Como armazenar ômega 3? Confira os cuidados que você precisa ter

| | ,

Escolher um suplemento de ômega 3 para compor a sua alimentação, é uma tarefa que exige atenção e cuidado.

Nesse artigo, compartilhamos alguns cuidados que você precisa ter antes de comprar o suplemento de ômega 3.

Cuidado com a exposição à luz

O ômega 3, como qualquer outro tipo de molécula de gordura, tem uma estrutura química bastante sensível. Por isso, quando o assunto é contato com o calor ou luz, é necessário alguns cuidados.

Principalmente por ocorrer oxidação lipídica com a exposição ao calor e a luz. E isso acontece porque ocorre a quebra de ligações de carbonos que formam a estrutura da molécula do ômega 3.

E esse processo prejudica suas características nutricionais benéficas e aumentando a produção de radicais livres.

Por resultar na aceleração do processo de envelhecimento, causando lesões que podem levar ao desenvolvimento de câncer a longo prazo.

Por isso, o suplemento de ômega 3 precisa ter garantida a sua proteção contra o contato com a luz solar e as altas temperaturas. Esse cuidado começa com a escolha do frasco em que eles serão comercializados.

Como armazenar o ômega 3

Primeiramente, apenas compre um suplemento de ômega 3 com embalagem opaca. Para que não permita a incidência de luz e ação da temperatura.

Antes de armazenar na sua casa, avalie como ele estava exposto na loja ou busque saber como é o deposito em que esse suplemento é armazenado.

Pois eles também devem evitar ao máximo a exposição a luz e priorizar um ambiente fresco, com temperaturas amenas.

Em casa, o cuidado com o armazenamento deve se repetir. Por isso, sempre guarde suas cápsulas de ômega 3 em um local arejado e longe da incidência direta de luz.

Escolha produtores de confiança e com registro em dia

Geralmente, você vai optar por comprar o suplemento de uma marca indicada por seu profissional da saúde de confiança (como o médico ou o nutricionista). Mas, caso opte por fazer uma escolha própria, não deixe de pesquisar sobre o produtor.

Avalie principalmente, se o seu registro no site da ANVISA está em dia e se ele pode comercializar seus produtos normalmente.

Avalie o laudo técnico do produto

Além da avaliação do registro e das atividades do produtor do suplemento de ômega 3 busque laudos técnicos. Pois também vão te garantir a qualidade do produto.

No laudo técnico, avalie os seguintes pontos:

  • Concentração de ômega 3
  • Ausência de contaminação por metais pesados

Verifique o prazo de validade

Assim como qualquer outro produto que chega ao mercado consumidor, os suplementos de ômega 3 também contam com prazo de validade para uso.

Por isso, antes de adquirir o seu, garanta que tem em mãos um produto que pode ser consumido de maneira segura e sem risco de estar vencido e com suas características nutricionais prejudicadas.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um ômega 3 de altíssima qualidade?

 
Anterior

Ômega 3 TG reduz ou aumenta os níveis de triglicerídeos no sangue?

Ômega 3 funciona para todas as idades? | Novidades 2019

Próximo

6 comentários em “Como armazenar ômega 3? Confira os cuidados que você precisa ter”

  1. Ao ler o conteúdo,chamou -me atenção prazo de validade. Na ultima compra(promoção na compra Omega3 brinde Vit D e Vit C) efetuada recebi 2 embalagens de Vit C sem especificação de lote,,Fab. e data validade.

    Aguardo orientações sobre esta situação.

    Responder
    • Oi Luiz Fernando, tudo bem?

      As informações sobre a fabricação e o lote estão grafadas direto no pote e não no rótulo. Você encontra a marcação na parte debaixo do pote de vitamina C. Vira ele de cabeça para baixo para você verificar.

      Se precisar de mais alguma informação, fique à vontade para falar com nosso atendimento:

      Televendas: (11) 4451-0228
      Whats App: (11) 96036-5520
      Email: [email protected]

      Sigo à disposição.
      Abraços!

      Responder
    • Oi Valmir, tudo bem?
      A validade serve para indicar o tempo que a qualidade do produto dura.
      Não é recomendado tomar produto vencido, seja qual for o produto.
      O ômega 3, por ser uma gordura, é ainda mais grave porque pode sofrer um processo de oxidação natural do nutriente criando muitos compostos prejudiciais à saúde quando fora do prazo da validade.
      Sigo à disposição se puder ajudar com mais alguma informação.
      Abraços.

      Responder

Deixe um comentário