Quais são as melhores marcas de whey? Saiba como escolher o produto

| | ,

Quando falamos de ganho de massa muscular e suplementação, o primeiro suplemento que vem a mente é o whey protein, por conta disso você pode estar se perguntando quais são as melhores marcas de Whey Protein e como escolher um produto de qualidade.

E pensando nisso vamos te dar 3 dicas de ouro para facilitar sua vida na hora de comprar whey.

Veja aqui como saber se o whey protein é de qualidade, como deve ser a fórmula ideal do whey protein e como avaliar o preço de um bom suplemento. 

DICA 1

Como saber se o whey protein é de qualidade

Essa  dica é muito valiosa, pois no mercado nacional, os suplementos de whey protein estão em uma categoria arriscada. Isto é, arriscado porque esse tipo de suplemento é isento de fiscalização. 

A ANVISA, que é órgão nacional responsável pela fiscalização de suplementos alimentares, coloca o whey protein como um suplemento isento de fiscalização. Por esse motivo, basta que a própria marca forneça o seu registro para conhecimento da ANVISA. 

Porém após esse registro, não existe mais nenhum tipo de fiscalização por parte da ANVISA, sendo liberado a venda do produto com as informações do primeiro lote.

Após o término desse primeiro lote, muitas empresas trocam a sua matéria-prima por uma inferior e mais barata, e deixam o rótulo com a informação de um suplemento de qualidade. Então, quando consultamos a matéria no site da ANVISA, pode ser que o suplemento tenha a informação de uma boa matéria-prima, mas isso não é comprovado.

Sabendo disso, você deve estar se perguntando: “Tá, mas e agora? Como eu sei se o whey é de qualidade?”

Apesar de não existir essa fiscalização, todas as marcas possuem o laudo técnico da sua proteína, isto é, um documento com as informações do produto e com esse laudo você consegue identificar a matéria-prima. Portanto a dica de ouro é: peça o laudo da proteína do suplemento whey protein para a marca, pois cada lote, possui um laudo diferente. 

Ou seja, dessa forma você tem acesso a verdadeira matéria-prima e assim poderá pesquisar sobre a procedência dela, e descobrir se é uma matéria prima de uma empresa confiável. Por exemplo, a marca dinamarquesa Arla e a irlandesa Glanbia são boas referências para um whey protein de qualidade.

Dica 2

Fórmula ideal do whey protein

Após descobrir a qualidade da matéria-prima de um bom whey protein, chegou o momento de avaliar a fórmula do suplemento. Na fórmula do whey você vai encontrar os ingredientes do produto.

As principais dicas para analisar esses componentes são:

Quantos menos aditivos presentes no produto, melhor, por exemplo, evite rótulos com grandes quantidades de maltodextrina, corantes, saborizantes, aromatizantes e conservantes. Pois esses aditivos podem prejudicar sua saúde a longo prazo.

Além disso, a ordem dos ingredientes é informada da seguinte maneira, vai daquele em maior quantidade para o de menor quantidade no produto. Então, se a fórmula contiver esses aditivos, eles devem ser os últimos ingredientes apresentados na lista.

Concentração de proteínas no Whey

Outro ponto importante é analisar a concentração de proteínas presentes no suplemento. Para você saber isso, é só olhar no rótulo a quantidade de proteínas presentes em uma dose de 30 g. 

Um suplemento de whey isolado deve conter no mínimo 90% de proteínas em sua composição. Já para o whey concentrado, a quantidade de proteínas deve ser de 80% do produto. 

DICA 3

Preço de um bom whey protein

O preço de um whey protein pode variar muito, mas não varia entre as melhores marcas do suplemento. Portanto, após analisar a qualidade e a fórmula faça o cálculo da duração de um pote do produto. E escolha aquele que apresentar o melhor custo-benefício e que atenda sua demanda. 

Com essas dicas você conseguirá encontrar as melhores marcas de whey e fazer uma boa escolha!

QUER SABER MAIS?

Que tal um desconto especial para experimentar um whey protein de altíssima qualidade?

 
Anterior

Suplementar BCAA durante a gravidez faz mal?

Colágeno hidrolisado ajuda a ganhar massa muscular? | 3 dicas

Próximo

Deixe um comentário