Você sabia que a proteína do soro do leite ou whey protein proporciona uma série de benefícios para a saúde? Contar com este suplemento na alimentação diária é uma maneira eficiente de garantir nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo e, claro, ganhar aquela força extra – e mais energia – para o dia a dia.

Se interessou? Então, descubra as ótimas razões para investir neste poderoso complemento alimentar. Acompanhe:

O que é a proteína do soro do leite?

Considerada como uma fonte riquíssima de nutrientes, a proteína do soro do leite é extraída durante o processo de transformação do leite em queijo.

Devido ao seu alto valor nutricional – e rápida absorção no organismo – é especialmente recomenda para potencializar os ganhos na boa forma, bem como beneficiar a saúde. Trata-se, ainda, de um importante suplemento para quem deseja o fortalecimento e o crescimento muscular (1).

No entanto, os efeitos positivos do seu consumo vão além: pesquisas recentes tem demonstrado que a composição nutricional da proteína do soro do leite cumpre papel importante na prevenção de doenças e na promoção da saúde (1).

Por isso mesmo, tem sido recomendada tanto para atletas como para demais pessoas que buscam conquistar mais vigor, disposição e qualidade de vida por meio do suplemento de proteína do soro do leite.

Altamente nutritiva

A proteína do soro do leite conta com uma rica composição de nutrientes – e altíssimo valor proteico.

Só para ter uma ideia, quando comparado com outras proteínas, as do soro do leite contém quantidades superiores de glutamina e arginina, bem como aminoácidos essenciais (BCAA´s): isoleucina, triptofano, leucina, cisteína, lisina e valina – importantes para ajudar a minimizar os danos musculares e maximizar o ganho de massa magra.

Sua composição conta ainda com uma significativa fonte de minerais (cálcio, fósforo, magnésio, zinco), assim como proteínas de alta qualidade nutricional:

  • Imunoglobulinas
  • Beta-lactoglobulina
  • Lactoferrina
  • Alfa-lactoglobulina

 

Tipos de proteína do soro do leite

Fonte riquíssima em proteínas e aminoácidos, a proteína do soro do leite passa por alguns processos especiais de filtragem – os quais permitem reduzir a quantidade de gordura, lactose, bem como a impureza de algumas substâncias.

Tal processo resulta nos três principais tipos de proteínas do soro do leite, que você confere a seguir:

Proteína concentrada

A forma concentrada da proteína do soro de leite contém entre 29 a 89% de proteína. Devido ao seu processo de filtragem, apresenta alguns traços de gordura, lactose, carboidratos e minerais. Embora a velocidade de absorção seja um pouco mais lenta – quando comparada à proteína isolada e hidrolisada –, apresenta uma significativa eficácia para promover a regeneração muscular, bem como os ganhos para o bom desempenho físico, entre outros benefícios.

Proteína isolada

É a forma mais pura da proteína do soro do leite. Só para você ter uma ideia, ela concentra 90% de proteína (ou mais) por grama de suplemento e tem rápida absorção. E não é só isso: seu processo especial de filtragem elimina uma quantidade considerável de lactose (contém entre 0,5% a 1%), apresentando também uma quantidade mínima de gordura (0,5% a 1%). Além disso, a proteína isolada do soro do leite é isenta de carboidratos.

Proteína hidrolisada

Assim como a proteína isolada, a versão hidrolisada também apresenta níveis baixíssimos (quase zero) de lactose – ótima, portanto, para quem sofre com intolerância à lactose, ou mesmo para quem é alérgico ao leite.

Com alta concentração de proteínas (92%), conta com um processo bem rígido de filtragem (hidrólise), o qual favorece a rápida digestão e a absorção do suplemento.

Vale lembrar, inclusive, que a proteína do soro do leite já possui, naturalmente, uma rápida absorção. No entanto, quando falamos na versão hidrolisada, o processo é ainda mais rápido.

Assim como os outros tipos de proteína do soro do leite, a proteína hidrolisada traz uma série de ganhos para a manutenção e definição corporal, ganho de massa (magra) muscular, entre outros ganhos para a saúde que você confere na sequência.

Proteína do soro do leite tem lactose?

A lactose é um tipo de açúcar encontrado no leite e, em algumas pessoas, seu consumo pode causar desconfortos digestivos. É a chamada “intolerância à lactose”. Você faz parte desse grupo? Então, a boa notícia – especialmente para quem tem sensibilidade leve ou moderada a essa substância – é que é possível, sim, consumir o suplemento de proteína do soro do leite.

