Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » O que as pessoas dizem sobre o ômega 3? Confira avaliações reais

O que as pessoas dizem sobre o ômega 3? Confira avaliações reais

CODIGO DE ÉTICA DO NUTRICIONISTA E AS REDES SOCIAIS
7 minutos de leitura

Apesar de ser um suplemento com diversos benefícios evidenciados pela ciência, muitos ainda têm dúvidas se o ômega 3 realmente traz resultados e melhora as condições de saúde.

Pensando nisso, decidimos fazer uma extensa pesquisa para saber o que as pessoas dizem sobre o ômega 3 e quais impactos o suplemento tem trazido naqueles que o consome. Vamos juntos conferir!

O que as pessoas dizem sobre o ômega 3? Veja as experiências dos consumidores

Para fazer esta busca, fomos atrás de relatos reais de pessoas que consomem ou já consumiram o ômega 3. Assim, utilizamos avaliações confiáveis de sites de compras e redes sociais, e chegamos aos seguintes relatos:

“Realmente o ômega 3 é muito bom, minha mãe tem 69 anos e minha tia tem 54 anos. Ambas tomam ômega 3 a mais ou menos uns 8 anos, sendo 2 cápsulas diárias. Sempre que elas fazem exames está tudo bem. Recentemente, elas descobriram que, com o uso diário de ômega 3, a pressão alta e o colesterol foram controlados. Não há também problemas no coração, enfim… os  exames delas  estão  ótimos. Ah, fora a disposição que elas estão, fazendo caminhada todos os dias.”,

disse um usuário do YouTube.

“Minha vida mudou para melhor com o ômega 3.  Ele tem feito toda a diferença nos meus sintomas da TPM, que antes me deixavam indisposta e com dores. Agora, me sinto mais disposta, com menos cólicas e alterações de humor.”, explicou uma usuária do Instagram.

o que é EPA e DHA

“Apesar de estar usando há pouco tempo, já sinto meu intestino funcionando bem melhor. Pele e cabelo também estão mais viçosos.”, relatou uma cliente da Vhita.

“Gente, ômega 3 é vida! Tenho problemas com colesterol alto desde a adolescência e mesmo fazendo dieta e exercícios, não conseguia baixar. Cheguei a tomar medicamento para o colesterol, mas não consegui fazer o tratamento porque me deixava com muito mal-estar e sem ânimo. Comecei a tomar o ômega 3, meses depois fiz exame e meu colesterol ruim tinha baixado, estava normal!”, mencionou uma usuária do YouTube.

“Comecei faz pouco tempo o uso do ômega 3 e já senti muita diferença. Antes dele, eu estava com o raciocínio lento, agora isso já melhorou bastante.”, referiu uma usuária do Instagram.

“O ômega 3 tem me ajudado com as dores que sentia no joelho esquerdo. Ainda não fiz exames laboratoriais, mas acredito que possa ter interferido no resultado do colesterol também.”, disse uma cliente da Vhita.

“Comecei a tomar o ômega 3 porque tinha olhos secos e fotossensibilidade, mas, com o uso, percebi também que minha pele do rosto ficou mais viçosa. A minha autoestima mudou, me olho no espelho e me sinto muito bem.”, relatou um usuário do Youtube.

“Sentia muitas dores nas pernas e nos braços. Não conseguia caminhar certa distância. Comecei a tomar ômega 3 e já senti a diferença. Hoje faço minhas caminhadas normalmente, sem aquelas dores horríveis.”,

explicou uma usuária do Instagram.

“Melhorou bastante a minha função cognitiva, minha memória está muito melhor, estou processando com mais facilidade as informações cerebrais como aprendizado, foco e concentração.”, relatou uma cliente da Vhita.

“Comecei a tomar ômega 3 rico em EPA, meu intestino virou outro. Estou chocada com o tanto que melhorou, eu tinha intestino preso, fiz exames e mais exames e nada resolvia. Só depois que comecei a tomar o ômega 3 minha vida mudou.”, disse uma usuária do Youtube.

“Há alguns meses, incluí o ômega 3 na minha rotina e confesso que não esperava resultados tão positivos! Me sinto mais disposto, com mais energia e vitalidade. Mas o que mais me impressiona são os meus exames recentes que apresentaram uma melhora no colesterol e triglicerídeos, além da pressão que está mais controlada.”, relatou um usuário do Instagram.

