Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Coenzima Q10: para que serve na pele

Coenzima Q10: para que serve na pele

tomar colageno faz bem para a pele
5 minutos de leitura

A pele é o principal órgão do corpo humano. Por estar exposta a fatores externos, a produção de energia e a atividade mitocondrial reduzem consideravelmente com o passar dos anos.

No órgão, existem diversas substâncias, e a coenzima Q10 está naturalmente presente em todas as células do corpo. Porém, decorrente de fatores externos como o estresse e hábitos ruins de alimentação, por exemplo, a produção diminui.

Por conta do efeito antioxidante intra e extracelular, a coenzima Q10 é um excelente aliada para a saúde da pele. Pois, tem uma importante função de reduzir a presença de radicais livres na pele.

Para que a coenzima Q10 serve para a pele?

Além do envelhecimento, fatores como a radiação UV, consumo de bebida alcoólica, cigarro e poluição influenciam na aparência e aspecto da pele. 

Tais fatores favorecem o surgimento de rugas, melasma, acne e doenças de pele. Por ser responsável pela produção de energia (ATP) nas células, a coenzima Q10 atua na renovação e reparação celular da pele.

O uso do suplemento melhora a elasticidade, viscosidade e a hidratação da pele. Em paralelo atua na produção de colágeno, o que favorece o aspecto da pele, a deixando mais viçosa e saudável. Protegendo as membranas celulares de oxidação e modula o surgimento de componentes inflamatórios.

Portanto, com a sua ação anti-idade, a coenzima Q10 é um suplemento importante para quem deseja combater o envelhecimento da pele promovendo a saúde.

A coenzima Q10 melhora o melasma?

O melasma pode surgir por diversos fatores, entre os principais está a exposição solar. Dentre os tratamentos, está o uso constante de filtro solar, cremes e suplementos via oral.

Uma vez que a coenzima Q10 atua na renovação celular, ela pode ser benéfica no tratamento do melasma e na melhora do aspecto das manchas. Porém, o uso da coenzima Q10 como parte do tratamento precisa ser supervisionado por um dermatologista.

Quais os formatos de coenzima Q10 para a pele?

A coenzima Q10 pode ser encontrada de diversas formas. Tanto em cápsulas, cremes para rosto e corpo, como em séruns. O mercado de dermocosméticos insere cada vez mais o antioxidante nos produtos.

A suplementação via oral da coenzima Q10 é bem comum. Se trata da forma ativa da coenzima, o ubiquinol. A dosagem indicada é de 50 a 200mg, 1x/dia. O consumo do suplemento é o mais comum dentre os modelos existentes.

Colágeno hidrolisado para pele, cabelo e unhas. Mulher de cabelo castanho olhando para tela com cabelo castanho solto e a mão no rosto.

Fatores que influenciam na redução a coenzima Q10 na pele

Tanto fatores internos como externos influenciam na concentração de coenzima Q10 no organismo. Alguns dos fatores são:

Raios UV

A exposição solar é importante e saudável, mas em excesso pode prejudicar a saúde da pele. Os raios UV (ultravioleta) reduzem consideravelmente a presença de coenzima Q10 na pele. Pois, exposição solar excessiva é um fator que favorece e acelera o processo de envelhecimento.

Estresse

O estresse é uma condição multifatorial. Que influencia não apenas a saúde da pele, bem como saúde num geral. Podendo ocasionar desequilíbrio entre a produção de oxidantes e antioxidante, resultando no estresse oxidativo.

Idade

Com o passar dos anos, a presença da substância na pele diminui naturalmente. Por isso, é importante suplementar a CQ10 e inserir alimentos fontes (sementes e vegetais, como espinafre e brócolis) diariamente.

Quais benefícios da coenzima Q10 para o cabelo?

A coenzima Q10 também atua de forma positiva na saúde capilar. Mais precisamente nos folículos capilares – anexos responsáveis pelo crescimentos de pelos. Devido à fatores intrínsecos e externos, os fios vão ficando mais frágeis e quebradiços.

Porém, a coenzima Q10 atua como um potente ativo que estimula a produção de queratina – proteína que está presente nos fios capilares. Consequentemente, mantém os fios mais fortes e brilhosos.

Quanto tempo a coenzima Q10 começa a fazer efeito?

Estudos científicos mostram que o período ideal de uso da coenzima Q10 é durante 12 semanas. Nesse período, é possível notar a melhora das rugas, redução parcial das linhas de expressão e o aumenta o viço da pele.

Quer saber mais?

Referências

NOGUEIRA, Marcelle Almeida de Sousa. Avaliação clínica, histológica e laboratorial do envelhecimento cutâneo na suplementação oral de coenzima Q10 em idosas. 2022. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

SILVA, Fabiana Barreiro de Freitas et al. Efeito da coenzima Q10 nos danos oxidativos induzidos pela L-tiroxina no músculo sóleo de ratosRevista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 21, p. 84-88, 2015.

DE OLIVEIRA FERNANDES, Eliane Freire et al. Avaliação da composição de nutricosméticos utilizados no tratamento de cabeloInterfaces Científicas-Saúde e Ambiente, v. 8, n. 3, p. 385-398, 2021.

3/5 - (3 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.