Elasticidade da pele: beleza com saúde

| | ,

Você busca por um tratamento para a beleza da sua pele, mas sem descuidar da saúde? Pois é, existe uma infinidade de tratamentos estéticos, que, para oferecer o resultado prometido, muitas vezes, são agressivos e prejudicam a saúde da pele.

Apesar de muitas pessoas buscarem tratamentos estéticos, os profissionais da saúde e estética não deixam de alertar  sobre os cuidados com a alimentação e estilo de vida necessários para manutenção o tratamento e durabilidade do resultado.

São atributos que podem parecer óbvios, porém muita gente não entende que a aparência da pele está diretamente relacionada com o que comemos e com a nossa rotina. Se você deseja ter ou manter uma pele bonita, é preciso se alimentar bem, usar protetor solar diariamente e beber bastante líquido. 

Alguns produtos e tratamentos como utilizar cremes hidratantes e tratamentos com laser podem ajudar a reduzir marcas de expressão, espinhas, machucados e até cicatrizes. Mas apesar da melhora visível, é uma melhora superficial.
Se você procura uma forma mais eficiente para ter ou manter a pele hidratada e firme, é melhor investir em um suplemento de colágeno verisol, um produto para o consumo diário, que vai complementar a sua alimentação promovendo vários benefícios para a saúde além da estética.

O colágeno é a proteína mais importante para a manutenção da elasticidade e firmeza da pele. Já que é a proteína responsável por sustentar a estrutura da pele. Logo, uma pele com pouco colágeno se torna flácida, enquanto uma pele com muito colágeno fica mais firme.
Veja, a seguir, porque o verisol é o colágeno mais indicado para manter a elasticidade da pele.

 

O QUE É O COLÁGENO VERISOL?

O colágeno verisol é uma matéria prima feita da proteína de colágeno depois de transformada em peptídeos bioativos específicos para estimular a produção de colágeno natural nas regiões da pele, cabelos e unhas. 

Essa estimulação da produção natural de colágeno na região da pele, cabelos e unhas são comprovados com diferentes estudos científicos. Mas até chegar nessa matéria prima ideal a suplementação de colágeno era bastante polêmica.

Isso porque até poucos anos atrás era recomendado o consumo do “colágeno hidrolisado”. Só que o colágeno hidrolisado é uma proteína que após ser consumido ele se quebra em moléculas menores diferentes do colágeno original encontrado em nossa pele.

Quando os pesquisadores descobriram isso houve uma grande queda no consumo desse tipo de colágeno.

Porém o problema que eles precisavam resolver era: fazer um colágeno que após a digestão ele não perdesse sua especificidade. Pois foi exatamente isso que eles fizeram com o colágeno Verisol.

O colágeno Verisol é uma matéria prima de peptídeos bioativos de colágeno que são as menores partículas possíveis de colágeno. O que significou no desenvolvimento de um colágeno que não perde sua similaridade com o colágeno presente na pele.

Por essa razão, quando consumimos um suplemento de peptídeos bioativos de colágeno não existe mais o problema de não ter benefícios para a pele. Pois esse peptídeo bioativo irá se concentrar na região em que nosso corpo mais necessita de forma intacta, ou seja, na pele.

Infelizmente esse tipo de colágeno não é encontrado na alimentação. Pois para a proteína se tornar um peptídeo bioativo ele precisa passar por processos químicos industriais.

É por essa razão que a recomendação de colágeno para a pele não é consumir alimentos como pé de frango e gelatina, e sim da suplementação com peptídeos bioativos de colágeno.

COLÁGENO VERISOL PARA A ELASTICIDADE DA PELE

O primeiro estudo publicado com esse suplemento ocorreu no início de 2014, quando um grupo de pesquisadores alemães avaliou a suplementação dos peptídeos bioativos de colágeno tipo 1, conhecido comercialmente como VERISOL em mais de 50 mulheres com idade entre 45 e 65 anos.

Essas mulheres tomaram 2,5 g de verisol uma vez ao dia, por 8 semanas. Durante esse período foi observado se o suplemento ajudava a diminuir as rugas e linhas de expressão.  Além de analisarem também se o Verisol ajudava a produzir mais colágeno. 

