Excesso de vitamina D | Causas, sintomas e como tratar

| | ,

A vitamina D é um nutriente importante para o nosso corpo, ela atua em diversas funções e promove benefícios. Mas e seu excesso, faz mal? Quais são as causas e sintomas? Veja aqui tudo isso e como adequar seu consumo.

Vitamina D excesso 

A vitamina D é essencial para o corpo humano, tem diversas atuações, por exemplo fortalece ossos, previne várias doenças, câncer, queda de cabelos etc.

Mas como tudo na vida, seu excesso não vai ser benéfico. A hipervitaminose D, como é chamado o excesso de vitamina D no organismo, pode trazer problemas graves para o corpo, que podem ter consequências preocupantes.

Veja causas e sintomas:

Excesso de vitamina D pela alimentação

Para atingir o excesso de vitamina D no corpo, os níveis desse nutriente devem estar acima de 140 mol/L no sangue. Essa medida indica quantidade de moléculas de vitamina D presentes por litro de sangue. 

Bom, uma coisa importante a se lembrar é que é muito difícil atingir altos níveis de vitamina D apenas por meio da alimentação ou exposição solar. Os alimentos ricos nessa vitamina são, por exemplo: salmão, sardinha, cogumelos; que não são frequentes na mesa da maioria dos brasileiros. 

Excesso de vitamina D pela suplementação

E a outra maneira, seria por meio da suplementação, para isso, você precisaria ingerir mais muito vitamina D do que a dose recomendada. A quantidade indicada de vitamina D para suplementação varia muito de pessoa para pessoa. Depende da necessidade de cada um, então não dá para ter certeza de quanto é seguro ou não tomar.

Por exemplo, existem pessoas que precisam de 2000 UI por dia, outras com deficiência grave que necessitam de 10000 UI. Então, para saber com clareza o quanto você pode e deve tomar é preciso visitar um médico e receber uma recomendação adequada para seu caso.

O que o excesso de vitamina D pode causar?

O excesso de vitamina D vai trazer algumas complicações, que podem ser sérias se não forem tratadas. Os efeitos mais comuns são: formação de cálculos renais, que são as pedras nos rins; calcificação de tecidos, que é o enrijecimento de tecidos que devem ser moles e de artérias também e níveis elevados de fósforo e cálcio no sangue.

Mas é bom saber também que, mais da metade da população do Brasil sofre com a falta dessa vitamina. Então, o excesso dela não é um problema recorrente. A preocupação, dos órgãos de saúde, está mais direcionada à deficiência de vitamina D do que ao excesso.

Sintomas da hipervitaminose de vitamina D

Caso você esteja com excesso de vitamina D no corpo, você vai notar alguns sintomas. Os mais comuns são: sede excessiva; prisão de ventre; irritabilidade; vontade excessiva de urinar; fadiga; perda de peso.

Então, fique atento, caso você note que está com mais de um desses sintomas, procure um médico para rever sua dieta, pois pode ser um sinal de hipervitaminose D.

Como tratar o excesso de vitamina D?

Caso o resultado médico seja de hipervitaminose D, a primeira coisa a se fazer é suspender a suplementação da vitamina e evitar alimentos fontes desse nutriente. Além disso, é recomendado que se tome bastante líquido para promover hidratação.

Mas claro que tudo isso só deve ser feito sob orientação médica, então se você acredita estar com hipervitaminose, procure um profissional.

Doses recomendadas de vitamina D

As recomendações de vitamina D vão variar de pessoa para pessoa, pois depende da idade, dos hábitos de vida e da necessidade de cada um. Mas em média, os valores, ao dia, são:

Bebês: a quantidade mínima é de 600 UI ao dia, até os 12 meses de idade.

Crianças e adolescentes: a recomendação é de 200 UI, mas doses um pouco mais altas não fazem mal também.

Adultos: a recomendação varia de 200 a 400 UI.

Idosos: a recomendação é de 400 UI, mas doses mais altas podem ser recomendadas também. Esse grupo sofre mais com a deficiência de vitamina D.

E para a suplementação dessa vitamina, as doses vão variar também, pois depende da necessidade de cada um. Para adultos saudáveis a média é de 2000 UI por dia. Mas essa é apenas uma média, para idosos ou pessoas com deficiência de vitamina D essa dose pode ser maior.

E lembre-se é bom tomar cuidado com os excessos, mas com a falta também, a vitamina D é essencial para o nosso organismo. Então é importante que você tome as quantidades necessárias para ter uma boa saúde. Para isso, procure um profissional da saúde e adeque seu consumo, para evitar qualquer tipo de problema.

QUER SABER MAIS SOBRE A VITAMINA D?

Que tal um desconto especial para experimentar a melhor vitamina D do mercado?

Referências:

CIENTÍFICO, Conselho; DE PAULA, Leila Cristina Pedroso. Hipovitaminose D em pediatria: recomendações para o diagnóstico, tratamento e prevenção.

MAEDA, Sergio Setsuo et al. Recomendações da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) para o diagnóstico e tratamento da hipovitaminose DArquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 58, n. 5, p. 411-433, 2014.

