Pular para o conteúdo
Home » 12 sintomas de gravidez: saiba quais os primeiros sinais

12 sintomas de gravidez: saiba quais os primeiros sinais

Sintomas de gravidez. Casal feliz olhando um teste de gravidez positivo.
6 minutos de leitura

A gestação provoca diversas mudanças no corpo da mulher para permitir o desenvolvimento de uma nova vida. Essas alterações têm  sinais e sintomas que quando identificados dão indícios de que a gravidez começou.

Os primeiros sintomas de gravidez, apesar de comuns, variam entre as mulheres e devem ser um indicador para fazer um teste de farmácia ou exame de sangue, confirmando assim se a gestação realmente se iniciou ou não.

12 primeiros sintomas de gravidez

1. Interrupção do ciclo menstrual

A menstruação é um sinal de que a mulher não engravidou naquele mês e que toda a organização do útero para receber o embrião não é mais necessária, por isso é excretada. 

Portanto, atrasos superiores a uma semana do previsto para o início da menstruação são um sintoma de gravidez. No entanto, isso só é válido para mulheres com o ciclo menstrual regular.

2. Enjoos

Os enjoos na gravidez são muito comuns ao longo do primeiro trimestre. Sendo para grande parte das mulheres, o primeiro indicativo que a gestação iniciou. Apesar de conhecidos popularmente como “enjoos matinais”, é relatado pelas mães náuseas em outros momentos do dia também.

3. Inchaço ou sensibilidade dos seios

Os seios são um dos tecidos que mais sofrem alterações durante a gestação, pois sua estrutura tem que estar preparada para a amamentação após os nove meses. Essas mudanças são medidas pelos hormônios femininos presentes durante a gravidez.

Durante as primeiras semanas, as variações hormonais podem resultar em inchaço e aumento da sensibilidade das mamas, que chegam a ficar levemente dolorosas ao toque.

4. Aumento do sono

O corpo da mãe passa por muitas mudanças para permitir o crescimento do bebê. Dessa forma, aumento do sono e cansaço são sintomas de gravidez comuns, pois a gestação é um processo que demanda muita energia.

Ao longo das primeiras semanas, um dos principais responsáveis pelo aumento do sono na gravidez é o aumento do volume sanguíneo.  Com isso, é necessária uma maior demanda de oxigênio, podendo ocasionar em fadiga e cansaço até que o organismo se ajuste ao processo.

5. Aumento do volume urinário

O aumento do volume urinário é outro sintoma de gravidez ocasionado pelo incremento do volume sanguíneo. Com mais líquido fluindo em nosso corpo, nossos rins também aumentam o volume filtrado, consequentemente aumentando a quantidade de urina.

6. Nidação 

A nidação é a implantação do embrião recém fecundado na parede do endométrio (estrutura formada dentro do útero para receber o embrião). Quando a implementação ocorre, pode ocorrer um pequeno sangramento, de aspecto marrom, muitas vezes confundido com o início da menstruação.

7. Alterações no humor

Os hormônios sexuais afetam muito as nossas emoções. A gravidez tem fases de pico de um hormônio sobre os demais, a depender do trimestre. Dessa forma, as alterações hormonais podem resultar também em alteração no humor.

As mudanças de humor já começam a ser notadas nas primeiras semanas, onde a mulher se encontra mais emotiva e sensível. 

8. Inchaço

A mesma sensação de inchaço no corpo que ocorre no início do período menstrual, pode ocorrer como um  dos sintomas de gravidez iniciais. Esse inchaço é apenas uma maior retenção de líquido, ocasionada por alterações hormonais e no organismo.

9. Cólicas

As cólicas menstruais são decorrentes de movimentações dos músculos do abdômen para excretar a estrutura formada para iniciar a grávidez. Quando a gestação se inicia, podem ocorrer cólicas abdominais similares. Porém, ocasionadas pela adaptação do útero ao embrião recém formado.

10. Constipação

Durante a gravidez, a digestão da mulher fica mais lenta, permitindo dessa forma uma absorção de nutrientes otimizada e maior transferência de vitaminas e minerais para o bebê em desenvolvimento.

Apesar de ter suas vantagens, a digestão mais lenta leva a constipação. Esse sintoma pode ser tratado e solucionado através de alterações da alimentação na gravidez.

11. Congestão nasal

Outra consequência do aumento do volume sanguíneo durante a gestação, que já ocorre nas primeiras semanas, é a congestão nasal. Com o incremento de líquido circulando em nosso corpo, também ocorre um aumento da produção de muco nasal, levando a congestão.

12. Mudanças na alimentação

A mulher grávida pode sentir aversão a certos cheiros e sabores que não sentia antes. Essas novas características também são decorrentes de alterações hormonais, diretamente relacionadas aos nossos sentidos.

Outra explicação para possíveis mudanças na alimentação são as náuseas, algumas vezes desencadeadas por certos odores que antes não sensibilizaram a mãe.

Sintomas de gravidez. Teste de gravidez positivo.

Quando começam os sintomas de gravidez?

Os primeiros sintomas de gravidez costumam aparecer entre a primeira e a quarta semana. A maioria dos sinais descritos é iniciada pelas alterações hormonais, que já estão presentes de forma estável até a terceira semana.

Alguns sintomas podem se estender ao longo do primeiro trimestre inteiro, como enjoo e aumento do sono, ou até o final dos nove meses, como a constipação e sensibilidade nos seios.

Como saber se estou grávida?

A única forma segura de confirmar a gravidez é através de um exame de sangue. Os testes de farmácia também são válidos, porém são um pouco menos precisos do que o exame de sangue, principalmente nas primeiras semanas, podendo apontar um falso negativo.

Ambos os teste de farmácia e o exame de sangue medem os níveis de beta-hCG, o principal hormônio no primeiro trimestre da gestação e que aumenta no corpo rapidamente.

Apesar de comum as mulheres relatarem sentir os sintomas de gravidez descritos acima logo nas primeiras semanas, variando entre quais sinais aparecem e sua intensidade, a confirmação só será possível através de um teste gravidez ou exame de sangue.

Caso seu teste seja positivo, procure um médico o quanto antes para te orientar sobre o processo durante os nove meses e iniciar o uso de suplementos pré-natais, que são as vitaminas para grávida essenciais de serem consumidas.

Quer saber mais?

Referências:

Mayo Clinic. Symptoms of pregnancy: What happens first. Rochester, 2021. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/getting-pregnant/in-depth/symptoms-of-pregnancy/
What to expect. 14 Early Pregnancy Signs and Symptoms. Nova Iorque, 2021. Disponível em: https://www.whattoexpect.com/pregnancy/symptoms-and-solutions/early-signs-of-pregnancy-before-missed-period/

4.4/5 - (5 voto(s))
nutricionista maria eduarda fortes

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

2 comentários em “12 sintomas de gravidez: saiba quais os primeiros sinais”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.