Todos esses benefícios foram encontrados. Já que o colágeno verisol melhorou a produção própria de colágeno do corpo, refletindo na redução das rugas em cerca de 20% após o período de 8 semanas de consumo.

Importante ressaltar que ter uma melhor produção de colágeno na pele, significa a melhora da firmeza e elasticidade da pele de dentro para fora, ou seja, de forma natural, saudável e eficiente.

Além disso, o estudo ainda mostrou que 4 semanas (1 mês) após o término do tempo da suplementação, ainda foi possível manter todos os resultados encontrados. Porém pausas maiores que 4 semanas ainda não foram testadas.

Portanto a recomendação de consumo do colágeno verisol são de 2,5 g uma vezao dia por 8 semanas para os primeiros resultados. 

Após esse período, para manutenção do resultado, é preciso dar continuidade ao tratamento, mas podem ser feitas pausas de 1 mês. Ou seja, é preciso tomar o verisol por 2 meses com pausa máxima de 1 mês. 

O ideal é que o verisol faça parte da sua rotina junto com uma alimentação adequada. Afinal, esse é o melhor nutriente para estimular a produção de colágeno pelo corpo. Se você parar de tomar, seu corpo volta a não produzir boas quantidades de colágeno e sua pele ficará mais propensa ao processo fisiológico do envelhecimento e da flacidez. 

Lembrando que após os 30 anos, nosso corpo naturalmente passa a produzir menos colágeno. Então para continuar com bons resultados, a suplementação não deve ser parada após essa idade.

COLÁGENO VERISOL PARA MELHORA DA CELULITE

Além da melhora da elasticidade da pele, o colágeno verisol também apresenta benefício comprovado na melhora da celulite. 

Um estudo publicado em 2015, avaliou a mesma dose de 2,5 g de verisol em mais de 100 mulheres com celulite moderada, por 6 meses. 

O resultado foi uma redução aparente no grau da celulite, de severa para moderada. Além de ter sido notado uma redução das ondulações na pele e também na melhora da densidade da pele. 

Para as mulheres com sobrepeso a melhora foi menor do que para as mulheres com peso adequado para a saúde.

Portanto, se além da melhora da elasticidade da pele, você também quiser melhorar a celulite, o colágeno verisol pode ajudar, quando consumido por 6 meses na mesma dosagem de 2,5 g ao dia.

COLÁGENO VERISOL PARA FORTALECIMENTO E CRESCIMENTO DAS UNHAS FRACAS

Além de todos os benefícios para a pele, o colágeno também ajuda no fortalecimento e crescimento das unhas. Um artigo publicado em 2017 com participação de uma pesquisadora brasileira da universidade de São Paulo (USP), avaliou o crescimento e fortalecimento das unhas de pessoas com unhas fracas e quebradiças.

Isso aconteceu porque nos estudos anteriores com o colágeno verisol se criou uma crença de que o colágeno também ajudava nas unhas, mas esse efeito ainda não havia sido realmente testado.

Então resolveram testar, e para isso, foram avaliadas outras mulheres, com idades variando de 18 até 50 anos com a suplementação diária com a mesma dose de 2,5 g de verisol ao dia por 6 meses.

E, mais uma vez, o colágeno verisol se mostrou eficiente, 80% das participantes observaram melhoras reais na aparência das unhas. Além de resultados clínicos que comprovaram o maior crescimento e redução do número de quebras das unhas durante os 6 meses de consumo do verisol.

Com isso, os pesquisadores conseguiram comprovar clinicamente e cientificamente que o colágeno verisol também ajuda no fortalecimento e crescimento das unhas para mulheres que apresentam unhas frágeis e quebradiças. 

COLÁGENO PARA FORTALECER O CABELO

Cabelos mais fortes com o uso do colágeno verisol também era um efeito frequentemente relatado pelos consumidores do produto. Foi então que pesquisadores japoneses saíram à frente.

Já que resolveram verificar se o colágeno verisol poderia fortalecer os cabelos, mas fizeram um estudo in vivo, o que significa que foi a nível molecular, não testado em humanos.

Nesse estudo, as alterações observadas nas células fazem sentido para justificar o fortalecimento do cabelo. Além disso os pesquisadores conseguiram entender que o colágeno verisol tem a capacidade de ajudar na produção de queratina, principal responsável pela estrutura capilar. Ou seja, quando pensamos em nós, o colágeno Verisol pode ajudar no crescimento do cabelo, com mais força e brilho.

