Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Ômega 3 e Vitamina E | Entenda essa relação

Ômega 3 e Vitamina E | Entenda essa relação

cápsulas de ômega 3 e vitamina E
5 minutos de leitura

Vários estudos comprovam os benefícios do Ômega 3 em nosso metabolismo. Com a associação da vitamina E os benefícios são ainda mais vantajosos para a saúde do organismo.

O ômega 3 e a vitamina E são dois desses nutrientes que têm ganhado cada vez mais destaque devido aos seus inúmeros benefícios para o corpo, como a ação anti-inflamatória e antioxidante dos nutrientes.  

Para que serve o Ômega 3? 

O ômega 3 é uma gordura poli-insaturada necessária para manutenção da saúde, ele é responsável por combater processos inflamatórios.

Prevenindo doenças circulatórias e do coração, alguns tipos de câncer, e melhora a comunicação entre as células do cérebro, desde a infância até terceira idade, além disso, pode auxiliar no tratamento de doenças crônicas como a diabetes mellitus tipo 2.

Nosso corpo não é capaz de produzir esse nutriente, portanto precisamos obtê-lo através de fontes alimentares. É possível encontrar o ômega 3 em peixes de águas geladas (salmão, anchova, arenque), crustáceos, algas e sementes como chia e linhaça.

A Associação Americana do Coração preconiza a ingestão de 1000-1500 mg por dia de ômega 3. Pode ser difícil alcançar essa recomendação apenas pela alimentação, por isso, o uso de suplementos de ômega 3 tem se tornado cada vez mais comum.

Para que serve a Vitamina E?

A vitamina E, também conhecida como tocoferol, é um micronutriente solúvel em gordura com ação antioxidante no organismo.

O que a torna responsável por combater os excessos de radicais livres, que podem ser prejudiciais à saúde. 

A recomendação de ingestão diária é de 15 a 1000 mg, sendo que esses 15g são fáceis de serem alcançados.

Os alimentos fontes de vitamina E estão muito presente na nossa alimentação, são eles: germe de trigo, óleo de girassol, óleo de cártamo, óleo de canola, azeite, óleo de palma, grãos de cereais integrais, nozes, frutas, legumes e carnes gordurosas. 

Mas, por se tratar de um nutriente que precisa da gordura para ser absorvido, em alguns casos a suplementação do nutriente é indicada.

Para que serve o Ômega 3 e a Vitamina E?

A vitamina E é uma grande amiga do ômega 3, pois previne que ele se rompa por causa da ação dos radicais livres, facilitando o desempenho de suas funções. 

O ômega 3, por sua vez, é um tipo de gordura e, como dito acima, a vitamina E só é absorvida com o auxílio da gordura, portanto acontece uma relação de troca entre os nutrientes, por isso são considerados aliados.

A associação da vitamina E e do ômega 3 na suplementação foi exibida em vários estudos, apresentando uma melhora do efeito anti-inflamatório no organismo e no resultado do tratamento de pacientes em hemodiálise.

Em mulheres, essa relação também pode trazer muitos benefícios. Um estudo comprovou que a suplementação com 1000mg de ômega 3 + 400 UI (267 mg) de vitamina E por 12 semanas, diminui a inflamação em mulheres com ovário policístico

Além disso, outra pesquisa apresentou que a suplementação de 300 mg de ômega + 200 UI (120 mg) de vitamina E pode aliviar a cólica e a saúde mental do período menstrual, podendo ser uma substituição ao uso de analgésicos e anti-inflamatórios, que possuem efeitos colaterais característicos.

Em indivíduos com diabetes mellitus tipo 2, que fazem uso contínuo de glimepirida e metformina, a vitamina E reduz o estresse oxidativo causado pelo excesso de açúcar no sangue, já o ômega 3 ajuda a melhorar o colesterol e a circulação sanguínea.  

Devo suplementar Ômega 3 e Vitamina E?

A suplementação de Ômega 3 e Vitamina E deve ser inserida no dia a dia, caso o consumo de nutrientes não seja adequado dentro de uma rotina alimentar diária. 

Os resultados desta suplementação conjunta também foram estudados para o tratamento da infertilidade em mulheres e na prevenção do desenvolvimento de demência grave em pacientes diagnosticados com Alzheimer.

Porém, não foi visto evidências suficientes para apoiar o uso das substâncias nesses casos. Mas, pode-se observar a ação anti-inflamatória e antioxidante das duas substâncias em conjunto.

Quer saber mais?

Referências

SHOWELL, Marian G. et al. Antioxidants for female subfertility. Cochrane Database of Systematic Reviews, n. 7, 2017.

KHOR, Ban-Hock et al. Efficacy of nutritional interventions on inflammatory markers in haemodialysis patients: a systematic review and limited meta-analysis. Nutrients, v. 10, n. 4, p. 397, 2018.

JAMILIAN, Mehri et al. The effects of omega-3 and vitamin E co-supplementation on parameters of mental health and gene expression related to insulin and inflammation in subjects with polycystic ovary syndrome. Journal of affective disorders, v. 229, p. 41-47, 2018.

BUTLER, Mary et al. Over-the-counter supplement interventions to prevent cognitive decline, mild cognitive impairment, and clinical Alzheimer-type dementia: A systematic review. Annals of internal medicine, v. 168, n. 1, p. 52-62, 2018.

4.3/5 - (3 voto(s))
Priscila Gontijo Correa

Nutricionista e Mestre em Ciências pela UNIFESP.

Experiência acadêmica em pesquisa científica. Atua como professora convidada em cursos de graduação e pós graduação na área da saúde.

Profissional com sólida formação em pesquisa e inovação. Atua na interseção entre o desenvolvimento de produtos com base em ciências e inovação para a saúde, e o marketing de conteúdo.

Marcações:

10 comentários em “Ômega 3 e Vitamina E | Entenda essa relação”

    1. Boa tarde,

      Pode tomar os dois juntos. A absorção de ambos é até otimizada, pois ambos tem base lipídica.
      Ambos tem a Vitamina E, mas em quantidades adequadas, e não vai gerar nenhum prejuízo no consumo. 😉

      1. Olá!
        Agradeço pelo seu conteúdo rico, pois aprendi.
        Quero saber se posso tomar isoladamente os remédios aqui aflorado (Omega3 e Vitamina E)?

        Para informar que já faço ingestão de Omega3+vitamina-E+ Entanto de Testosterona injetável+ Decanoato de Nandrolona.

        Dosagem:
        1/c 12/12h de Ômega3+Vitamina-E

        1ml 250mg Testosterona/semana

        2 ml, c/ 25mg de Decanoato de Nandrolona/ semana.
        #OBS:Comecei na semana passada, essa combinação é para efeito de ganhar a massa magra/peso corporal.

        Será que é recomendável? Agradecia a sua resposta!

        1. Olá, tudo bem?

          É fundamental enfatizar que a combinação de medicamentos e suplementos pode apresentar riscos e interações indesejadas. Portanto, é crucial buscar orientação médica adequada antes de iniciar qualquer regime de medicação. Somente um médico poderá avaliar sua condição de saúde individual, levar em consideração outros medicamentos que você possa estar tomando e fornecer orientações seguras e personalizadas. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.