Uma das grandes tendências do mercado de trabalho atualmente, que atinge todas as áreas de atuação, é a prestação de serviços por conta própria, assumindo-se os próprios riscos e sem ter vínculo empregatício direto.

Isso se deve à liberdade que o profissional autônomo ou liberal tem para seguir suas próprias estratégias, montar seu horário de trabalho e alcançar a possibilidade de ganhos maiores.

Um nutricionista autônomo é, na verdade, um profissional liberal, o que significa que tem a formação universitária necessária para o exercício da profissão e o registro no conselho ou ordem competente. E são estes justamente os únicos dois requisitos para que você seja um profissional dessa categoria: ser formado em nutrição e estar inscrito em um dos conselhos regionais de nutricionistas.

Se você ainda não está seguro de que trabalhar como autônomo pode ser a melhor opção para você, listamos quatro vantagens dessa ideia. Leia e tome a sua decisão!

1. Conquiste maior exposição no mercado

Quem decide ser um nutricionista autônomo tem um leque muito maior de áreas de atuação entre as quais escolher. Poderia, inclusive, fazer uma associação entre especialidades.

A área clínica, a qual engloba hospital e atendimento em consultório, é a mais tradicional e disputada, e, obviamente, é possível optar por ela como autônomo. Mas há outras áreas que estão crescendo e se apresentam como ótimas oportunidades de mercado.

Por exemplo, a esportiva, que inclui o atendimento a atletas profissionais e está diretamente associada à área fitness (pessoas comuns que buscam melhor qualidade de vida, com alimentação adequada e exercícios físicos). E a comportamental, que investiga os hábitos além da alimentação. A relação entre esses fatores permite identificar problemas e apontar soluções para proporcionar mais qualidade de vida para quem procura por um nutricionista.

2. Tenha liberdade de estratégias e horários

Uma das grandes vantagens de se trabalhar por conta própria é a possibilidade de determinar seu próprio horário de trabalho. E não seria diferente para os profissionais de nutrição.

Além de programar sua rotina de atendimentos, poderá deixar espaços na agenda para realizar cursos de especialização ou atividades não laborais de seu interesse. O nutricionista autônomo pode, ainda, estabelecer suas próprias estratégias de atuação e captação de pacientes, sem a necessidade de seguir as diretrizes de uma clínica ou empresa.

3. Obtenha mais reconhecimento profissional

Um profissional qualificado e comprometido seguramente se destacará no mercado. Seu trabalho será mais reconhecido e ele poderá, inclusive, ser considerado uma autoridade em sua área de atuação.

Esse reconhecimento profissional gera mais publicidade para o nutricionista autônomo e leva ao surgimento de novas oportunidades de negócio, como a abertura de filiais do consultório em outras regiões da cidade ou maior demanda por assessorias.

4. Tenha a possibilidade de altos ganhos

Outro benefício de ser um profissional autônomo é poder cobrar o valor que acha justo por seus serviços. No geral, o valor da consulta de um nutricionista que não tem vínculo empregatício com uma empresa tende a ser mais elevado.

Como autônomo, seus ganhos mensais podem ultrapassar o salário médio da profissão, dependendo das demandas ou do perfil socioeconômico de seus pacientes. Um profissional que já seja bem reconhecido no mercado pode cobrar ainda mais.

Vale ressaltar, porém, que é preciso respeitar o valor mínimo determinado pelo Conselho Federal e pelos conselhos regionais, bem como estar ciente de quanto realmente pode cobrar por seus serviços com base na sua própria formação e capacitação e na média praticada pela concorrência no mercado.

Um preço muito acima da média, se não houver boa justificativa (alta capacitação, ser um profissional reconhecido e muito requisitado), afastará os pacientes em potencial e fará com que você perca dinheiro, ao invés de ganhar.

Sejam quais forem seus objetivos e sonhos profissionais (maior liberdade para determinar seus próprios horários e estratégias de atuação, ganhos mais elevados, maior flexibilidade quanto à área em que atuará ou maior reconhecimento profissional), é possível alcançá-los como um nutricionista autônomo.

Agora que você já conhece as vantagens de trabalhar dessa forma, que tal aprender como garantir o sucesso do seu consultório? Desse modo, você terá mais segurança para construir uma carreira brilhante como profissional liberal. Confira!