Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Melatonina para dormir: é a melhor solução?

Melatonina para dormir: é a melhor solução?

6 minutos de leitura

Depois de ter sido liberada pela Anvisa, muitas pessoas começaram a utilizar a melatonina para dormir.

Uma vez que ela passou a ser propagada como um suplemento alimentar que estimula o sono.

Mas, será que o uso da melatonina é realmente uma boa opção para dormir melhor e combater a insônia?

Antes de mais nada, devemos lembrar que a melatonina é um hormônio produzido naturalmente pelo nosso corpo.

Então, apesar de ela ajudar a melhorar o sono, o seu uso nem sempre será a melhor alternativa.

Isso porque, muitas das vezes, o ideal é tratar as causas que estão levando a desregulação na produção natural de melatonina no organismo, ao invés de apenas tomar o suplemento.

Entenda mais detalhes a seguir!

Como a melatonina é produzida no corpo?

Embora a melatonina seja comumente classificada como o “hormônio do sono”, a verdade é que ela é responsável por regular o nosso relógio biológico.

Ou seja, ela age para desacelerar o corpo, a fim de prepará-lo para dormir.

Isso ocorre através da diminuição de luminosidade que acontece a partir do final do dia. Assim, ela sinaliza o organismo de que já é noite e que já pode iniciar o processo para adormecer.

Em outras palavras, isso significa que a melatonina sinaliza o sono, fazendo com que o corpo se prepare para dormir.

Sendo assim, ela é uma das principais responsáveis por todos os processos fisiológicos que acontecem em nosso corpo durante o período de repouso.

Sendo importante para as alterações metabólicas, hormonais, cardiovasculares, digestivas e imunológicas, por exemplo.

É bom tomar melatonina para dormir?

Em alguns casos, pode ser uma boa opção tomar o suplemento de melatonina para dormir.

No entanto, é importante ressaltar que ela não deve ser utilizada como a única solução para melhorar o sono.

Isso porque, em certas situações, o uso da melatonina pode, na verdade, estar maquiando o problema ao invés de estar solucionando-o.

Visto que o próprio corpo é capaz de produzir melatonina de forma natural.

Então, se a sua produção está inadequada, deve-se investigar quais são as causas e tratá-las para solucionar a raiz do problema.

Além disso, devemos lembrar que a melatonina se trata de um hormônio. Por isso, o seu uso deve ser feito apenas com orientação médica.

Quais são os riscos de tomar melatonina por conta própria?

O uso da melatonina para dormir requer doses específicas para cada caso. Com isso, somente um médico é capaz de prescrever a dose mais adequada para as suas particularidades.

Por outro lado, ao tomar melatonina para dormir por conta própria, pode ocorrer o uso de doses exageradas. E, em excesso, ela pode desregular todo o relógio biológico do corpo.

Dentre os sintomas mais comuns de uso excessivo de melatonina, estão sonolência excessiva durante o dia, náuseas, vômitos, dor de cabeça e tonturas. 

Em casos mais raros, também é possível haver falta de concentração, pesadelos frequentes, fadiga, raciocínio lento e falhas na memória.

A melatonina é um hormônio ou suplemento alimentar?

A melatonina é um hormônio comercializado em forma de suplemento alimentar.

Podendo ser encontrada tanto em lojas de produtos naturais como em farmácias.

Na rotina, ela pode ser utilizada para melhorar o sono. Desde que seja ingerida de forma adequada e com prescrição médica.

Qual a dosagem correta de tomar melatonina para dormir?

A dose correta de melatonina para dormir depende das necessidades de cada pessoa.

Mas, a Anvisa permite o limite máximo diário de 0,21 mg em forma de suplemento alimentar.

Entretanto, a dose pode variar de 0,1 até 10 mg de melatonina por dia.

Desse modo, se o seu médico prescrever doses acima de 0,21 mg, será necessário manipular em farmácias específicas com a receita em mãos.

Como melhorar a produção natural de melatonina?

A melatonina é um hormônio produzido naturalmente no organismo a partir da baixa luminosidade.

Sendo assim, para melhorar a sua produção natural, siga as seguintes dicas:

  • Reduza luzes artificiais à noite;
  • Limite o contato com celular, computador, televisão e outros tipos de telas antes de dormir;
  • Pratique exercícios físicos regularmente em sua rotina;
  • Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Crie uma rotina de sono, dormindo e acordando sempre nos mesmos horários, todos os dias;
  • Evite grandes quantidades de comida à noite, bem como alimentos ricos em açúcar, carboidratos refinados, gorduras saturadas e gorduras trans;
  • Substitua as luzes do quarto por abajures com iluminação suave.
mulher utilizando o celular deitada com dificuldade para dormir

Crianças podem tomar melatonina para dormir?

De acordo com alguns estudos, a melatonina pode ser segura para crianças, desde que seja utilizada em pequenas doses, em um curto período de tempo e com prescrição da pediatra.

Entretanto, na maioria dos casos, as crianças não precisam de melatonina para dormir.

Então, se o seu filho estiver com dificuldade para adormecer, o ideal é começar com ajustes em sua rotina de sono e no ambiente em que ele dorme.

Geralmente, essas ações já trazem ótimos resultados, não sendo necessário o uso da melatonina.

Além disso, vale destacar que a melatonina vendida em lojas de produtos naturais e farmácias, com dose de 0,21 mg por dia, é indicada apenas para adultos com idade igual ou superior a 19 anos. 

Quem não pode tomar melatonina?

A melatonina é contraindicada para grávidas, mulheres que estão amamentando e pessoas alérgicas a melatonina ou algum outro componente da fórmula. 

Como melhorar o sono sem tomar melatonina para dormir?

1 – Evite distrações antes de dormir

A melatonina natural é produzida a partir da baixa luminosidade. Então, na hora de dormir, evite estímulos e distrações como lâmpadas, celular, televisão, computador e telas em geral.

2 – Cuidado com o consumo de líquidos perto da hora de dormir

Beber muito líquido antes de dormir pode fazer você levantar várias vezes para fazer xixi. Sendo uma das principais causas para a baixa qualidade de sono.

3 – Deixe o ambiente mais aconchegante

Renovar as roupas de cama, utilizar óleos essenciais em difusores e colocar uma música relaxante podem ajudar a deixar o ambiente ainda mais aconchegante e pronto para dormir.

Quer saber mais?

Referências

BRITTO, D. B. L. A. et al. Principais características da ação da melatonina no corpo humano: uma revisão literária. Revista Eletrônica Acervo Saúde. v. sup. n. 47, p. 1-9, 2020.

CRUZ, D. F.; SILVA, R. J.; FERREIRA, T. C. EFICÁCIA E SEGURANÇA NO USO DA MELATONINA PARA TRATAMENTO DA INSÔNIA. Anai Simpósio JCESP. v. 24, p. 607-619, 2022.

NAKAOKA, V. Y. E. S.; PEREIRA, A. M. O.; KASHIWABARA, T. G. B. QUALIDADE DO SONO E MELATONINA: RELATO DE CASO. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research. v. 4, n. 1, p. 32-36, 2013.

Avalie este post

Nutricionista pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e pós graduada em Comportamento Alimentar pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS).

Experiência acadêmica em pesquisa científica e produção de conteúdos com embasamento científico. Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.