Felizmente, cada vez mais pessoas se interessam em manter uma rotina saudável e pesquisam informações em busca de mais qualidade de vida. Muitas vezes, as pessoas focam em cuidados com a alimentação e exercícios físicos, mas a realidade é que estas ações são apenas uma parte de uma série de medidas que têm o poder de acrescentar mais bem-estar ao dia a dia.

É bastante comum que as pessoas tentem implementar novos hábitos, que consideram mais saudáveis, mas se frustrem logo no início. Isso ocorre devido ao fato de que muitos buscam padrões disseminados pela mídia e que são quase inalcançáveis para a maioria das pessoas.

É preciso saber que, para viver com saúde, não é preciso ter o corpo perfeito, alimentação impecável e rotina cansativa de tantos exercícios. O mais importante é adotar hábitos positivos e que estejam de acordo com as possibilidades e propósitos de cada um.

Quem não pode ou não está disposto a fazer exercícios pesados pela manhã, por exemplo, pode tranquilamente investir em aula de dança para emagrecer, uma atividade que pode ser mais prazerosa e também garante resultados.

Uma rotina verdadeiramente saudável é a que leva em conta o equilíbrio emocional, o gerenciamento adequado do tempo e a organização com as tarefas do dia a dia, que acrescenta mais qualidade à maneira como elas são realizadas. Com o equilíbrio dessas áreas, a rotina saudável pode ser mais efetiva e verdadeira, com benefícios para corpo e mente.

Por isso, a principal dica para manter hábitos saudáveis é criar a própria rotina, contemplando saúde física e mental. Afinal, uma mente sadia é essencial para o bom funcionamento do corpo e qualidade de vida.

Beba água

A água compõe cerca de 75% do corpo humano e é fundamental para praticamente todas as funções metabólicas. Beber bastante água pode melhorar a qualidade dos tecidos corporais, o transporte e diluição de substâncias (como micro ou macronutrientes) e processos de digestão, absorção e excreção.

A água também auxilia na eliminação de toxinas e na filtragem renal. Entretanto, não é raro encontrar pessoas que ingerem menos líquido do que o recomendável, que é cerca de 2 litros por dia, para adultos.

Nesses casos, a desidratação pode ocasionar em sintomas como:

  • Sede exagerada;
  • Boca e pele secas;
  • Diminuição da eliminação de toxinas pelo suor ou excrementos;
  • Cansaço, dores de cabeça e tonturas;
  • Moleira afundada, no caso dos bebês;
  • Queda na pressão arterial..

Não é preciso sentir sede para beber água, até porque esse sinal de alerta do corpo pode não aparecer em situações especiais. Quem pratica aula de ginástica, ou qualquer outro tipo de exercício, por exemplo, deve beber água com regularidade antes, durante e após a atividade.

Algumas dicas simples para colocar em prática um plano para beber mais água todos os dias são:

  • Saborizar a água com frutas, como melancia ou limão;
  • Programar lembretes em aplicativos no celular;
  • Sempre carregar uma garrafinha de água;
  • Priorizar o consumo de água, em detrimento de outras bebidas;

Consumir alimentos ricos em água, complementando a alimentação.

 

Como organizar refeições e lanches

O alimento é o combustível do corpo, e deve ter qualidade para proporcionar boa saúde. O ideal é sempre optar pelo que for mais natural, evitando alimentos ultraprocessados. Entretanto, não é necessário deixar de comer tudo o que gosta de uma vez, ou seguir dietas restritivas, que podem gerar frustrações por não durarem muito tempo.

Uma dica preciosa para manter a alimentação regrada e saudável é cozinhar antecipadamente as refeições, congelando as porções exatas para almoço e jantar, com a variedade de alimentos adequada. 

Dessa forma, além de ganhar praticidade no dia a dia, com as marmitas prontas para o trabalho, é possível planejar melhor o cardápio, preferindo legumes, verduras e grãos que acrescentem benefícios à saúde. Também fica mais fácil adequar o cardápio para melhorar o desempenho nos esportes ou em uma academia de musculação completa, garantindo mais força e resistência.

Para os lanchinhos durante o dia, uma ideia é deixar frutas picadas e prontas, na porção adequada. Assim, fica mais fácil evitar a tentação de comer “besteiras”.

Outra dica é investir em marmitas saudáveis, que hoje são bastante populares, vendidas congeladas ou frescas. Mas é preciso informar-se sobre o modo de preparo dos alimentos, para certificar-se de que se trata realmente de uma comida saudável e adequada para as necessidades de cada um.

Nos finais de semana, o que vale é o planejamento detalhado das refeições. Ele deve incluir até mesmo horários e considerar todos os compromissos que podem haver nesse período. Saber exatamente como será seu sábado e domingo ajuda a balancear a alimentação, evitando erros seguidos. 

Em um final de semana em que há um aniversário programado para o sábado a noite, por exemplo, com antecipação é possível investir em um almoço balanceado, para poder curtir a comemoração sem culpa.

