O consumo de whey protein se popularizou entre as pessoas. A boa notícia é que tanto praticantes de atividades físicas, quanto pessoas com necessidades proteicas elevadas podem se beneficiar  com o uso do suplemento.

No entanto, sempre que se fala desse famoso suplemento, vem à tona seus diferentes tipos, uma vez que há disponível no mercado, três formas diferentes de whey protein: o concentrado, o hidrolisado e o isolado.

Veja, a seguir, uma breve explicação dos diferentes tipos de whey no vídeo da nutricionista e mestre em ciências Dra. Priscila Gontijo:

No artigo de hoje, vamos falar sobre o whey protein concentrado e algo um pouco além de seus efeitos à saúde: O preço. 

Se você quer de uma vez por todas tirar todas as suas dúvidas sobre o whey protein concentrado, então não deixe de ler o conteúdo a seguir. 

O que é o whey protein concentrado? 

O whey protein concentrado é o tipo de whey mais comum encontrado no mercado e consequentemente consumido. Esse tipo suplemento é popular por conta de seu baixo custo quando comparado aos outros tipos, além de ser eficiente no que diz respeito ao suprimento das necessidades diárias de proteínas. 

A principal diferença do whey protein concentrado para as outras formas, é a sua concentração proteica de soro do leite. Nesse tipo de suplemento, a composição varia entre 70% e 80% de proteína oriundas do soro do leite. O restante da composição, que pode variar entre 20% e 30% são compostos por carboidratos e lipídios (gordura). 

Whey protein concentrado preço mais acessível

Essa composição por si só, permite que o valor da produção do whey protein concentrado seja mais baixo – uma vez que altas doses de proteína tendem a ser mais caras. Entretanto, mesmo com quantidades um pouco menores do macronutriente, esse tipo de whey pode trazer bons resultados para quem busca hipertrofia muscular ou deseja prevenir catabolismo por exemplo. 

Outra característica importante do whey protein concentrado é a sua velocidade de absorção pelo organismo, uma vez que devido a presença de outros macronutrientes em sua composição, sua velocidade de absorção tende a ser mais lenta, o que não significa obrigatoriamente, que ele seja inferior do ponto de vista nutricional, uma vez que sua composição seja capaz de suprir as necessidades do organismo. 

O que considerar na hora de pesquisar o preço do whey protein concentrado ?

Embora seja naturalmente mais barato que os outros tipos de whey protein, é importante prestar atenção em alguns itens importantes antes de comprar esse suplemento. 

Antes de finalizar a compra você deve ler o rótulo do whey protein concentrado atentamente, principalmente à parte que diz respeito aos ingredientes. 

Caso o suplemento apresente grandes quantidades de corantes, aromatizantes e até mesmo adoçantes, evite a compra. Pois quanto maior for a quantidade desses ingredientes, menor será a quantidade de proteína presente. 

E falando em proteínas, atentar-se também as doses de proteína é fundamental na hora de comprar um whey protein concentrado. 

Normalmente o whey protein concentrado possui cerca de 80% de proteína por dose, sendo os 20% restantes, carboidratos, lactose ou até mesmo gordura em sua composição. 

Whey protein concentrado preço

Depois de falarmos sobre as peculiaridades do whey protein, você deve estar se perguntado: “E então, qual é o preço do whey protein concentrado?” 

Por ser tratar de um suplemento com uma disponibilidade proteica relativamente menor, um pote comum, com cerca de 900 gramas de suplemento tende a custar na faixa de R$ 80,00 a R$ 110,00.

Marcas famosas e consolidadas no mercado da suplementação como Vhita, Vitafor, Essential e Max Titanium são boas opções de compra. Desconfie de suplementos que tenham valores acima ou abaixo dessa média. 

É importante salientar que mesmo se tratando de um suplemento à base de proteínas, é necessário que haja uma orientação médica ou nutricional para que seu consumo ocorra de maneira segura e adequada. A ingestão de suplementos sem uma prescrição profissional pode trazer riscos à saúde. 

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um whey protein de altíssima qualidade?

Referências bibliográficas:

BARTH, C. A.; BEHNKE, U. Nutritional physiology of whey and whey components. Die Nahrung, v. 41, n. 1, p. 2-12, 1997.

Hoffman, Jay R, and Michael J Falvo. “Protein – Which is Best?.” Journal of sports science & medicine vol. 3,3 118-30. 1 Sep. 2004