O colágeno pode ser encontrado nos alimentos, mas para ter a certeza de que você está tomando a quantidade certa dessa proteína, a suplementação é a melhor opção.

Se você está procurando por colágeno para aumentar massa magra ou melhorar a saúde muscular, certamente já sabe que existem diferentes tipos de suplementos a base de colágeno disponíveis no mercado. 

Dentre tantas marcas e tipos, é bem difícil decidir qual a melhor escolha na hora de comprar. Como ninguém quer gastar dinheiro, mas sim investir na saúde, o custo-benefício tem que ser positivo.

Confira neste post o passo a passo do que você precisa verificar na hora de escolher o melhor suplemento de colágeno para estimular o ganho de massa muscular.

Como escolher colágeno para os músculos?

1º passo: Entenda a diferença entre colágeno hidrolisado e peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado

Suplementos a base de colágeno hidrolisado não são capazes de promover benefícios para regiões específicas do corpo. enquanto que os peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado conseguem.

Dessa forma, na hora de escolher um colágeno para os músculos, é preciso buscar por suplementos com composição de 100% de peptídeos bioativos específicos para os músculos.

Dica 1: Verifique na lista de ingredientes se o produto é feito com peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado.

2º Passo: Escolha o produto que oferece os Peptídeos bioativos específicos para o músculos

Existem diferentes tipos de suplementos a base de peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado, cada um é usado para uma região do corpo. Por exemplo, existem os peptídeos bioativos específicos para as cartilagens e ossos, para a pele e para os músculos.

Se você deseja aumentar ou fortalecer a massa muscular muscular, deve optar por peptídeos bioativos de colágeno do Bodybalance, o qual oferece quantidades generosas de arginina e glicina, que ajuda na produção de creatina pelo próprio corpo, importante proteína da composição dos músculos.

Isso significa que o colágeno aqui presente é constituído de pequenas cadeias de aminoácidos que conseguem entrar na célula muscular e fazer parte da síntese proteica, se unindo a outras cadeias para formar as fibras.

Dica 2: Veja se os peptídeos bioativos são do tipo Bodybalance.

3- Se atente a porção de consumo recomendada no rótulo do produto

Para alcançar os resultados esperados com o consumo do bodybalance, os estudos mostram que é preciso consumir 15g de produto diariamente por 12 semanas (3 meses).

Então não adianta nada se o produto oferecer quantidade inferior a 15g. Cuidado com produtos que ofereçam quantidades menores que 15 g, e desconfie de produtos que ofereça quantidades maiores. Provavelmente há outros tipos de proteínas ou carboidratos misturados na composição do produto.

Dica 3: Confira se o produto oferece 15g de bodybalance na porção. 

4º Passo: Observe a pureza do produto

Quanto mais puro suplemento de colágeno, melhor. Ele não deve ter açúcares, gorduras, conservantes, corantes e outras substâncias que, ao longo do tempo, prejudicam o funcionamento do nosso organismo.

Essas substâncias são utilizadas para aumentar o prazo de validade dos produtos, mas quanto mais o produto tem, menos colágeno é oferecido.

Como os fabricantes não são obrigados a colocar a quantidade de corantes e conservantes nos rótulos, não temos como saber a quantidade que estamos ingerindo.Por isso, a melhor opção é sempre escolher por um suplemento com o máximo de pureza.

Dica 4: Prefira produtos puros isentos de qualquer tipo de aditivo.

5º passo: Produtos com sabor neutro tem qualidade superior

A maioria das pessoas preferem suplementos com sabor por questões de palatabilidade e por trazer mais praticidade ao consumo. Entretanto, pensando em saúde, os saborizantes na maioria das vezes são do tipo artificiais ou idênticos ao natural, os quais também estão na listas dos aditivos que nossos metabolismo não processa no momento da digestão.

Existem saborizantes naturais que não apresentam riscos a saúde, só que, até o momento, não há suplementos a base de bodybalance com saborizantes naturais disponíveis no mercado, mas existem os sem sabor, denominados de “sabor neutro”.

Além de terem maior qualidade, ainda oferecem versatilidade para o consumo. Podem ser incluídos em sucos, shakes, receitas doces ou salgadas ou mesmo tomados puro diluídos em água.

Dica 5: Prefira produtos sem sabor ou com “sabor neutro”.

6- Marca

Escolher uma boa marca é essencial para garantir a qualidade do produto. Quando a empresa fabricante se responsabiliza por oferecer um produto que realmente trará os resultados esperados sem prejudicar a saúde do consumidor, ela faz questão de mostrar, de maneira comprovada, por meio de laudos técnicos e certificações que o produto está dentro do que é recomendado pelos órgãos reguladores.

Escolha uma marca em que você confie ou, caso não conheça nenhuma marca, exija os laudos técnicos para verificar a veracidade das informações listadas no passo a passo, as quais também devem estar descritas no rótulo do produto. 

Dica 6: Escolha uma marca em que você confie ou exija os laudos técnicos para verificar a qualidade do produto. 

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de colágeno de altíssima qualidade específico para os músculos?