Home » Vitamina D serve para queda de cabelo?

Vitamina D serve para queda de cabelo?

mulher penteando o cabelo com feição de desagrado
3 minutos de leitura

A queda de cabelo pode ocorrer por diversos fatores, entre eles a falta de vitamina D. Quando a queda é ocasionada pela deficiência de vitamina D no nosso corpo, ela recebe o nome de “alopecia areata”.

Esse tipo de queda de cabelo ocorre de modo concentrado, formando espaços arredondados sem cabelo em alguma região do corpo, seja no couro cabeludo ou outras partes.

Porque a falta de vitamina D causa queda de cabelo?

A principal hipótese para explicar a relação da deficiência de vitamina D com a queda de cabelo são as alterações no sistema imunológico ocasionadas pela falta da vitamina, levando ao enfraquecimento e queda conhecido como alopecia areata.

Outra hipótese relaciona os baixos níveis da vitamina D no nosso corpo com outro tipo de queda de cabelo, conhecido como “eflúvio telógeno”. Nesses casos, ocorre o enfraquecimento do cabelo na região superior do couro cabeludo, que pode levar a queda de cabelo na região.

Estudos sugerem que o eflúvio telógeno ocorre por alterações genéticas desencadeadas pela falta da vitamina.

3 passos para prevenir a deficiência de vitamina D e a queda de cabelo

1. Suplemente vitamina D quando necessário

Quando os níveis de vitamina estão baixos em nosso organismo é importante utilizar suplementos. Dessa forma, o quadro pode ser revertido de maneira efetiva e rápida, evitando possíveis danos à nossa saúde.

2. Inclua alimentos fontes de vitamina D em sua alimentação

Os principais alimentos fontes de vitamina D são os peixes gordurosos como o salmão, a cavala, o arenque, o óleo de fígado de bacalhau, e os microrganismos como os fungos, leveduras e cogumelos como o Shitake. Ovos, leites e derivados só são fontes de vitamina D quando fortificados.

3. Se exponha ao sol em horários adequados

O contato dos raios UV presente na luz solar com a nossa pele promove a ativação da vitamina D em nosso organismo, tornando-se um hábito importante para garantir o desempenho adequado de suas funções em nosso corpo.

Escolha horários como o início da manhã (7h às 10h) ou final da tarde (após às 16h) para seu banho de sol, com as pernas ou braços descobertos, por volta de 15 minutos.

4. Acompanhe seus níveis de vitamina D através de exames

A única forma de descobrir se os níveis da vitamina em seu organismo estão adequados é através de exames de sangue. Fazer esse acompanhamento periódico permite prevenir e tratar a deficiência antes que ela ocorra ou ocasione sintomas, como a queda de cabelo.

Excesso de vitamina D causa queda de cabelo?

O excesso de vitamina D não causa queda de cabelo. Esse estado de “excesso de vitamina” ocorre quando suplementamos altas doses ou quando se utiliza o suplemento por longos períodos sem o acompanhamento médico.

Porém o excesso de outras vitaminas podem estar relacionadas com a queda dos fios, como por exemplo o excesso de  vitamina E.

Quer saber mais?

Referências

LIN, Xiran; MENG, Xianmin; SONG, Zhiqi. Vitamin D and alopecia areata: possible roles in pathogenesis and potential implications for therapy. American Journal of Translational Research, v. 11, n. 9, p. 5285, 2019.

SELEIT, Iman et al. Vitamin D Receptor Gene Polymorphism In Chronic Telogen Effluvium; A Case-Control Study. Clinical, cosmetic and investigational dermatology, v. 12, p. 745, 2019.

Avalie este post

Nutricionista e Mestre em Ciências pela UNIFESP.

Experiência acadêmica em pesquisa científica. Atua como professora convidada em cursos de graduação e pós graduação na área da saúde.

Profissional com sólida formação em pesquisa e inovação. Atua na interseção entre o desenvolvimento de produtos com base em ciências e inovação para a saúde, e o marketing de conteúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *