Alguns cuidados são fundamentais na hora de escolher o melhor colágeno para a saúde das suas articulações, veja aqui o que você precisa saber antes de escolher qual produto comprar.

COLÁGENO TIPO 2 

O colágeno tipo 2 é uma proteína que apresenta ação específica para as regiões das articulações e cartilagens. Pois, é nessa região que nosso organismo apresenta as maiores concentrações de colágeno tipo 2.

Produzido pelas células do tecido cartilaginoso, chamadas de condrócitos, o colágeno tipo 2 compõe mais da metade da cartilagem hialina. Essa cartilagem é uma estrutura que protege os ossos nos locais de impacto.

Facilitando assim, a execução de movimentos e evita contato direto entre os ossos. Por esse motivo, a comunidade científica começou a analisar a ação dos suplementos de 

colágeno do tipo 2 na melhora de doenças relacionadas ao desgaste das articulações e cartilagens, como a osteoartrite.

Após 12 semanas de suplementação, foi possível encontrar uma melhora significativa do maior sintoma da doença, a dor. Assim como foi avaliado para tratar daqueles que já possuíam o desgaste das articulações, o colágeno tipo 2 também é recomendado para:

  • Homens e mulheres com mais de 25 anos como prevenção
  • Atletas de modalidade de alto impacto
  • Praticantes de exercício de força
  • Histórico de doenças articulares em familiares próximos
  • Inatividade física

MARCAS DE COLÁGENO TIPO 2

No Brasil, as matérias primas de confiança utilizadas são o B2Cool da Biobérica, e o UC-II.

Qualquer empresa que utilize essas matérias primas em sua formulação são de confiança já que ambas possuem certificações atestando procedência e segurança da suplementação.

Agora não basta analisar apenas a matéria prima utilizada no produto, é preciso verificar  toda a composição daquele produto. Pois, ali, iremos encontrar diferenças reais entre as marcas e encontrar o melhor custo benefício para a nossa saúde.

COMO SABER SE É UM BOM COLÁGENO TIPO 2

 A principal diferença entre os produtos de colágeno tipo 2 são: 

  1. Matéria prima: A matéria prima desse suplemento é patenteada. Então procure no rótulo a informação de qual foi utilizada, as renomadas são B2Cool e UCII.

  2. Composição: A indústria aproveita para incluir em sua composição outros nutrientes importantes para a articulação, como vitaminas, minerais. Porém não são todos. Essas informações você encontra no rótulo, e veja como um diferencial aquele que também com peptídeos bioativos de colágeno tipo 1.

  3. Preço: Desconfie de suplementos e medicamentos muito baratos, pois a matéria prima original do colágeno tipo 2 encarece o valor final do produto.

  4. Quantidade de proteínas por porção: Como os cientistas estipularam a dose ótima em porções de 10g, procure por suplementos que oferecem essa quantidade.
  5. Aditivos: Quanto menor a concentração de sódio e a ausência de outros aditivos como: estabilizantes, corantes e aromas artificiais melhor será para a sua saúde.

ONDE COMPRAR O COLÁGENO TIPO 2 

Para comprar suplementos nutricionais, o fundamental é você esclarecer todas suas dúvidas.

E para isso, siga essas dicas:

  1. Procure informações e recomendações da empresa na internet, empresas de confiança possuem avaliações em sites como: Trustvox e Reclame aqui.

  2. Após essa etapa, cuidado com vendedores em lojas de suplemento, pois há interesse da parte do empresário de empurrar a marca com o melhor custo benefício pra ele, e não a de melhor qualidade.

  3. Procure conteúdo na internet sobre o suplemento e marcas recomendadas. Muitas delas oferecem compra segura pelos seus e-commerce (sites de vendas). E se ainda assim tiver dúvidas, procure por profissionais nutricionistas e profissionais da saúde para recomendações.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de colágeno de altíssima qualidade específico para as articulações e cartilagens?

 

Referências:

BELLO, Alfonso E.; OESSER, Steffen. Collagen hydrolysate for the treatment of osteoarthritis and other joint disorders: a review of the literature. Current medical research and opinion, v. 22, n. 11, p. 2221-2232, 2006.

BRUYÈRE, Olivier et al. Effect of collagen hydrolysate in articular pain: A 6-month randomized, double-blind, placebo controlled study. Complementary therapies in medicine, v. 20, n. 3, p. 124-130, 2012.

KUMAR, Suresh et al. A double‐blind, placebo‐controlled, randomised, clinical study on the effectiveness of collagen peptide on osteoarthritis. Journal of the Science of Food and Agriculture, v. 95, n. 4, p. 702-707, 2015.