Já ouviu falar no colágeno Verisol? não? Então entenda aqui porque ele é o único recomendado para a melhor aparência da pele e como consumir.

Colágeno para a pele do rosto

Existem vários tipos de colágeno, como o colágeno hidrolisado tipo 1, colágeno não desnaturado tipo 2, os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1 e vários outros. De todos esses, apenas os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1 possuem ação comprovada para melhora da aparência da pele, principalmente a do rosto. 

Mas será que existe diferente entre esses peptídeos? Veja a seguir.

Existe diferença entre os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1? A matéria prima faz diferença?

A resposta para as duas perguntas é sim, o que muda entre os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1 é a sua matéria prima. Isso é importante porque algumas matérias primas são melhores do que outras.

No caso, a marca Verisol, é a principal matéria prima, atualmente, de peptídeo bioativo de colágeno tipo 1. Pois é a única marca que mostra seus resultados com publicações científicas, com critérios rigorosos de análises e de resultados.

Como os profissionais da saúde são orientados a prescrever suplementos apenas com comprovações científicas, o Verisol é o nosso queridinho. Pois esses estudos demonstram resultados realmente eficientes para as principais queixas estéticas dos pacientes.

Como por exemplo, as queixas que podem se beneficiar desse suplemento envolvem: o envelhecimento da pele do rosto, aumento da flacidez, aumento da celulite além de fraqueza das unhas e cabelos.

Apenas o Verisol funciona? 

Como até hoje nenhuma outra matéria prima testou seu produto, com critérios científicos e rigorosos, apenas o Verisol é recomendado. 

Apesar de não podermos afirmar que outras matérias primas não funcionam, a conduta de um bom profissional, seja médico ou nutricionista, sempre será preferir aqueles suplementos com resultados e benefícios comprovados científicamente.  

Pois dessa forma, garantimos além dos benefícios estéticos sugeridos, que não irá trazer algum efeito colateral ou indesejado que já não seja conhecido. O que significa maior segurança para o paciente e também para nós profissionais.

Como consumir Verisol para a pele do rosto?

Com relação ao horário de consumo, esses estudos não escolhem um horário específico para o consumo, apenas recomendam o consumo diário por pelo menos 8 semanas.

Uma dica dos nutricionistas, é preferir horários longe das principais refeições, como almoço e jantar. Portanto, pode escolher pelos seguintes horários: ao acordar, antes de dormir ou em refeições intermediárias. 

Já a melhor dose para ver os resultados na pele, é de pelo menos 2,5 g ao dia. E para saber a dose, os suplementos que usam a matéria prima Verisol irão informar no rótulo, na parte referente as informações nutricionais.

Veja se nessas informações nutricionais a quantidade de proteínas, que deve ser de no mínimo 2,5 g por dose, que signica a quantidade de Verisol por dose. Isso independente da versão em pó ou em cápsulas, a dose será a mesma.

A recomendação é escolher por aquele que mais se adapta aos seus hábitos de consumo, seja em pó para adicionar junto à bebidas ou em cápsulas. 

Resumindo:

Melhor horário: Ao acordar, antes de dormir ou em refeições intermediárias.  

Dose: 2,5 g ao dia.

Tempo mínimo de suplementação para resultados: 8 semanas.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar o melhor colágeno para a pele?

Referências:

EFSA PANEL ON DIETETIC PRODUCTS, NUTRITION AND ALLERGIES (NDA). Scientific Opinion on the substantiation of a health claim related to VeriSol® P and a change in skin elasticity leading to an improvement in skin function pursuant to Article 13 (5) of Regulation (EC) No 1924/2006. EFSA Journal, v. 11, n. 6, p. 3257, 2013.