Afinal, é importante saber em algumas versões desse complemento alimentar, é praticamente ausente (0,1 gramas a 0,5 gramas) – podendo variar de acordo com a marca do produto escolhido.

Quais são as versões indicadas? As melhores escolhas para garantir o consumo mínimo (quase zero) de lactose podem ser encontradas nas versões: “isolada” e “hidrolisada”.

Ambas são processadas e filtradas para eliminar mais lactose. E como já foi dito anteriormente, a quantidade desse açúcar, pode ser encontrado de maneira variada em cada marca de suplemento. Portanto, para não ter nenhuma dúvida no momento da compra, a dica é conferir o rótulo para garantir um consumo seguro.

A proteína do soro do leite engorda?

Se a ideia é adicionar proteínas no prato, sem comprometer a dieta, o suplemento de proteína do soro do leite pode ser um ótimo aliado. Sim! Além de se destacar no ganho de massa muscular, seus efeitos também são positivos para quem deseja reduzir os ponteiros da balança.

Como isso acontece? Ao ingerir uma maior quantidade de proteínas, o nosso organismo acelera o metabolismo e, com isso, há uma satisfatória queima de gordura. Nesse processo, inclusive, a proteína do soro do leite mostra-se mais eficiente, quando comparada às demais proteínas.

E tem mais: o suplemento proporciona maior saciedade ao organismo. Ou seja: você sentirá menos fome. Com isso, evita aquelas calorias extras que costumam minar a dieta.

Vale lembrar, no entanto, que para obter os resultados esperados – sem engordar – é fundamental consumir esse suplemento aliado a uma dieta balanceada e a prática regular de exercícios físicos.

Proteína do soro do leite para emagrecer?

Se a ideia é também contar com os benefícios da proteína do soro do leite para reduzir as medidas, a dica é optar pela versão de whey protein isolado – o qual possui alta concentração de proteínas uma baixíssima quantidade (quase zero) de carboidratos e gordura.

E, como já foi dito antes, não basta somente tomar a proteína do soro do leite, é importante investir em uma alimentação mais equilibrada e apostar firme nos treinos. Desse modo, é possível potencializar os efeitos positivos do whey protein no processo de perda de peso.

Os (incríveis!) benefícios da proteína do soro do leite

Quando a ideia é viver com mais saúde e disposição, a complementação alimentar com a proteína do soro do leite pode trazer inúmeros benefícios. Confira, abaixo, ótimas razões para incorporar este poderoso suplemento no seu dia a dia:

  • Estimula e acelera o ganho de massa muscular no pós-treino.
  • Reduz a degradação muscular por ser rica em BCAA´s (aminoácidos essenciais)
  • Auxilia a perda de peso – reduzindo a produção de gordura corporal e a sensação de fome.
  • Favorece a manutenção da massa muscular durante o período de emagrecimento
  • Auxilia na saúde dos ossos e articulações
  • Melhora a qualidade de vida
  • Ajuda na queima de gordura
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Beneficia o sistema cardiovascular
  • Aumenta a força e a energia do corpo favorecendo um bom desempenho
  • É fonte riquíssima de proteínas
  • Oferece maior saciedade (você sentirá menos fome) em relação a outras fontes e proteínas como a soja e proteína do ovo
  • Coloca o corpo em estado anabólico (ganho de massa muscular) enquanto combate o catabolismo (perda da massa muscular)
  • É fonte de ala absorção de aminoácidos
  • Combate infecções que podem surgir devido à intensidade dos treinos
  • Diminui os níveis de colesterol ruim (LDL)
  • É um auxiliar no combate ao câncer
  • Reduz a pressão sanguínea (hipertensão)
  • Estimula a produção de serotonina (hormônio do bem-estar)

Viu só quantos bons motivos para investir na proteína do soro do leite? E para experimentar esses benefícios de uma maneira correta, é interessante contar com a orientação de um nutricionista.

Assim fica mais fácil saber a quantidade ideal de proteína do soro do leite para o seu consumo – de acordo com as suas necessidades. Este profissional, inclusive, levará em conta as suas particularidades e demandas nutricionais, indicando o melhor suplemento para você!

 

 

Referência bibliográfica

1- PEREIRA, Paula CMilk nutritional composition and its role in human health. Review. NutritionVolume 30, Issue 6, June 2014, Pages 619-627. Disponível em <https://doi.org/10.1016/j.nut.2013.10.011>. Acesso em Mar. 2019.