Pular para o conteúdo
Home » O que o colágeno faz no corpo? Entenda sua função

O que o colágeno faz no corpo? Entenda sua função

O que o colágeno faz no corpo. Mulher se alongando, sentada em um tapete de yoga.
4 minutos de leitura

O colágeno é a principal proteína do corpo humano, presente em diversos tecidos e órgãos, com cerca de 29 tipos diferentes dependendo da localização onde é encontrado no organismo.

A palavra colágeno vem da junção das palavras gregas “cola” e “produzir”, devido a função biológica. A proteína fica ao redor das células, na matriz extracelular, criando uma rede de fibras que mantém a estrutura do tecido.

Além dessa função principal como proteína estrutural, o colágeno também participa do processo de comunicação entre células, controle mecânico e biodegradabilidade dos tecidos onde está presente.

Qual a função de cada tipo de colágeno no corpo?

Para entender o que o colágeno faz no corpo, também é preciso saber onde cada tipo de colágeno atua. Na tabela abaixo, estão descritos a atuação dos 29 tipos da proteína no corpo humano.

TIPO DE COLÁGENOLOCAL DO CORPO
Tipo 1Pele, derme, tendão, ligamento, olhos, cérebro e ossos
Tipo 2Cartilagem, zonas cartilaginosas perto dos tendões e vértebras
Tipo 3Derme, vasos sanguíneos, útero, intestino, fígado e baço
Tipo 4Membrana das células
Tipo 5Placenta, tecido embrionário, derme, ossos, olhos e superfície de células
Tipo 6Útero, derme, cartilagem e músculos
Tipo 7 Pele, membrana amniótica, olhos e mucosa
Tipo 8Olhos e vasos sanguíneos
Tipo 9Cartilagem, olhos e tendões
Tipo 10Cartilagem calcificante (parte do tendão)
Tipo 11Cartilagem e disco intervertebral
Tipo 12Derme, tendões e cartilagem
Tipo 13Células endoteliais (revestimento de vasos sanguíneos) e epiderme
Tipo 14Derme, tendões e cartilagem
Tipo 15Placenta, rins, coração, ovário e testículos
Tipo 16Coração, rins e músculo
Tipo 17Pele e epitélios especializados
Tipo 18Rins e fígado
Tipo 19Embriões, neurônios, membranas celulares, células musculares e tumores musculares
Tipo 20Olhos, tecido da pele embrionário, cartilagem e tendões
Tipo 21Parede de vasos sanguíneos e células musculares
Tipo 22Junções teciduais
Tipo 23Tumor de próstata
Tipo 24Regulação do colágeno tipo 1 e da diferenciação de células ósseas
Tipo 25Estrutura envolvida na doença de Alzheimer
Tipo 26Ovário e testículos
Tipo 27Cartilagem hipertrófica
Tipo 28Cérebro e neurônios
Tipo 29Epiderme, pulmão, testículo, intestino delgado e grosso
Fonte: The Collagen Suprafamily: From Biosynthesis to Advanced Biomaterial Development (2019).

Alguns tipos se repetem nos diferentes locais, mas geralmente um único tipo é o principal do tecido. Esse é o caso da pele, o principal colágeno encontrado é o tipo 1, mas outros são encontrados em camadas específicas do tecido como tipo 3 na derme e o tipo 13 na epiderme.

O colágeno também é encontrado em estruturas nocivas ao corpo, como tumores e a doença de Alzheimer, mas não quer dizer que a proteína faz mal. Essas doenças se desenvolvem a partir de tecidos que já existem no corpo e incorporam suas estruturas.

O que o colágeno faz no corpo quando suplementado?

Os efeitos do colágeno no corpo quando consumidos dependem do tipo de suplemento. Por ser uma proteína, se ingerido em sua forma natural, passará pelo processo de digestão e será absorvido na forma de peptídeos e aminoácidos.

Os aminoácidos são a menor estrutura que compõem as proteínas. Se absorvido dessa forma, o colágeno perde sua forma e consequentemente a função original, e os aminoácidos podem ser utilizados para a formação de qualquer outro componente do organismo.

A única forma de consumir um suplemento de colágeno com ação específica para os benefícios desejados é caso esteja como peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado. Assim, o colágeno não passa pelo processo de digestão e é absorvido da mesma forma que foi ingerido, mantendo suas propriedades.

Além disso, também é preciso que seja o tipo específico para o tecido alvo que deseja obter os benefícios. Por exemplo, para a pele é necessário consumir os peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado tipo 1, também conhecido como colágeno Verisol.

Quer  saber mais?

Referências:

Sorushanova A, Delgado LM, Wu Z, Shologu N, Kshirsagar A, Raghunath R, Mullen AM, Bayon Y, Pandit A, Raghunath M, Zeugolis DI. The Collagen Suprafamily: From Biosynthesis to Advanced Biomaterial Development. Adv Mater. 2019 Jan;31(1):e1801651.

Avalie este post
nutricionista maria eduarda fortes

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.