Acelerar o metabolismo é uma prática que está intimamente ligada com o controle de peso. Mas ao contrário do que muitas pessoas pensam, estimular alterações metabólicas não traz somente benefícios, pois se feito da maneira incorreta, pode haver uma série de consequências negativas para a saúde.

Por isso, é preciso saber como usar o metabolismo em favor do emagrecimento de forma saudável. Fazer um acompanhamento com um profissional é a melhor pedida, além disso, alguns hábitos do dia a dia podem fazer a diferença.

Se você está procurando formas eficazes de acelerar o metabolismo para conquistar as medidas desejadas sem comprometer a saúde, confira neste post algumas dicas:

Chá verde para acelerar o metabolismo

Um dos principais elementos das dietas de perda de peso é o chá verde, que acelera o metabolismo e ainda favorece a ação antioxidante.

A erva presente no chá aumenta a oxidação das gorduras indesejáveis, além de estimular a termogênese — processo metabólico no qual calorias são queimadas para produzir calor.

O melhor é que essa bebida não tem calorias Mas não vá beber chá verde o dia todo! A porção diária recomendada é de, no máximo, 5 xícaras.

Obedeça os sinais da fome e saciedade

Ao contrário de muitas afirmações tendenciosas e incorretas que circulam por aí, quem quer emagrecer  não deve necessariamente comer de 3 em 3 horas. Deve sim investir em se conhecer e entender os sinais da fome para entender de quanto em quanto tempo precisa comer. Todas as refeições precisam conter uma variedade de nutrientes.

O ideal é conciliar alimentos que dão energia e saciedade para o corpo. Dessa forma, você não vai exagerar nas demais refeições e terá disposição de sobra durante o dia todo. Outra coisa importante é ingerir apenas alimentos leves no fim do dia para não prejudicar a qualidade do sono.

Adicione o ômega 3 na sua dieta

Esse nutriente é fonte de gordura boa, auxilia a construção das membranas celulares e hormônios, melhora do colesterol. A contribuição se estende também para a prevenção de inflamações e o equilíbrio dos níveis glicêmicos na corrente sanguínea.

Além dos peixes de águas geladas, o ômega 3 está presente em alimentos de origem vegetal, como linhaça, chia, nozes e amêndoas.

Faça um controle saudável de calorias

Um equívoco é acreditar que a limitação calórica garante metabolismo acelerado e perda de peso saudável.

A verdade é que, ao reduzir drasticamente a quantidade calórica consumida, o metabolismo tende a queimar menos calorias, além de acumular gorduras para serem convertidas em energia.

Pode parecer contraditório, mas comer acelera o seu metabolismo. A grande dica é escolher os alimentos, porções e horários corretos. Coma sempre, mas coma pouco.

Proteínas podem ajudar

Aumentando o consumo de proteínas, você se sente saciado por um período maior de tempo, enquanto as gorduras são queimadas de forma natural para obtenção de energia.

As porções proteicas podem reduzir o seu apetite e manter o metabolismo acelerado, impulsionando, ainda, a preservação da massa magra.

Pratique exercícios físicos

Essa é a melhor maneira de manter o corpo em forma e queimar calorias! As atividades físicas são importantes não só para o funcionamento metabólico, mas também para moldar o corpo da forma desejada.

Os benefícios dos exercícios ainda se estendem para a melhora da resistência física e do controle emocional.

Durma bem

Pode parecer besteira, mas privar o seu corpo de uma noite de sono de qualidade pode interferir negativamente no funcionamento do seu metabolismo.

Ao acordar na manhã seguinte, você terá menos energia para se exercitar e ainda sentirá fadiga pelo resto do dia. É durante a noite que o corpo se recupera de todo desgaste diário, o que renova o seu metabolismo para continuar trabalhando de forma significativa no dia seguinte.

Procure acompanhamento profissional

Acelerar o metabolismo pode modificar as funções fisiológicas naturais, por isso, é imprescindível o acompanhamento e a avaliação de um profissional qualificado. Lembre-se: privar seu corpo de nutrientes importantes é, sim, prejudicial à saúde.

Apenas um médico ou nutricionista poderá ser capaz de identificar o seu perfil metabólico e quais são as necessidades nutricionais para assegurar uma perda de peso saudável.