Falta de vitaminas: saiba como identificar os sintomas

| | , ,

Você sofre com a falta de vitaminas? Essa pode ser uma pergunta fácil de responder para quem está com os exames de sangue de rotina em dia. Mas, ao longo do ano, a deficiência dessas substâncias pode surgir e é importante você saber identificá-la!

Nosso organismo precisa de diferentes substâncias para um bom funcionamento. Quando elas estão em falta, podemos sofrer com desconfortos e até doenças graves que interferem no nosso dia a dia.

Sem os tipos e quantidades de vitaminas adequados circulando em nosso corpo, podemos notar efeitos negativos variados. Queda de cabelo intensa e sensação de cansaço são as consequências mais suaves, podendo chegar a circunstâncias mais graves, como hemorragias.

Por isso, você irá descobrir agora como ocorre a avitaminose, ou falta de vitaminas, como você pode identificá-la de acordo com cada nutriente e como repor esses déficits.

O que pode causar a falta de vitaminas?

Como já mencionamos, nosso organismo tem uma necessidade básica de nutrientes para conseguir funcionar de forma eficiente. Sem atingir esses níveis essenciais de vitaminas, o corpo acaba apresentando sinais negativos que atrapalham nossa rotina e prejudicam à saúde.

Uma das possíveis causas do déficit vitamínico é justamente a não ingestão desses nutrientes indispensáveis para o seu corpo. Quando não ingerimos tais substâncias na quantidade adequada, os problemas podem começar a aparecer.

Outra causa plausível para a avitaminose é a má absorção das vitaminas ingeridas pelo organismo, seja por um problema fisiológico ou pela falta de ingestão de alimentos que auxiliam na absorção dos nutrientes.

Quais os sintomas da falta de vitaminas?

A ausência de substâncias vitamínicas que são essenciais ao organismo podem gerar diferentes efeitos na sua saúde, desde os mais suaves aos mais graves. Assim, saber identificar essa ausência torna-se essencial na prevenção de doenças e manutenção da sua qualidade de vida.

Os sintomas mais comuns da avitaminose são:

  • Fadiga ou sensação de cansaço;
  • Excesso de sono durante o dia;
  • Dificuldades de concentração;
  • Pele seca e áspera;
  • Unhas e cabelos fracos e quebradiços;
  • Crescimento lento e déficits motores e cognitivos nas crianças.

Quais as doenças causadas pela avitaminose?

Com a falta de nutrientes ideais, além dos sintomas, podem surgir diferentes doenças em nosso organismo, as quais afetam nossa saúde e rotina de formas diferenciadas. Mesmo as mais leves são sinônimo de desconfortos e incômodos. Algumas dessas patologias são:

  • Distúrbios no sistema metabólico;
  • Anemia;
  • Cegueira noturna;
  • Raquitismo.

Como esses nutrientes essenciais fazem parte de todos os processos que ocorrem no nosso metabolismo, cada vitamina tem sintomas diferentes das outras. Então, vejamos os efeitos que os níveis baixos de cada uma podem causar no nosso corpo.

  •     Falta de vitamina A – Efeitos

A ausência dos níveis essenciais de vitamina A pode atingir exponencialmente a região dos olhos, consequentemente, a vista. Assim, esse déficit pode ser o responsável por ulcerações nas córneas ou também por ceratoconjuntivite, que, se evoluir, pode se tornar necroses. 

  •     Falta de vitamina B1 – Efeitos

O déficit da vitamina B1 pode ser a causa de falta de apetite, sensação de cansaço e indisposição, falta de sono, maior irritabilidade, inchaço e formigamentos, prisão de ventre, fraqueza nos músculos e até confusão mental.

Nos casos mais graves, pode acarretar até mesmo lesões cerebrais, afetar o funcionamento do coração e outras doenças.

  •     Falta de vitamina B2 – Riboflavina

A ausência da B2 no organismo pode causar vários efeitos, como: anemia, inflamações na região da boca, vista sensibilizada, coceira e descamação na pele.

  •     Falta de vitamina B3 – Nicotinamida

A má ingestão ou absorção da Nicotinamida pode afetar a aparência e até a nossa mente. Entre outros fatores, a ausência de vitamina B3 pode ser responsável por perda de peso e de apetite, sensação de fadiga, diarreia, doenças de pele, falta de sono, irritabilidade e até depressão.

  •     Falta de vitamina B5 – Ácido Pantatênico

Nível baixo de anticorpos, doenças neurológicas, câimbras nos membros inferiores, falta de sono e ardência nos pés são alguns dos problemas de saúde que podem ser causados ou agravados pela falta da vitamina B5.

