Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Melatonina benefícios: Você sabe quais são?

Melatonina benefícios: Você sabe quais são?

melatonina-beneficios
9 minutos de leitura

Os benefícios da melatonina, o hormônio do sono, para dormir são muito falados. Sabia que isto pode trazer diversos efeitos positivos no organismo, que não são notados somente à noite? 

Antes de entender os benefícios da melatonina para o sono, e suas demais ações, saiba como ela funciona no organismo. 

Naturalmente, o hormônio é liberado em um ambiente de baixa luminosidade, quando anoitece. A função da melatonina é induzir o corpo a pegar no sono, além de ajudar a mantê-lo durante toda a noite. 

Atualmente, os suplementos podem ser encontrados para comprar no Brasil, já que a substância foi liberada pela ANVISA.

Isto por conta de todos os benefícios da melatonina à saúde, que já são comprovados pela ciência.

Entenda melhor quais são todos os seus benefícios e situações que pode ser usadas a seguir!

Melatonina: benefícios para você

A melatonina é a grande responsável pelo controle do ciclo circadiano, que nada mais é do que o nosso relógio biológico.

A seguir, você verá como isso é relevante para nossa saúde, até mesmo para emagrecer. Confira 13 benefícios da melatonina:

1) Dormir bem 

A ciência comprova os benefícios da melatonina para o sono. Não apenas para dormir mais tempo, o suplemento também pode ajudar a dormir melhor. 

A melatonina pode ajudar a dormir melhor, trazendo mais bem-estar e é indicada em casos de insônia, que podem ser, ou não, ocasionada por outras doenças. 

Há melhora da qualidade do sono, que pode ser medida segundo o Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI), que leva em consideração: 

  • Tempo que demora para pegar no sono;
  • Duração;
  • Qualidade;
  • Qualquer alteração que aconteça durante a noite;
  • Problemas diurnos gerados por noites mal dormidas. 

2) Suplemento para o jetlag

A melatonina pode ajudar em situações de jetlag, a mudança repentina dos horários de dormir e se alimentar, que ocorre em viagens longas.

Esta bagunça no relógio biológico e no metabolismo corporal pode ser evitada com a suplementação de melatonina.  

O uso de melatonina em viagens longas é recomendado por médicos.

Assim, pode  minimizar o impacto sofrido pelo corpo, que demora dias para se autorregular e conseguir em dormir em outro fuso horário. 

3) Saúde mental em dia 

Uma boa noite de sono tem relação direta om a nossa saúde mental.

Afinal, o sono é fundamental para diversos processos, como: liberação de outros hormônios importantes para o sistema nervoso, criatividade, memória, raciocínio e controle emocional. 

O sono também influencia diretamente no bem-estar e humor. Algumas pessoas se sentem extremamente mal-humoradas quando sentem sono. Conhece alguém assim? 

Os benefícios da melatonina podem ser observados em pessoas que sofrem de insônia, de qualquer origem.

Até mesmo aquelas que são causadas tanto por outras doenças que diminuem a produção de melatonina e atrapalham o sono. 

Estudos mostram os benefícios da melatonina no transtorno bipolar e em doenças neurodegenerativas (Parkinson, Huntington e Alzheimer).

Nos casos de outras patologias de base, a melatonina deve ser associada ao medicamento tradicional. 

Também pode ser usada em crianças que sofrem situações que geram agitação ou que acordam no meio da noite, como é o autismo, síndrome de Down e TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade).  

Vale lembrar que a melatonina é segura em qualquer idade, mas não deve ser usada sem acompanhamento de um profissional de saúde para o público infantil ou em casos de algumas doenças. 

A melatonina pode contribuir na saúde mental, beneficiando em situações de: depressão, ansiedade, que geram problemas para dormir.

Quando o estresse está alto também pode ser útil, já que o cortisol, hormônio do estresse, nos mantém acordados.

ácido hialurônico para pele

4) Faz bem para pele

Quem já ouviu falar que uma boa noite de sono faz bem para a pele?

De fato, além de ajudar a dormir bem, a melatonina tem benefícios antioxidantes, o que é positivo para a pele.

A melatonina é produzida pela pele e também traz benefícios locais, principalmente na neutralização de radicais livres.

Estas substâncias químicas danificam o colágeno da pele, causando o envelhecimento precoce da mesma. 

5) Efeito analgésico

Outro benefício da melatonina que foi observado é o efeito analgésico, ou seja, para aliviar a dor.

Principalmente em casos de dor crônica causada por doenças como fibromialgia e enxaqueca, o suplemento foi bom. 

6) É positivo para imunidade

A melatonina atua na regulação da autofagia, o processo realizado pelas células para eliminar toxinas.

Por conta do seu potencial antioxidante, evitando o estresse oxidativo das células, a melatonina também desempenha papel benéfico na imunidade. 

É útil justamente nas respostas de defesa antiviral. Tanto é que obtiveram benefícios do seu uso na COVID, mas pode auxiliar em outros quadros virais. 

