Ter boas estratégias de marketing é essencial para levar o seu consultório a um novo patamar. Não basta apenas se capacitar ou oferecer a estrutura correta, pois as pessoas precisam saber disso. Entre as alternativas para fazer a divulgação, o marketing de conteúdo surge como uma das principais.

Essa abordagem consiste em produzir conhecimento relevante, útil e original. Focado no público de interesse, é um caminho que traz ótimos efeitos quando executado corretamente. Para descobrir por que e como fazer marketing de conteúdo, continue a leitura e veja orientações indispensáveis!

Afinal, por que apostar nessa alternativa?

Talvez você esteja se perguntando por que esse marketing deve estar entre as suas decisões. Um dos motivos tem a ver com autoridade. Ao produzir conteúdo relevante e confiável, a sua imagem será vista de uma forma melhor. Assim, é possível se destacar no mercado como alguém que entende do que fala.

Também é um caminho para gastar menos e ter maior longevidade nas ações. Em média, as oportunidades geradas pela estratégia são 60% mais baratas do que por meios tradicionais.

Além de tudo, dá para mensurar os resultados com precisão. Você saberá quantas pessoas leram, comentaram ou compartilharam. Ao adotar as estratégias certas, é possível aumentar o engajamento e a atração de pacientes. Tudo isso faz com que a criação de oportunidades e a conquista de pacientes sejam favorecidas.

Quando a abordagem é executada de forma planejada e consistente, transforma-se em um meio de gerar novos agendamentos de maneira contínua. Entre quem já fez uma consulta, é um modo de aproximar o relacionamento e de garantir a fidelização.

Quais as diferenças para o marketing tradicional?

A versão tradicional do marketing é conhecida como outbound ou de interrupção. Quando surge um anúncio na TV ou um banner no site, a experiência é interrompida para fazer uma oferta.

No caso do marketing de conteúdo, há a atração das pessoas. São os pacientes que chegarão até você, o que leva a uma experiência melhor. Além disso, uma boa estratégia garante efeitos contínuos. Por outro lado, a abordagem outbound exige investimentos recorrentes nas propagandas para gerar resultados.

No final, isso significa que a produção original ajuda a atrair quem, de fato, tem interesse em realizar uma consulta ou um acompanhamento nutricional. Assim, seus esforços são bem direcionados e levam a efeitos melhores.

Como fazer o marketing de conteúdo para nutricionistas?

Agora que você já entende por que a alternativa é interessante, é o momento de colocar a estratégia em prática. Para tornar tudo mais simples, veja algumas dicas e acerte em cheio!

Tenha um bom planejamento

Criar conteúdo não significa escrever o que você julga ser adequado. É preciso planejar a persona, que é a representação do público, assim como os temas abordados. Pesquisar palavras-chave e abordagens é essencial, do mesmo jeito que definir objetivos e planos de ação.

Esse elemento exige alguns cuidados, como:

  • objetivos principais com a estratégia (aumento da autoridade, atração de oportunidades, elevação do engajamento etc.);
  • definição da persona;
  • plano de conteúdos que serão trabalhados;
  • calendário editorial, com as datas das postagens;
  • linguagem e elementos que serão utilizados;
  • locais de publicação das peças.

Tudo deve funcionar como um mapa para que a estratégia seja consistente, padronizada e muito eficiente.

Entenda o seu público

Como parte do planejamento, é indispensável entender com quem você falará. Se a maioria dos seus pacientes quer emagrecer, é preciso abordar isso. Já se o interesse está em usar produtos como o ômega 3, esse deve ser foco. Responda às dúvidas do seu público de forma específica, porque é o que gerará engajamento.

A persona é uma representação semifictícia, então, deve ter nome, idade e algumas informações básicas. Entre os elementos que devem estar presentes, estão:

  • sexo;
  • idade;
  • localização geográfica;
  • profissão/poder aquisitivo;
  • problemas com o corpo, a saúde e/ou a alimentação;
  • objetivos em relação à nutrição;
  • dúvidas sobre o processo.

Crie um perfil para essa pessoa, com suas principais dores, dificuldades e receios. O conteúdo, então, deverá ser planejado para responder a essas questões de forma completa.

Aprofunde o conteúdo

Na hora de criar uma peça, não aja de maneira superficial. Apenas pincelar os temas, sem trazer profundidade ou informações novas, decepcionará as pessoas. No lugar disso, use a sua experiência a favor. Traga análises e conhecimentos inéditos e trabalhe o conteúdo de modo eficiente e aprofundado.

Quanto maior for o valor agregado, melhor tende a ser o desempenho da sua estratégia. Então, não tenha medo de compartilhar experiências e de trocar conhecimento. Isso não servirá para a sua concorrência ultrapassá-lo, e sim fará com que os pacientes tenham mais interesse no seu trabalho.

Não se prenda apenas a textos

Quando se fala nessa produção, é comum associá-la à elaboração de textos e artigos. Contudo, é possível — e necessário — ir mais longe. Pense em criar elementos como e-books ricos, infográficos, imagens e até vídeos.

Adotar uma estratégia multimídia atrai a atenção das pessoas, favorece a transmissão do conhecimento e permite adaptar o conteúdo ao que for melhor para cada caso. Além de tudo, é um jeito de tornar certas informações palatáveis e fáceis de ser absorvidas. Isso faz com que as pessoas fiquem engajadas por mais tempo, o que aumenta o retorno da abordagem.

Faça a divulgação

Não basta apenas produzir e postar bons materiais — é preciso que eles alcancem as pessoas. Então, o marketing de conteúdo envolve a divulgação nos canais adequados.

É possível utilizar as redes sociais, como Instagram e Facebook, para dar maior visibilidade. Não se esqueça de considerar o planejamento e a persona. Assim, dá para conhecer quais são as redes sociais de preferência dela.

Também dá para patrocinar publicações e links, a fim de obter um destaque extra. Essa é uma forma de unir o marketing “tradicional” à versão de conteúdo, em busca de otimização. Como consequência, há um melhor retorno quanto aos efeitos.

Se for bem planejado, o marketing de conteúdo pode trazer ótimos resultados para a atuação em nutrição. Com essa ferramenta, você conseguirá se destacar e atrair muito mais pacientes!

Para sempre ficar por dentro dessas e de outras novidades, assine nossa newsletter e receba nossas publicações em sua caixa de entrada!