Marcas de ômega 3 aprovados pela ANVISA em 2020

| | ,

Para uma marca possuir registro na ANVISA é necessário ter um grande volume de importação para ter um registro em seu nome. Normalmente quem possui esse registro na ANVISA é a matéria prima do ômega 3, ou seja, os fornecedores das marcas de suplementos de ômega 3.

Pois as marcas de suplementos não possuem um volume mínimo o qual a ANVISA estípula como necessário para realizar o registro de cada marca. Ou seja, para a maioria das marcas de suplementos você não irá encontrar o registro na ANVISA com o nome da marca.

Mas encontrará o registro da sua matéria prima, porém, apenas para as matérias primas de qualidade. Esse tipo de registro possui validade de 5 anos com renovação sempre no primeiro semestre do último ano de vigência.

Então veja aqui um passo a passo simples para descobrir se o suplemento que você costuma comprar é uma marca de ômega 3 aprovado pela ANVISA em 2020.

1° Descubra qual a empresa que fornece a matéria prima do suplemento de ômega 3 que irá comprar

A matéria prima de qualquer suplemento de ômega 3, é o óleo de peixe, e para saber quem fabrica esse óleo de peixe é bem simples, pois essa informação deve estar no rótulo na descrição do “Fabricado por”.

Caso, não encontre pesquise por “matéria prima do ômega 3 da marca x” ou pergunte diretamente para a marca através do seu canal de atendimento. Pois é com essa informação que você irá procurar pelo registro da ANVISA.

2° Procure pelo registro da matéria prima no site da ANVISA

Após achar a empresa da matéria prima, entre no site da ANVISA pelo “canal de consulta da agência”, e em seguida acesse o campo “consulta genérica”.

Digite os dados do produto descrito na parte do “fabricado por” no rótulo do suplemento, no caso, os dados da matéria prima utilizada.

Caso essa empresa fornecedora da matéria prima possua o registro, irá aparecer imediatamente a informação no site da ANVISA, da mesma maneira que você encontra no rótulo do suplemento de ômega 3 na área escrito “registro”.

Mas importante,  veja se está como “deferido”, caso sim, significa que essa é uma matéria prima regularizada no território nacional. 

3° Confirme se a marca do suplemento realmente possui aquela matéria prima informada no rótulo

A empresa fornecedora da matéria prima, que possui o registro na ANVISA, não é mais obrigada a dizer para a ANVISA quais são as marcas de suplemento com a sua matéria prima.

Portanto, para garantir que o suplemento de ômega 3 é de qualidade, como a matéria prima que ele alega ter, entre em contato com a marca do suplemento e solicite seus laudos técnicos.

Pois matérias primas de qualidade fornecem esse tipo de documento alegando a pureza do seu produto a cada novo lote. Ou seja, você pode confirmar se aquele suplemento utiliza realmente uma matéria prima regularizada na ANVISA e de qualidade a cada novo lote.  

Marcas de ômega 3 aprovados pela ANVISA 2020

Resumindo o passo a passo para descobrir se o ômega 3 é aprovado pela ANVISA:

  1. Descubra o fabricante da matéria prima do suplemento;
  2. Entre no site da ANVISA pelo “canal de consulta da agência” e busque pela matéria prima informada no rótulo descrito no “fabricado por”;
  3. Peça laudos técnicos para a marca do suplemento para confirmar que a matéria prima informada no rótulo realmente é a aprovada pela ANVISA. 

Pronto, assim você garante a segurança do suplemento de ômega 3, e com o pedido dos laudos técnicos você irá garantir a qualidade. Ou seja, realize esse passo a passo com a ajuda do seu celular na hora de escolher o seu ômega 3, assim você garante a segurança e a qualidade do suplemento de ômega 3 para a sua saúde!

Quer saber mais?

Agora ficou fácil escolher um bom suplemento de ômega 3 importado. Quer mais um bom motivo? Clique aqui e receba um desconto especial para experimentar m ômega 3 de altíssima qualidade, e assim, oferecer os melhores benefícios para o seu organismo.

 
Anterior

Relação entre o colágeno e o câncer| O que já se sabe?

Melhor horário para consumir Vitamina C 1 g

Próximo

Deixe um comentário