Jean G, Souberbielle JC, Chazot C. Vitamin D in Chronic Kidney Disease and Dialysis PatientsNutrients. 2017;9(4):328. 

 
Anterior

Vitamina C comprimido ou efervescente?

Saiba por que a vitamina C em comprimido é a melhor

Próximo

40 comentários em “Excesso de vitamina D | Causas, sintomas e como tratar”

  1. Foi prescrito pelo medico 4 comprimido de vitamina D de 5000 ui um por semana,não me atentei e tomei os 1 por dia.
    O que fazer.

    Responder
    • Elisabete, tudo bem?

      Não se preocupe, a vitamina D (dependendo dos seus exames clínicos e da sua condição de saúde) quando consumida em excesso por longos períodos para sim trazer malefícios para a saúde. Mas no seu caso que só consumiu por uma semana, não precisa se preocupar. Recomendamos apenas que, volte ao médico e refaça seus exames para verificar que o consumo da vitamina gerou alguma alteração no organismo.

      Responder
  2. Olá bom dia! Eu o mel vitamina d por conta própria pq disseram que era bom pra o sistema imuni contra covid tomei um mês 2000 por dia tou muito preucupada o que faço?

    Responder
    • Lenilde, tudo bem por aí?

      Tomar vitamina D quando o seu corpo possui deficiência dessa vitamina é super importante. Mas o consumo dela, dependendo se o indivíduo possui alguma doença crônica, deve ser acompanhado por um profissional da saúde. Recomendamos que vá ao seu médico para que ele possa te avaliar clinicamente e entender qual a dosagem ideal da vitamina D para seu corpo. Quanto a imunidade, o consumo da vitamina C é bem mais eficiente. Veja um post nosso sobre o assunto: https://blog.vhita.com.br/vitamina-c-em-comprimido/

      Responder
  3. Estou com vitamina D em excesso e já suspendi assim q fiquei sabendo, sinto dor ao urinar como se fosse uma infecção urinária,o que mais posso fazer para melhorar?obs:tenho 68 anos

    Responder
    • Vivian, tudo bem?

      Recomendamos que vá ao médico realizar exames clínicos para entender qual a melhor estratégia que precisa ser tomada para que os níveis de vitamina D do seu organismo seja equilibrado e que você não sinto mais esses dores desconfortáveis.

      Responder
    • Aline, tudo bem por aí?

      Não é um sintoma comum. Se está sentindo essa dores há muito tempo, o ideal é que procure um médico para investigar o motivo da dor.

      Responder
        • Oie tudo bem? O excesso de Vitamina D3 pode causar: formação de cálculos renais, que são as pedras nos rins; calcificação de tecidos, que é o enrijecimento de tecidos que devem ser moles e de artérias também e níveis elevados de fósforo e cálcio no sangue. =)

          Responder
  4. Oi boa tarde, então fiz exame de sangue,e a vitamina d deu 100,o ng/mL e tenho 72 anos isto é preocupante? Muito obrigada .

    Responder
    • Maria, tudo bem por aí?

      Depende de como é sua rotina, dieta, etc. O que o seu médico disse quando olhou seu exame? O médico é o profissional da saúde mais indicado analisar esse resultado e, se necessário, construir uma estratégia para diminuir os níveis de vitamina D no seu organismo. Esperamos ter ajudado 🙂

      Responder
  5. Bom dia! Durante o período de tratamento de covid19, passei a tomar elevadas doses de vitamina D, que foi diagnosticado no meu exame específico níveis acima de 100ng/ml, porém continuei a suplementação com vitamina D e agora a minha pressão está alterada, sem nenhuma explicação minha pressão subiu e gostaria de saber como posso fazer para eliminar viatmina D do organismo? Para regular a pressão e o nível desejável dessa vitamina no organismo.!

    Responder
  6. Olá tomei 100.000 unidades de uma só vez intramuscular, médico nutrólogo me passou e aplicou, percebi que tive aumento de pressão arterial, nervosismo e ansiedade. E algumas manchas apareceu no meu corpo! Como faço para regularizar o nível de vitamina e eliminar o excesso? Obrigado

    Responder
    • Fabio, tudo bem por aí?

      Não sabemos o motivos que seu nutrólogo te prescreveu essa estratégia de uso da vitamina D, por isso, recomendamos que procure novamente seu nutrólogo e informe essas reações que você sentiu. Nesse caso, ele é a melhor pessoa para te ajudar! Beijos 😉

      Responder
        • Oie Ana, tudo bem? Nossas respostas são baseados nos conhecimentos os quais temos e relacionados aos nossos artigos, baseados em pesquisas, e prescritos para um público que pode consumir qualquer tipo de suplemento ou vitamina sem correr riscos. Caso seja uma pergunta correlacionadas a tratamentos, ou situações as quais a pessoa está com uma situação de risco, conseguimos orientar baseados apenas no “básico”. Já que nosso blog, possui o objetivo de orientar. Sempre levamos em conta as orientações médicas passadas as pessoas, e sempre orientamos a procura las antes de iniciar qualquer tratamento, já que cada corpo é um corpo. E não é orientamos ninguém se automedicar apenas com artigos ou textos lidos na internet =)

          Responder
  7. Boa noite. Tive o mesmo erro de uma paciente tomando 4 comprimidos em 4 dias, porém o meu foi de 50.000
    Estou desesperado, tem algum risco? O que faze

    Responder
    • Olá Marcos, tudo bem?

