Pular para o conteúdo
Home » Existem doenças causadas pela falta de vitamina C? Veja aqui

Existem doenças causadas pela falta de vitamina C? Veja aqui

Doenças causadas pela falta de vitamina C
4 minutos de leitura

A vitamina C é um nutriente essencial, ou seja, não conseguimos produzir e precisamos consumir através de alimentos ou suplementação. A vitamina C pode ser encontrada principalmente em frutas, como a acerola e a laranja.

Por ser um nutriente de tamanha importância, existem doenças causadas pela falta de vitamina C. A deficiência é diagnosticada quando o nível da vitamina fica abaixo de 0,2 mg no sangue. Essa carência pode causar alguns malefícios no organismo, como anemia, dificuldade nos processos de cicatrização, queda de cabelo, baixa imunidade e escorbuto.

Doenças causas pela deficiência de vitamina C

  • Escorbuto

A mais grave entre as doenças causadas pela falta de vitamina C é o escorbuto. Essa doença tem como principal sintoma o sangramento nas gengivas, podendo causar hemorragias e até a morte.

O escorbuto é muito raro de ser contraído, pois após os surtos no século XVII, várias medidas foram tomadas para que a população não tivesse mais deficiências severas de vitamina C.

  • Queda de cabelo

A vitamina C tem papel fundamental no auxílio da produção de colágeno, tanto do tipo I quanto do tipo II. E o colágeno é fundamental para o crescimento e fortalecimento do cabelo, evitando as quedas. 

Com a deficiência de vitamina C, esse processo é interrompido, levando a um cabelo mais fraco e queda dos fios. Entre os benefícios da vitamina C para o cabelo, estão a diminuição da queda de cabelo, fios mais fortes, com mais brilho e vitalidade.

  • Dificuldade nos processos de cicatrização

O colágeno também é uma proteína importante para a estrutura da pele. Como a deficiência de vitamina C compromete a produção de colágeno, processos de cicatrização, que são a formação de novas estruturas da pele, também ficam comprometidos.

A ingestão adequada de vitamina C também traz benefícios para a pele como melhora da aparência e elasticidade.

  • Baixa imunidade (com maior propensão a desenvolver choque séptico)

A vitamina C auxilia o sistema imunológico. Portanto, nos quadros de deficiência de vitamina C ocorre queda na imunidade. Nesses casos, o indivíduo fica mais exposto a adquirir doenças oportunistas causadas por vírus e bactérias.

Além disso, pacientes que demonstraram baixos níveis de vitamina C são mais propensos a desenvolverem choque séptico. Esse quadro é um estágio avançado de uma infecção e compromete vários órgãos do corpo, podendo causar a morte.

  • Anemia

A vitamina C tem outra função essencial, ela auxilia na absorção de nutrientes dentro do organismo, principalmente de ferro. 

O ferro é um mineral essencial no corpo humano, responsável pelo transporte de oxigênio no sangue. A falta dele leva à anemia, então, ter bons níveis de vitamina C no sangue ajudam a prevenir essa doença.

Qual a dose recomendada de vitamina C?

A dose de vitamina C recomendada varia, dependendo de sexo, idade e hábitos de vida. No geral, a recomendação mínima é de 75 mg por dia para mulheres, 90 mg para homens e 50 mg para crianças. Para fumantes esse valor aumenta em 30 mg. Essa ingestão deve vir através de alimentos ricos em vitamina C.

A dose de suplementação recomendada da vitamina C é de 1 g por dia, não devendo ultrapassar 2 g. Dessa forma é possível obter os benefícios da vitamina C, sem nenhum risco ou efeito colateral. 

Quer saber mais?

Referências:

CARR, Anitra C. et al. Hypovitaminosis C and vitamin C deficiency in critically ill patients despite recommended enteral and parenteral intakes. Critical Care, v. 21, n. 1, p. 300, 2017.

HEMILÄ, Harri. Vitamin C and infections. Nutrients, v. 9, n. 4, p. 339, 2017.

MANELA-AZULAY, Mônica et al. Vitamin C. Anais brasileiros de dermatologia, v. 78, n. 3, p. 265-272, 2003.

CHAVES, KEITLEN LARA LEANDRO; MAIA, Fernanda Alves; ALMEIDA, Maria Tereza Carvalho. Efeitos da deficiência e do excesso de vitaminas no organismo. Anais do VIII Fórum FEPEG, p. 24-27, 2014.

Avalie este post
Priscila Gontijo Correa

Nutricionista e Mestre em Ciências pela UNIFESP.

Experiência acadêmica em pesquisa científica. Atua como professora convidada em cursos de graduação e pós graduação na área da saúde.

Profissional com sólida formação em pesquisa e inovação. Atua na interseção entre o desenvolvimento de produtos com base em ciências e inovação para a saúde, e o marketing de conteúdo.

2 comentários em “Existem doenças causadas pela falta de vitamina C? Veja aqui”

  1. ola boa tarde, meu organismo não segura a vitamina c, os exames que fiz deu inferior A o,5 fiz reposição com medicamento, so que tem mais de dois anos que não fazia exame, fiz mas a maquina não leu o material oq pode ter acontecido? oq devo fazer para manter o nivel correto da vitamina? ja que so consumo de frutas não resolve! obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.