Existem muitos tipos de chás no mercado, os mais conhecidos são oferecidos em latas ou em sachês. Mas você sabia que esses produtos podem não possuir nada de chá em sua composição?! O processo de fabricação desses produtos reduzem muitos dos compostos ativos, responsáveis pelos benefícios promovidos pelos chás. Dessa forma, é preciso saber como preparar chá de maneira caseira e tradicional, usando ingredientes naturais como ervas ou partes de plantas.

Os chás são bebidas que se consumidas com regularidade, podem promover muitos benefícios a saúde devido suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, mas saber qual o modo de preparo para esses ingredientes também é importante para não perder as propriedades funcionais. Entenda qual a diferença entre a decocção e infusão:

 

Decocção

Consiste em um método de extração de ativos funcionais de partes mais duras de árvores e plantas, como raízes, cascas e caules. Neste processo, o ingrediente escolhido é picotado e colocado grosseiramente em contato em recipiente fechado com um solvente, geralmente, a água, sob aquecimento até ebulição.

Na decocção é feito a fervura do ingrediente por pelo menos 10 minutos, gerando o chamado decocto. Após a fervura, é deixado em repouso por aproximadamente 15 minutos, depois disso, o decocto pode ser filtrado quente, seguido de prensagem da matéria vegetal.

O acondicionamento deve ser realizado após o resfriamento. Pode ser armazenado em geladeira por até 72 horas.  

A decocção trata-se de uma técnica que não deve ser aplicada as folhas das ervas vegetais, uma vez que muitos princípios ativos presentes podem ser alterados devido ao aquecimento sob alta temperatura durante um tempo prolongado.  

 

Infusão

Um dos processos mais antigos e tradicionais na fitoterapia para obtenção de chás é a infusão. Neste método, o chá é resultado da extração de ativos funcionais de folhas de plantas vegetais, por meio de água fervente. 

Para preparar uma infusão, as ervas são trituradas e mantidas em local fechado com adição de água fervente. Um cuidado necessário neste momento, é evitar que a água ferva a ponto de borbulhar, ela deve ser adicionada a erva quando as bolhas estão querendo aparecer. Depois é só tampar o recipiente e deixar em repouso por 5 a 10 minutos e coar. Assim como o processo de decocção, pode ser tomado quente ou frio e armazenado em geladeira por até 72 horas.

Em ambas as preparações acima, deve ser evitado o uso de recipientes de ferro, alumínio e outros metais que possam prejudicar a extração e a atividade dos princípios ativos das ervas utilizadas. Industrialmente, aconselha-se o uso de recipientes em aço inoxidável e em preparações caseiras; o uso de recipientes de vidro é o mais adequado para realização de tais procedimentos.  

Ômega 3 - Tudo o que você precisa saber