“Eu não tinha conhecimento o quão importante é fazer essa suplementação (ômega 3), tenho autoimune ativada, e minha endócrina me orientou e falou dos benefícios. Há mais ou menos 1 ano faço a suplementação e o resultado é nítido: as dores da artrite reumatoide diminuiu muito, percebi que não estou tão esquecida, memória melhorou, tinha que usar colírio de 3 a 4 vezes ao dia (olhos secos), hoje apesar do clima seco estou usando o colírio 1 vez ao dia. Enfim: estou mais disposta. Tenho 66 anos.”,

citou uma cliente da Vhita.

E os estudos? O que mostram sobre o ômega 3?

Um estudo de 2018 analisou dados de 26 estudos prospectivos que acompanharam a ingestão de ômega 3 e os riscos de Alzheimer e declínio cognitivo ao longo do tempo.

Os resultados demonstraram que o maior consumo de ômega 3 está associado ao menor risco de desenvolver doença de Alzheimer e declínio cognitivo, sobretudo entre os participantes que já apresentavam comprometimento cognitivo leve.

Já uma meta-análise de 2023, feita com 17 ensaios clínicos randomizados comparou o efeito da suplementação com ômega 3 versus placebo em pacientes com transtorno depressivo.

Assim, a suplementação com ômega 3 apresentou um efeito antidepressivo significativo, tanto quando utilizada isoladamente quanto em combinação com antidepressivos.

Além disso, o efeito mais iminente foi em pacientes com depressão grave e em estudos com maior duração do tratamento.

Um outro estudo randomizado controlado realizado com 80 mulheres portadoras da síndrome do olho seco, investigou os efeitos do ômega 3.

Após 12 semanas de suplementação, as participantes relataram melhora significativa nos sintomas, como sensação de areia nos olhos, coceira e vermelhidão.

Bem como, uma análise de coorte com 120 mil adultos acompanhados por 15 anos, publicada em 2018, revelou que um maior consumo de ômega 3 estava associado a um risco 17% menor de desenvolver catarata.

Também em 2018, um estudo com 70 pacientes com glaucoma colocou o ômega 3 à prova por 3 meses. O resultado? Uma queda significativa na pressão intraocular, um fator importante para o desenvolvimento da doença, oferecendo esperança aos pacientes.

Por fim, uma meta-análise de 2020, reunindo dados de 53 ensaios clínicos randomizados, concluiu que a suplementação com ômega 3 pode reduzir a dor e a inflamação em pacientes com artrite reumatoide.

Quer saber mais?

Referências

ALMANÇA, A. C. D.; JARDIM, S. P.; DUARTE, S. R. M. P. Perfil epidemiológico do paciente submetido ao mutirão de catarata. Revista Brasileira de Oftalmologia, v. 77, n. 5, p. 255-260, 2018.

ATHANASSIOU, I. K.; ATHANASSIOU, L.; ATHANASSIOU, P. The Effect of Omega-3 Fatty Acids on Rheumatoid Arthritis. Mediterranean Journal of Rheumatology, v. 31, n. 2, p. 190-194, 2020.

CANHADA, S. et al. Omega-3 fatty acids’ supplementation in Alzheimer’s disease: A systematic review. Nutritional Neuroscience, v. 21, n. 8, p. 529-538, 2018.

DOWNIE, L. E.; VINGRYS, A. J. Oral Omega-3 Supplementation Lowers Intraocular Pressure in Normotensive Adults. TVST, v. 7, n. 3, p. 1-7, 2018.

FONSECA, E. C.; ARRUDA, G. V.; ROCHA, E. M. Olho seco: etiopatogenia e tratamento. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, v. 73, n. 2, p. 197-203, 2010.MEHDI, S. et al. Omega-3 Fatty Acids Supplementation in the Treatment of Depression: An Observational Study. Journal of Personalized Medicine, v. 13, n. 224, p. 1-9, 2023.

Avalie este post

Nutricionista pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e pós graduada em Comportamento Alimentar pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS).

Experiência acadêmica em pesquisa científica e produção de conteúdos com embasamento científico. Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.