A atenção plena é outro fator fundamental durante a alimentação. Hoje em dia, as pessoas quase não saboreiam os alimentos, sempre presas à ansiedades ou distrações do dia a dia. 

A atenção plena permite a percepção do sabor de cada alimento, incluindo cheiros e texturas. Desta forma, fica mais fácil perceber a saciedade e ingerir apenas a quantidade necessária para alimentar o corpo.

Pratique exercícios físicos

Fazer uma atividade física é muito mais importante do que as pessoas pensam. Uma aula de step, por exemplo, além de ser uma atividade que ajuda a promover a saúde física, também pode fazer muito bem para a saúde mental.

As atividades oxigenam o cérebro, proporcionam bem-estar e relaxamento, principalmente com a liberação de hormônios, como a endorfina, a dopamina e a serotonina.

Dependendo da atividade, também pode-se alcançar diferentes benefícios. Um exemplo é a  aula de alongamento, que pode ser feita por qualquer pessoa e pode ajudar a melhorar a postura, aumentar a flexibilidade, ativar a circulação sanguínea, reduzir a tensão muscular e aquecer o corpo para atividades mais intensas.

Entretanto, quem busca uma atividade que auxilie a conhecer mais pessoas e fazer amizades, as aulas de dança podem ser uma ótima opção. Uma aula de ritmos pode ser bastante proveitosa, assim como a prática de esportes em equipe, como o voleibol ou basquete.

Com uma vida social mais agitada, em torno das atividades físicas, a vida fica mais divertida. Além de descontrair a rotina, aliviar tensões, melhorar a autoestima e quadros depressivos ou de ansiedade.

Além disso, algumas atividades são como portais para o conhecimento de novas culturas, como é o caso das artes marciais ou até de uma aula de forró

Contudo, é válido destacar a recomendação de consultar um médico antes de iniciar qualquer atividade. Avaliações físicas e exames feitos por profissionais especializados podem indicar atividades mais recomendadas para cada caso, ou até evidenciar contra-indicações.

Também é importante que os exercícios sejam feitos com supervisão, para evitar acidentes ou lesões. A contratação de um personal trainer particular também pode acrescentar mais motivação às atividades, principalmente nas práticas individuais.

Como dormir melhor

Na correria do dia a dia, muitas pessoas pensam que dormir pouco é inevitável. Entretanto, a privação de sono pode resultar em muitos problemas para a saúde. Alguns deles são o ganho ou perda de peso, e maior risco para o desenvolvimento de doenças cardíacas. 

Além disso, também pode atrapalhar muito a saúde mental, com cansaço, falta de concentração e estresse.

A insônia é um problema recorrente para muitas pessoas, mas algumas dicas podem ajudar a induzir ao sono, como:

  • Tentar meditar antes de dormir;
  • Comer proteínas magras ou alimentos ricos em magnésio;
  • Sentir perfumes calmantes, como a lavanda;
  • Tomar um banho quente e relaxante;
  • Evitar o uso de telas (celular ou tv) algumas horas antes de dormir;
  • Escrever preocupações ou tarefas, para dormir com mais tranquilidade;
  • Sair da cama em casos de insônia;
  • Ler um livro antes de dormir;
  • Cuidar da climatização do quarto;
  • Deitar com um pijama confortável;
  • Eliminar ruídos e luzes;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Beber chás calmantes e evitar cafeína.

Uma boa noite de sono irá ajudar na manutenção da rotina saudável, contribuindo para o funcionamento do metabolismo e dando mais disposição.

A importância da meditação

Atualmente, a maioria das pessoas vive em uma rotina tão corrida e estressante, que muitas vezes não têm tempo para desacelerar, refletir e sentir gratidão pelas conquistas do dia a dia.

Para alcançar o equilíbrio, a meditação é uma ferramenta fundamental, que também ajuda a reduzir o estresse, a ansiedade, e melhorar a capacidade de concentração, a autoestima e a memória. Além disso, a prática meditativa pode ajudar a fortalecer o sistema nervoso e imunológico.

Algumas dicas para começar são:

  • Pesquisar sobre Meditação Mindfulness e outras técnicas;
  • Começar o dia com a meditação, para começar bem;
  • Sentar-se confortavelmente, fechar os olhos e concentrar na respiração;
  • Acompanhar o movimento corporal da respiração, e concentrar-se nele;
  • Entoar um mantra para relaxamento ou crescimento pessoal;
  • Tentar manter a mente vazia, livre de pensamentos;
  • Concentrar-se na gratidão, na paz e no amor universais.

Não é preciso esperar a entrada de uma nova semana, mês ou ano para transformar os hábitos em busca de uma vida mais saudável. A rotina pode ser melhorada a qualquer dia, desde que haja firmeza para a mudança de comportamento, porque muitas vezes ela é necessária.

Por fim, pequenos passos podem resultar em grandes mudanças e, principalmente, em mais cuidado consigo mesmo, para uma vida mais plena e feliz.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de colágeno de altíssima qualidade específico para as articulações e cartilagens?