      A quantidade indicada de vitamina D para suplementação varia muito de pessoa para pessoa. Por exemplo, existem pessoas que precisam de 2000 UI por dia, outras com deficiência grave que necessitam de 10000 UI.

      Como tomou essas quantidades,o recomendado é que procure uma orientação médica Marcos, pois é uma dosagem que geralmente é indicada por profissionais. Lembrando que cada pessoa tem uma necessidade e em alguns casos com avaliação médica, a dosagem é maior 🙂

      Responder
  8. Tenho 69 anos , tomei p0r 5 meses , 5 gotas sublingual de 10.000 ui de vit/ D , já parei. Fiz o exame de sangue estou com 117 de vit/D. . O que fazer para baixar. ? Estou preocupada ! O restante dos meus exames estão normais. Obrigada!

    Responder
  9. Boa noite minha bebe tem 9 meses foi recomendado pela pediatra 2 gotas por dia . E hoje acabei esquecendo e dei uma colherzinha daquelas pequenas pra ela …. agora tô super preocupada o que devo fazer

    Responder
    • Olá Stefani, tudo bem?

      O recomendado é que busque a orientação do médico! Entretanto, não haverá problemas, pois para ocorrer excesso de Vitamina D deve haver um consumo acima do recomendado de forma contínua.

      De todo modo, o recomendado ainda assim é que busque a orientação dele 🙂

      Responder
  10. Minha bebe tem 9 meses e foi passado pela pediatra 2 gotas ao dia.. Só que hoje acabei esquecendo e dei uma colherzinha daquelas pequenas pra ela agora estou super preocupada o que devo fazer

    Responder
    • Olá Stefani, tudo bem?

      O recomendado é que busque a orientação do médico! Entretanto, não haverá problemas, pois para ocorrer excesso de Vitamina D deve haver um consumo acima do recomendado de forma contínua.

      De todo modo, o recomendado ainda assim é que busque a orientação dele 🙂

      Responder
  11. Boa noite hoje troquei a vitamina d do meu bebe de 1 ano e 11 meses, porem minha sogra nao se atentou e achou que fosse a vitamina c e acabou dando 16 gotas,sendo que ppr dia a pediatra recomendou 2 gotinhas. Devo me preocupar? 😢😢😢😢

    Responder
    • Olá Samantha, tudo bem?

      O recomendado é que busque a orientação do médico! O excesso dela não é um problema recorrente ou se dá apenas acarretando apenas consumido a mais 1 dia.

      De toda forma, o melhor a se fazer Samantha, é buscar a orientação do médico 🙂

      Responder
  12. Boa Noite…meu nutrologo recomendou 600.000ui intramuscular…achei muito, porem nos exames estou com 31.5ng/ml
    Tomei e agora estou com medo, receio de sobrecarga

    Responder
  13. Olá. Meu nome é Sandra,tenho 47a, resultado de 9,5 de vitd e me foi receitado 50000ui por 6 meses,acabei estendendo por mais 4 meses a mesma dosagem pq ainda não me sentia tão bem.
    Hoje apresento fortes dores nos joelhos,parecem estar inflamados, inchados,sinto a perna formigar e as vezes adormecer. Estou fazendo repouso,fui ao médico,afinal,não sofri nenhuma contusão,nada que pudesse justificar .
    Tô pensando que possa ser excesso da Vit D.
    Existem casos como o meu ?
    Amanhã irei novamente ao médico (outro) .
    Dps volto aqui p dizer no que deu essa minha historia.
    Obrigada.
    Sandra.

    Responder
    • Olá Sandra, tudo bem?

      O excesso de vitamina D vai trazer algumas complicações, que podem ser sérias se não forem tratadas. Os efeitos mais comuns são: formação de cálculos renais, que são as pedras nos rins; calcificação de tecidos, que é o enrijecimento de tecidos que devem ser moles e de artérias também e níveis elevados de fósforo e cálcio no sangue.

      Entretanto, o mais recomendado Sandra é que faça o acompanhamento médico para uma avaliação mais assertiva do seu caso.

      Responder
  14. Boa noite. Assisti um vídeo do Dr Coimbra que o organismo humano sintetiza até 10000 ui ao sol no horário de 10 às 15:00 horas. Como não tomo sol, estou tomando 10ooo diário. Tenho 71 anos.

    Responder
    • Legal Nadir! Mas lembre se de antes iniciar qualquer tratamento, buscar um profissional para entender melhor quais são as necessidades do seu corpo =)

      Responder

Deixe um comentário