Saiba quais vitaminas são primordiais para o seu bebê

| | ,

Para  ter um crescimento saudável, é preciso que desde cedo os bebês sejam ensinados a consumir certos tipos de alimentos, como as verduras e os legumes.

Esse é um fator determinante para a manutenção da saúde, já que carregam vitaminas essenciais para o seu desenvolvimento. 

Mas sabemos que isso não é uma tarefa fácil, já que não nascemos com afinidade para alimentos que não são adocicados e ainda estamos “educando” nosso paladar.

A melhor maneira de cultivar esses hábitos é introduzir pouco a pouco as vitaminas necessárias na alimentação do seu bebê. 

Continue a leitura e descubra as principais vitaminas que proporcionam um crescimento saudável e como introduzi-las no dia a dia!

Vitamina A

Essa vitamina é essencial para a visão, além de auxiliar no desenvolvimento da pele, dentes e ossos.

A ausência da vitamina na alimentação pode acarretar em complicações na visão, dificultando enxergar em ambientes com pouca iluminação.

Essa vitamina ainda ajuda na prevenção de doenças respiratórias e pode ser encontrada em alimentos como:

  • Leite materno e industrial;
  • Vegetais (cenoura, espinafre, abóbora);
  • Produtos lácteos (Queijo, Danones, leite em pó);
  • Frutas como Manga, melão e pêssego;
  • Ovos.

O uso desde o leite materno até os primeiros alimentos na infância pode ajudar no fortalecimento dos dentes, evitando fraturas ou necessidade de implante, além de ajudar na prevenção de doenças crônicas respiratórias. 

Apesar da prevenção, pode ser que por outros motivos – no futuro – seja preciso correr atrás de um implante dental, nesses casos é imprescindível contar com um profissional especializado.

Vitamina C 

Considerada uma das mais importantes vitaminas para o nosso organismo, a vitamina C é fundamental para garantir o bom funcionamento dos órgãos, além de preservar a saúde dos dentes e ossos. 

Na prática, ela auxilia no combate a infecções e inflamações, ajudando a desintoxicar o corpo e auxiliando na cicatrização de feridas – potencializando as defesas do organismo. 

Pode ser encontrada em: 

  • Leite materno;
  • Frutas (Goiaba, mamão, abacaxi);
  • Vegetais de folhagem escura (Agrião, acelga, alface, almeirão);
  • Frutas cítricas (Limão, laranja, mexerica).

Fazer a introdução desses alimentos desde a infância ajuda a prevenir o escorbuto, uma doença pouco conhecida mas que pode afetar os recém nascidos quando não alimentados com o leite materno e em idosos que não tiveram a alimentação correta ao longo da vida.

Essa enfermidade demanda tratamento com suplementos alimentares e vitamínicos e é caracterizada pela fraqueza, fadiga e vermelhidão na pele, podendo ainda gerar sangramento nas gengivas.

Vitamina D 

Conhecida por sua ação na absorção de fósforo, a vitamina D é responsável  por garantir dentes e ossos fortes, além de ser fundamental no crescimento das crianças.

Sua fonte principal é o sol, mas também é possível ser encontrada nos alimentos como:

  • Leite;
  • Cereais;
  • Queijo;
  • Carnes;
  • Peixe;
  • Cogumelos.

Conforme vamos crescendo e nos desenvolvendo a quantidade adequada de nutrientes para o organismo funcionar corretamente pode ser ampliada.

Por esse motivo, o consumo desses alimentos diariamente e desde a infância ajuda a prevenir problemas futuros nos ossos, como a osteoporose, e ajuda a fortalecer os dentes na sua formação.

Com esse fortalecimento é possível prevenir que futuramente você busque por tratamentos agressivos para os dentes, como implantes e extrações.

Desse modo, para ampliar ainda mais o bem-estar, é possível focar – se necessário – na parte estética, como na busca por aparelho dental transparente por exemplo.

Vitaminas complexo B

As vitaminas do complexo B referem-se a família de vitaminas B1, B2, B3, B5, B6 e B12. 

Esse compostos agem de forma crucial na formação dos glóbulos vermelhos, ou seja, nas células  de sangue, além  de auxiliar no bom funcionamento do sistema neurológico.

As vitaminas da família B ajudam também na saúde da pele, cabelos e melhor funcionamento do intestino. 

 Pode ser encontrada nos seguintes alimentos:

  • Fígado;
  • Peixes;
  • Abacate;
  • Castanhas.

Fazer o uso da vitamina B é muito importante para o crescimento saudável na infância e a falta de introdução de carnes na alimentação pode ocasionar na deficiência da B12.

Se não houver a complementação necessária dessa vitamina o aparecimento de doenças como a anemia pode prejudicar o desenvolvimento até a fase adulta.

Além das vitaminas que são indispensáveis para o desenvolvimento do seu bebê, ainda é necessário ter alguns cuidados para que na fase adulta não seja necessário fazer buscas como “quanto custa um implante dentário” para realizar o tratamento.

Tal demanda pode ocorrer por não ter tido o cuidado com a alimentação adequada, o que acaba prejudicando a saúde bucal, além da higienização inadequada ou outros fatores de predisposição.

Para auxiliá-lo a minimizar esse risco, vamos listar o que deve ser evitado ou não consumido em excesso na infância para que na vida adulta possamos fazer o acompanhamento de procedimentos ou escolher se queremos ou não colocar lente de contato dental ou evitar demais problemas, como a diabetes.

Deve-se evitar:

Doces 

O consumo em excesso de doces em geral é prejudicial em qualquer idade, mas especialmente na transição para a infância pode impactar diretamente na formação dos dentes, ocasionado cáries e a queda dos dentes de leite antes do tempo pelo enfraquecimento da raiz. 

Refrigerante 

O Refrigerante é uma bebida que além de ser rica no açúcar leva corantes e sódio, o que na infância é prejudicial para o desenvolvimento saudável.

Ele deve ser evitado justamente pela fase que a criança se encontra, que necessita de uma alimentação balanceada e baseada em vitaminas e minerais.  

Café 

Diferente dos alimentos citados acima, as crianças podem consumir café, mas com  moderação. 

O café é uma bebida rica em nutrientes como fósforo, que é responsável por energizar o nosso organismo. Ele  só deve ser oferecido para a criança experimentar a partir dos dois anos.

O café traz benefícios para as crianças como antioxidantes, minerais, vitaminas e pode até deixar a criança mais despertada para realizar as suas atividades, mas lembre-se de oferecer apenas um gole e fazer isso com moderação sempre, afinal também possui corantes e elementos energéticos.

Como mostramos aqui as mais importantes vitaminas para o desenvolvimento do seu bebê estão presentes nos alimentos naturais e em uma alimentação balanceada.

Com a inserção desses alimentos é possível auxiliar no desenvolvimento e no crescimento, garantindo uma transição saudável desde a infância até a fase adulta. 

Conteúdo produzido por Karina Oliveira, assessora e redatora na empresa Vue Odonto

Quer saber mais?

 
Anterior

Entenda a influência da vitamina D na saúde bucal

Qual a função do colágeno para a nossa saúde?

Próximo

Deixe um comentário