Mas apesar dos resultados promissores que o estudo apresentou, ainda são necessários estudos com pessoas. Pois só assim podemos afirmar que isso realmente irá acontecer.

Tempo de consumo de Verisol para melhorar pele, cabelos e unhas 

Pele: Tanto para firmeza quanto para celulite pelo menos 2 meses (8 semanas) com pausa máxima de 1 mês (4 semanas)

Cabelos e unhas: uso contínuo por pelo menos 6 meses para diminuição da quebra e crescimento fortalecido das unhas e possivelmente dos cabelos.

Um ponto importante, é que em nenhum dos estudos mencionados anteriormente, mesmo aqueles que usaram o colágeno por períodos mais longos, encontraram efeitos colaterais. Fazendo do colágeno Verisol um suplemento eficaz e seguro para a saúde e beleza.

VITAMINA C PARA ELASTICIDADE DA PELE 

Para a vitamina C, existem menos estudos, mas dos poucos que existem, ela é sempre apontada como importante para a formação do colágeno na pele. Pois a vitamina C estimula a formação de componentes celulares relacionados com a produção de colágeno pelo corpo. 

Para oferecer benefícios para a pele, é recomendado o consumo de 1000 mg ou 1 g de vitamina C ao dia por 8 semanas.  A escassez dos estudos gera uma divergência entre os profissionais da saúde quanto a conduta de adotar ou não o uso de suplementos de vitamina C.

Alguns defendem a suplementação, enquanto outros defendem que uma alimentação adequada pode ser é suficiente.

Contudo a conduta mais comum adotada por dermatologistas e nutricionistas é indicar que o consumo da vitamina C seja adequado pela alimentação, porém, quando a alimentação não atende a quantidade de vitamina C necessária, o uso do suplemento é sugerido. 

Enquanto o uso da vitamina C no formato utópica (loções, cremes e pomadas) é menos indicado. Pois diferente do suplemento, a penetração desses produtos na pele não é capaz de atravessas todas as suas camadas. Portanto os resultados são menos eficientes e duradouros.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar o melhor colágeno para a pele?

REFERÊNCIAS.

PROKSCH, E. et al. Oral supplementation of specific collagen peptides has beneficial effects on human skin physiology: a double-blind, placebo-controlled study. Skin pharmacology and physiology, v. 27, n. 1, p. 47-55, 2014.

PROKSCH, E. et al. Oral intake of specific bioactive collagen peptides reduces skin wrinkles and increases dermal matrix synthesis. Skin pharmacology and physiology, v. 27, n. 3, p. 113-119, 2014.

SCHUNCK, Michael et al. Dietary supplementation with specific collagen peptides has a body mass index-dependent beneficial effect on cellulite morphology. Journal of medicinal food, v. 18, n. 12, p. 1340-1348, 2015.

ZDZIEBLIK, Denise et al. Collagen peptide supplementation in combination with resistance training improves body composition and increases muscle strength in elderly sarcopenic men: a randomised controlled trial. British Journal of Nutrition, v. 114, n. 8, p. 1237-1245, 2015.

HEXSEL, Doris et al. Oral supplementation with specific bioactive collagen peptides improves nail growth and reduces symptoms of brittle nails. Journal of cosmetic dermatology, v. 16, n. 4, p. 520-526, 2017.

LE VU, Phuong et al. Effects of food-derived collagen peptides on the expression of keratin and keratin-associated protein genes in the Mouse Skin. Skin pharmacology and physiology, v. 28, n. 5, p. 227-235, 2015.

PULLAR, Juliet M.; CARR, Anitra C.; VISSERS, Margreet. The roles of vitamin C in skin health. Nutrients, v. 9, n. 8, p. 866, 2017.

EBERLEIN-KÖNIG, Bernadette; PLACZEK, Marianne; PRZYBILLA, Bernhard. Protective effect against sunburn of combined systemic ascorbic acid (vitamin C) and d-α-tocopherol (vitamin E). Journal of the American Academ.

 
Anterior

Como repor vitamina D? | Dra. Priscila Gontijo

Dicas nutricionais para suplementação com BCAA no diabetes

Próximo

Deixe um comentário