você deve consumir essas gorduras na proporção de 2:1 de EPA/DHA, o que quer dizer que a quantidade de EPA deve ser duas vezes maior do que de DHA

Mas atingir essas quantidades diariamente, não é um trabalho fácil, pois seria necessário, por exemplo, o consumo de um filé de peixe, por dia. Sabemos que os alimentos fontes de ômega 3 não fazem parte do dia a dia da maioria dos brasileiros, por isso, a suplementação é altamente recomendada. 

O ideal é sempre procurar orientação profissional para adequar o seu consumo e suprir suas necessidades.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um ômega 3 de altíssima qualidade?

Referências:

KRIS-ETHERTON, Penny M.; HARRIS, William S.; APPEL, Lawrence J. Fish consumption, fish oil, omega-3 fatty acids, and cardiovascular diseasecirculation, v. 106, n. 21, p. 2747-2757, 2002.

LI, P. et al. Effect of docosahexenoic acid supplementation on infant’s growth and body mass index during maternal pregnancy. Zhonghua liu xing bing xue za zhi= Zhonghua liuxingbingxue zazhi, v. 39, n. 4, p. 449-454, 2018.

DOWNIE, Laura Elizabeth; VINGRYS, Algis Jonas. Oral omega-3 supplementation lowers intraocular pressure in normotensive adults. Translational vision science & technology, v. 7, n. 3, p. 1-1, 2018.

 

Deixe um comentário