  •     Falta de vitamina B6 – Piridoxina

A ausência dos níveis essenciais de Piridoxina nos organismos pode resultar em dermatites, mãos e pés dormentes ou formigantes, rachaduras nos lábios, distúrbios nervosos, confusão mental e até crises de convulsão em crianças

  •     Falta de vitaminas B7/B8 – Biotina

A ausência de Biotina pode causar doenças em diferentes sistemas e órgãos: calvície, conjuntivites, furúnculos, fraqueza nas unhas, falta de fome, sensação de enjôo, dor nos músculos, sensação de cansaço, anemia, colesterol alto e até alucinações.

  •     Falta de vitamina B9 – Ácido Fólico

Se não ingerido nas quantidades necessárias, a falta de ácido fólico pode resultar em problemas no sistema digestivo, anorexia, falta de sono, anemia, distúrbios de memória, dificuldade para respirar, cansaço, cefaleia e pode interferir no crescimento.

  •     Falta de vitamina B11 – Carnitina

A ausência de Carnitina pode ser a causa ou impulsionamento de doenças e mal-estares como: sensação de fadiga, confusão na mente, insuficiência renal, fraqueza nos músculos e problemas cardíacos.

  •     Falta de vitamina B12 – Cobalamina

Sensação de fadiga, anemia, aftas, falta de apetite, diminuição no peso, déficits de concentração e de memória, intestino preso, pele amarelada e alterações no sistema neurológico são algumas das patologias e efeitos da ausência de vitamina B12.

  •     Falta de vitamina C – Efeitos

A ausência da vitamina C pode enfraquecer o seu sistema imunológico, deixando-o exposto a doenças virais e respiratórias. Ainda pode causar mau hálito, sangramento nas gengivas e mucosas da boca e até mesmo hemorragias.

  •     Falta de vitamina D – Efeitos

A vitamina D é extremamente importante para o nosso organismo e sua ausência pode ter resultados bastante graves, como desenvolvimento ou agravamento de câncer, osteoporose, doenças cardíacas ou autoimunes, esclerose múltipla e mais.

Quer saber mais sobre os sintomas da ausência de vitamina D? Então confira nosso post!

  •     Falta de vitamina E – Efeitos

Redução dos reflexos, problemas na vista, mal de Alzheimer ou de Parkinson e doenças cardíacas podem estar relacionadas com os baixos níveis de vitamina E no organismo.

  •     Falta de vitamina K – Efeitos

Com extrema importância para o sistema cardiovascular, a ausência de níveis básicos da vitamina K pode causar hemorragias, a partir de mudanças que podem ocorrer na coagulação do sangue.

Alguns alimentos naturais ricos em vitaminas

  • Batata-doce: rica em vitaminas A, B3 e B5;
  • Couve: vitaminas A, B2, B7/B8, B9 e K;
  • Cereais integrais: vitaminas B1, B3 e B9;
  • Espinafre: vitaminas B2, B6, B7/B8 e K.

Vários outros alimentos contam com quantidades boas das vitaminas, como é o caso da beterraba, cenoura, berinjela, feijão, cogumelos, o brócolis e ervilha.

O salmão e o abacate são ricos em vitamina B5, enquanto alimentos cítricos contam com grandes quantidades de vitamina C. As carnes contêm a B9, e outros derivados de animais, como leite e ovos (dependendo da política nutricional do país), podem ser fontes de vitamina D.

Como suprir a falta de vitaminas?

Ao detectar alguns dos sintomas expostos, é essencial que você realize exames laboratoriais específicos para identificar, junto a um profissional de saúde, qual é o nutriente que está em falta em seu organismo.

Assim, ele poderá te indicar a melhor forma de ingerir a vitamina adequada, a qual pode ser feita por meio de suplementações ou medicamentos.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar a melhor vitamina D do mercado?

Referências:

VHITA. Vitaminas A, B, C, D, E, K | Benefícios e fontes desses nutrientes. Blog Vhita. 06 de março de 2020. Disponível em <https://blog.vhita.com.br/vitamina-c-e-k/>. Acesso em 10/06/2020.

DIAB, Liliane; KREBS, Nancy F. Vitamin Excess and Deficiency. Pediatrics in Review. Abril de 2018. Disponível em <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29610425/?from_term=avitaminosis&from_pos=2>. Acesso em 10/06/2020.

 
Anterior

Vitamina D em gotas | O que é importante saber

Aminoácidos essenciais: O que é preciso saber

Próximo

Deixe um comentário