7) Ação anti-inflamatória 

Outro benefício observado é que a melatonina pode ser considerada um anti-inflamatório natural

Os pacientes que usam melatonina apresentam uma diminuição significativa nas concentrações de substâncias inflamatórias no sangue, como: TNF alfa, IL-6, hsCRP e MDA.

8) Contribui para o emagrecimento 

A melatonina emagrece? Não exatamente, mas pode beneficiar quem está em busca deste processo de emagrecimento. 

O tempo acordado comendo diminui, evitando aquelas situações de ansiedade e estresse antes de dormir, que geram episódios de compulsão alimentar.

Pode ajudar, especialmente, quem sente uma vontade de comer de forma descontrolada à noite, a tal da síndrome do comer noturno. 

A melatonina também, possivelmente, possa afetar, e melhorar, a forma com que o corpo aproveita a energia.

É bom para quem sofre com excesso de gordura corporal e resistência à insulina, favorecendo a regulação da queima de gorduras. 

9) Benefícios para o intestino

A melatonina também é produzida no intestino e desempenha algumas ações locais. Assim, traz benefícios para o trato gastrintestinal, o que faz bem para o organismo todo. 

10) Ajuda a manter a massa magra

A massa magra corporal é composta por músculos, ossos, entre outros. Estes componentes são super importantes para a saúde, indo muito além da estética. 

Ao ajudar regular o sono e dormir bem, a melatonina também pode influenciar indiretamente na liberação noturna de hormônios que aumentam a massa muscular. São os chamados hormônios anabólicos. 

Por este motivo, o sono é um dos pontos essenciais para ter melhor desempenho nos exercícios físicos.

E se estiver com problemas para dormir, já sabe que a melatonina possui benefícios neste sentido. 

A preservação da massa muscular é importante para quem quer emagrecer e também contribui para a manutenção do equilíbrio, evitando quedas, comuns nas idades mais maduras. 

Na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), por exemplo, a melatonina, além de ajudar a melhorar o sono e o humor, melhora a capacidade funcional.

Isto é, aumenta a força muscular respiratória, ajudando estes pacientes que tem dificuldade de respirar.  

11) Raciocínio e memória

Você gostaria de ter mais foco e concentração, melhorar a memória e ter mais desempenho cognitivo?

Para isso, vale a pena prestar atenção nas suas noites de sono e entender se a melatonina pode te ajudar com mais este benefício. 

12) Pressão arterial dentro da normalidade

A substância também contribui para níveis normais da pressão arterial. É capaz de controlar a pressão, especialmente noturna. 

Sendo assim, é mais um aliado para quem quer prevenir a hipertensão arterial, a famosa pressão alta. Também pode auxiliar em casos de hipertensão pulmonar.

 

13) Saúde cardiovascular 

A falta de melatonina pode favorecer o funcionamento inadequado do coração e circulação, que podem gerar o surgimento de muitas doenças, como: lesão de isquemia e reperfusão, hipertensão pulmonar, doenças vasculares, ex: aneurisma, trombose, embolia pulmonar, problemas na válvula cardíaca

E ainda, os benefícios da melatonina para o coração vão além.

Ao ajudar a dormir bem, manter a saúde mental em dia e afastar o estresse e ansiedade, também favorece o sistema cardiovascular. 

Tire todas as suas dúvidas sobre melatonina no blog da Vhita!

Quer saber mais? 

Referências

BUENO, Ana Paula Rosinski et al. Aspectos regulatórios e evidências do uso de melatonina em distúrbio do sono e insônia: uma revisão integrativa. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, v. 79, p. 732-742, 2021.

DE OLIVEIRA, Naomi Shede Rangel; DOS SANTOS, Maria Eduarda Anulino; DE OLIVEIRA MELO, Nathalia Caroline. Regulação circadiana do sono através da suplementação de melatonina e impacto no manejo clínico do excesso ponderal. RECIMA21-Revista Científica Multidisciplinar, v. 3, n. 1, p. e311022-e311022, 2022.

FATEMEH, Gholami et al. Effect of melatonin supplementation on sleep quality: a systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials. Journal of neurology, v. 269, n. 1, p. 205-216, 2022.

KLEMM, W. R. Why does REM sleep occur? A wake-up hypothesis. Frontiers in systems neuroscience, v. 5, p. 73, 2011.

PROCHNOW, C.; BORGES, L. G.; SUEN, V. M. M.; DELFINO, H. B. P. Os efeitos anti-inflamatórios da melatonina na obesidade: uma revisão da literatura. RBONE – Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, v. 16, n. 101, p. 409-418, 17 nov. 2022.

VIANA, Soraya Maria do Nascimento Rebouças. Efeitos da administração de melatonina sobre a qualidade do sono, sonolência diurna, humor e capacidade funcional em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica submetidos a um programa de reabilitação pulmonar. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.

4.5/5 - (2 voto(s))

Nutricionista pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e pós graduada em Comportamento Alimentar pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS).

Experiência acadêmica em pesquisa científica e produção de conteúdos com embasamento científico. Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.