Grávida pode tomar colágeno? Benefícios e riscos

| | , , ,

Você já consumia colágeno antes de saber que se tornaria a mais nova mamãe? Ficou preocupada se esse suplemento pode fazer mal para a sua saúde e também para a saúde do seu filho? Ou ainda não consumia, mas ficou interessada nos benefícios e não sabe se pode tomar?

Afinal de contas, grávida pode tomar colágeno?!

Fica tranquila! Nesse texto você vai tirar todas essas dúvidas e saber quais são os benefícios e os riscos, que um suplemento de colágeno pode trazer para a sua saúde e beleza.

Grávida pode tomar colágeno

Sim! Grávida pode tomar colágeno! Não existe até o momento nenhum estudo científico mostrando efeitos colaterais da suplementação de colágeno.

Mas se você busca esse suplemento com o objetivo de evitar a flacidez, elasticidade, e também todos os benefícios para a pele, cabelos e unhas, apenas um suplemento de colágeno possui esse efeito.

Se a sua ideia é suplementar para ter esses benefícios, e prevenir o aparecimento de estrias durante o período da gestação, o suplemento de colágeno recomendado são os peptídeos bioatvios de colágeno tipo 1.

Diferente do suplemento de colágeno hidrolisado comum, que não consegue atuar no corpo de modo específico, os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1, vão atuar diretamente na beleza e saúde da pele. Sendo considerado um suplemento que não provoca nenhum tipo de efeito colateral, mantendo a sua saúde e também a do seu filho. 

Benefícios do colágeno para grávidas 

Os principais benefícios do colágeno para grávidas são os mesmos que os benefícios encontrados para todas as mulheres.

Os principais benefícios dos peptídeos bioativos de colágeno são: 

  1. Diminui a flacidez e rugas
  2. Diminui o grau da celulite 
  3. Fortalece as unhas 
  4. Mais força e brilho para os cabelos
  5. Melhora da hidratação e elasticidade da pele

Para todos esses benefícios, os estudos realizados, que encontraram esses benefícios, recomendam a suplementação diária de 2,5 g de colágeno, por pelo menos 8 semanas (2 meses).

Riscos de consumir colágeno durante a gravidez

O único risco de consumir colágeno durante a gravidez é de não obter os resultados desejados, por não consumir o tipo de colágeno certo.

Mas pode ficar tranquila, que além dos estudos não terem encontrado nenhum tipo de efeito colateral, o colágeno não é considerado um agente causador de alergias.

Como mencionamos, o colágeno hidrolisado não é recomendado para a pele. Esse tipo de suplemento apenas irá aumentar a quantidade de proteínas no dia, e não trazer benefícios para a pele.

Além de ser preciso consumir os peptídeos bioativos de colágeno tipo 1 para ter todos esses benefícios que mencionamos, ele deve ser da matéria-prima Verisol.

Mas você deve estar se perguntando porque essa matéria-prima específica. Então, o motivo é que o Verisol, é a única matéria prima que realizou estudos científicos para testar seus resultados. Por essa razão, os nutricionistas e médicos, indicam marcas de suplementos que sua formulação seja a base do colágeno Verisol. 

Então anota aí:

Recomendação do melhor colágeno para grávidas:

  • Peptídeos bioativos de colágeno
  • Matéria-prima Verisol
  • Consumir 2,5 g diariamente por pelo menos 8 semanas

Você vai garantir a segurança do suplemento e as maiores chances de ter os melhores resultados com o suplemento! Evite qualquer outro suplemento que fuja dessas recomendações. Além disso, fique de olho no rótulo do suplemento que está em dúvida, pois não basta ser Verisol. 

O ideal é que além de ser um colágeno Verisol, o suplemento também seja livre de aditivos químicos em sua composição e outros nutrientes. 

Agora sim, com todas essas dicas, você pode ficar tranquila para consumir o seu suplemento de colágeno para a pele e aproveitar ao máximo a sua gravidez sem medo e com uma pele linda!

Caso você tenha alguma dúvida, você também pode nos deixar um comentário aqui ao final da página, nós vamos adorar conversar com você 😉 

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar o melhor colágeno para a pele?

Referências:

ADDOR, Flávia Alvim Sant’Anna. Influência de um suplemento nutricional com peptídeos de colágeno nas propriedades da derme. Surgical & Cosmetic Dermatology, v. 7, n. 2, p. 116-121, 2015.

 
Anterior

8 cuidados que você deve ter durante o verão

Quando posso tomar colágeno? Nutricionista Dra. Priscila Gontijo explica

Próximo

Deixe um comentário