Com a chegada do verão, o metabolismo pode ser sobrecarregado causando fadiga, digestão lenta, entre outros sintomas característicos desta estação. Além disso, a elevação da temperatura está diretamente relacionada com o aumento da eliminação de líquidos pelo suor. Por conta desses fatores é de extrema importância ser mais seletivo em relação à escolha dos alimentos. Confira 5 dicas:

  •  Para ter energia e disposição no verão, consuma alimentos ricos em carboidratos, como cereais e sementes. Prefira as versões integrais, pois, além de conterem fibras que ajudam a controlar o índice glicêmico, são ricas em nutrientes, como vitaminas do complexo B ‒ que agem no metabolismo energético.
  • Aposte em alimentos leves no verão e aumente o consumo de frutas, verduras e legumes, pois são fontes de micronutrientes, como vitaminas, minerais e antioxidantes – essenciais para o equilíbrio e a saúde do organismo.  
  • Diminua o consumo de sal na alimentação, no calor, seu excesso pode propiciar a retenção hídrica. Prefira condimentos naturais como salsinha, cebolinha, alecrim e orégano, pois, além de fornecer aroma e sabor especial, as especiarias promovem diversos benefícios ao organismo.
  • Tenha uma alimentação pobre em gorduras saturadas provenientes de frituras, carnes vermelhas, queijos amarelos, por exemplo. E prefira os alimentos como azeite de oliva, oleaginosas e sementes que são fontes de ômega-3, 6 e 9 – essenciais à saúde.     

Ômega 3 - Tudo o que você precisa saber

  • Aproveite o clima agradável do verão e pratique uma atividade física no primeiro horário da manhã ou ao entardecer, mas não se esqueça de equilibrar a alimentação pré e pós-treino para manter a energia.
  • Mantenha a hidratação no verão e beba de 2 a 3 litros de água. Também, abuse de bebidas como água de coco, chás e sucos de frutas.