Alimentos ricos em colágeno tipo 2

| | ,

Alimentos ricos em colágeno tipo 2

Você está pensando em ingerir colágeno tipo 2 para a saúde das suas articulações? Mas será que conseguimos ingerir esse tipo de colágeno pelos alimentos?

Importante para a elasticidade e a estrutura da nossa pele, ossos, vasos sanguíneos, tendões, músculos, ligamentos e até para a córnea e os dentes, o colágeno representa em torno de 30% das proteínas do nosso corpo.

Bom, você já deve saber que existem vários tipos de colágeno, mais precisamente 28 tipos, então para responder a grande questão do texto de hoje, vamos relembrar onde no nosso corpo o colágeno tipo 2 está presente em abundância.

Vamos lá?

O colágeno no nosso corpo

Os dois tipos de colágeno mais abundante em nosso corpo são o tipo 1 e o tipo 2.

O colágeno tipo 1 é o mais abundante na pele, ossos, dentes, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos e órgãos, enquanto o colágeno tipo 2 é o mais presente nas cartilagens e articulações.

Alimentos ricos em colágeno

Proteína naturalmente presente em alimentos de origem animal como pele de frango, pele de porco, carne e peixes. 

O consumo desses alimentos em uma dieta equilibrada garantem um consumo adequado de proteínas nas refeições. Porém, não há estudos que avaliaram se o consumo de colágeno pela alimentação teria o mesmo efeito dos suplementos.

Outra fonte alimentar popularmente conhecida é o caldo de ossos, mas atenção, porque os ossos podem sequestrar chumbo e então essa não seria uma fonte segura de ingestão de colágeno.

Alimentos ricos em colágeno tipo 2

Certo, falamos no tópico anterior do colágeno de forma geral, mas e o colágeno tipo 2 mais precisamente?

Eu já vou adiantar aqui que pela alimentação é bem difícil conseguir ingerir esse tipo de colágeno, mas eu separei aqui pra vocês as fontes alimentares utilizadas pela indústria para extrair esse colágeno, para a fabricação dos suplementos, tão importante para a saúde das articulações:

  • O UC II é extraído da cartilagem de frango;
  • O B2Cool também é extraído da cartilagem de frango;

Dessa forma, vemos que para ingerir o colágeno tipo 2  teríamos que comer as cartilagens, que é o tecido conjuntivo presente nas articulações… 

Nesse caso, a melhor opção seria o suplemento alimentar mesmo, concordam? Até porque pelos suplementos conseguimos garantir a quantidade necessária por dia para alcançar o nosso objetivo!

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de colágeno de altíssima qualidade específico para as articulações e cartilagens?

Referência:

HONG, H.; FAN, H.; CHALAMAIAH, M; WU, J. Preparation of low-molecular-weight, collagen hydrolysates (peptides): Current progress, challenges, and future perspectivesFood Chem. 2019 Dec 15;301:125222. doi: 10.1016/j.foodchem.2019.125222. Epub 2019 Jul 22. PMID: 31382108.

LUGO, . P.; SAIYED, Z.M.; LANE, N.E. Efficacy and tolerability of an undenatured type II collagen supplement in modulating knee osteoarthritis symptoms: a multicenter randomized, double-blind, placebo-controlled study. Nutrition journal, v. 15, n. 1, p. 14, 2015.

MONRO, J.A.; LEON, R.; PURI, B.K.. The risk of lead contamination in bone broth dietsMedical Hypotheses, [s.l.], v. 80, n. 4, p.389-390, abr. 2013.

VHITA. Colágeno | Tudo o que você precisa saber. Blog Vhita. São Paulo, 27 de fevereiro de 2020. Disponível em: https://blog.vhita.com.br/gravida-pode-tomar-colageno/

 
Anterior

7 sintomas da falta de colágeno no seu corpo

Dicas para conquistar e manter a saúde física

Próximo

Deixe um comentário