O  colágeno tipo 2 é uma proteína muito importante para a preservação das cartilagens e articulações, e a vitamina C é um micronutriente importante para a produção de colágeno. 

Logo, quando se busca estratégias nutricionais para cuidar de dores articulares e desgaste das cartilagens, é comum pensarmos na suplementação de colágeno tipo 2 com vitamina C. Porém, nem sempre o uso dos dois suplementos é necessário. 

Entenda agora quando é preciso tomar colágeno tipo 2 com a vitamina C e quando apenas o colágeno tipo 2 é suficiente.

O QUE É COLÁGENO TIPO 2 E PARA QUE SERVE?

O colágeno tipo 2 é uma proteína animal, produzida pelo corpo humano. Tem alta força elástica, capacidade de hidratação e reabsorção, o que garante boa resistência a tecidos que sofrem muitos impactos diariamente, como é o caso das cartilagens dos joelhos, por exemplo.

Está presente principalmente nos tendões, ossos, veias, cartilagens e articulações dos animais e seres humanos. Pode ser consumido através de alimentos de origem animal, como iogurte, carne vermelha, frango ou obtido por meio de suplementação.

A principal função do colágeno tipo 2 é a manutenção da saúde articular, prevenindo ou tratando lesões nessas regiões. Dessa forma, o colágeno tipo 2 favorece o corpo através do: 

  • Fortalecimento da cartilagem;
  • Alivio dores nas articulações;
  • Processos de cicatrização. 

QUANDO DEVO TOMAR O COLÁGENO TIPO 2?

 A proteína de colágeno tipo 2 é produzida naturalmente pelo corpo humano, porém após os 30 anos de idade, essa produção cai, aproximadamente 1% ao ano. Então, a partir dessa idade o suplemento de colágeno tipo 2 é recomendado para evitar problemas relacionados a falta de colágeno, como artrite e artrose.

É recomendado, também, para pessoas obesas, por sofrerem com desgaste nas articulações, causadas pelo sobrepeso. E para pessoas com problemas nas articulações, como artrite e artrose, pois auxilia a reduzir dores.

QUAL O MELHOR COLÁGENO TIPO 2?

O colágeno pode ser encontrado de algumas formas: natural, que é o encontrado nos alimentos; hidrolisado, feito a partir de procedimentos químicos e os peptídeos bioativos, que são a menor parte da proteína de colágeno.

Existem vários tipos de suplementos de colágeno tipo 2. Há aqueles produzidos apenas com peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado e aqueles formulados com a proteína não desnaturada de colágeno tipo 2 (B2COOL ou UC2). 

Os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1 vão atuar promovendo a produção de colágeno, em regiões específicas do corpo humano, seja na pele, músculos ou articulações. E a proteína não desnaturada de colágeno tipo 2 fornece um componente que atrasa a degradação de colágeno no organismo.

Portanto, os melhores suplementos são aqueles fabricados com esses dois ingredientes: peptídeos bioativos de colágeno tipo 1 e proteína não desnaturada de colágeno tipo 2.

Colágeno tipo 2 para quem faz exercício físico

Exercícios físicos podem gerar desgaste nas articulações, principalmente se feitos com frequência, praticantes de esportes, corrida e exercícios físicos em geral estão expostos a sofrer lesões na cartilagem.

Por isso é recomendável que façam uso da suplementação com colágeno tipo 2, que reduz dores nas articulações e previne lesões e desgaste.

A quantidade recomendada de colágeno do tipo 2 para suplementação é de 10 g ao dia, segundo estudos essa dose pode regenerar a cartilagem em até 82%. Além de reduzir dores de pacientes com osteoartrite no joelho ou quadril.

COLÁGENO TIPO 2 COM VITAMINA C

A vitamina C ou ácido ascórbico, é uma vitamina hidrossolúvel (se dissolve em água), que promove inúmeros benefícios para o corpo humano, atua na pele, cabelos, sistema de defesa, além de ter ação oxidante.

Além disso a vitamina C é essencial na formação das fibras de colágeno em todos os tecidos. Ela é responsável por promover uma reação na prolina (aminoácido do colágeno) e transformar um colágeno maduro, só assim ele consegue exercer sua função.

A vitamina C é um nutriente muito importante para o corpo humano, no geral, e ela atua estimulando a produção de colágeno no organismo. 

Mas quando tomar vitamina C com colágeno tipo 2?

A suplementação de colágeno tipo 2 é indicada para pessoas com mais de 25 anos, pois a partir dessa idade a produção dessa proteína começa a diminuir. E também para quem sofre com impacto nas articulações, como praticantes de exercícios físicos ou pessoas com sobrepeso. 

Já a suplementação de vitamina C nem sempre é recomendada, depende muito de seus hábitos alimentares. Não é difícil atingir as quantidades necessárias do nutriente por meio da alimentação, mas caso você não consiga, aí sim, a suplementação pode ser uma boa ideia. 

E mais uma dica, caso você tome colágeno e vitamina C, sempre opte por tomar os dois suplementos separadamente, para ter uma melhor absorção e aproveitamento no corpo. 

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de colágeno de altíssima qualidade específico para as articulações e cartilagens?

Referências:

SILVA, Tatiane Ferreira da; PENNA, Ana Lúcia Barretto. Colágeno: Características químicas e propriedades funcionais. Revista do Instituto Adolfo Lutz, p. 530-539, 2012.

GONÇALVES, Gleidiana Rodrigues et al. Benefícios da ingestão de colágeno para o organismo humano. Revista Eletrônica de Biologia (REB). ISSN 1983-7682, v. 8, n. 2, p. 190-206, 2015.

MANELA-AZULAY, Mônica et al. Vitamin C.Anais brasileiros de dermatologia, v. 78, n. 3, p. 265-272, 2003.

ABDULLAH, Muhammad; ATTIA, Fibi N. Vitamin C (Ascorbic Acid). In: StatPearls [Internet]. StatPearls Publishing, 2019