Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Softwares: ferramenta para otimizar a consulta nutricional

Softwares: ferramenta para otimizar a consulta nutricional

nutricionista utilizando software durante consulta nutricional
6 minutos de leitura

Cada vez mais temos contado com a tecnologia em diversos âmbitos de nossas vidas e podemos avaliar e escolher se o uso dela nos beneficiará ou não. 

Devido a essa evolução digital, existe uma grande demanda de softwares que visam à integração de práticas médicas e de saúde. 

E, no mundo da nutrição, não poderia ser diferente, podemos usar a tecnologia como uma ferramenta aliada da profissão. Os softwares voltados para a área da nutrição são ferramentas benéficas porque oferecem serviços essenciais para que os nutricionistas consigam otimizar as consultas a fim de prestar o melhor atendimento aos seus pacientes.

Por isso, a seguir, preparamos um material completo para ajudar a escolher o melhor software para você utilizar nas suas consultas.

Por que utilizar um software para as consultas?

A consulta nutricional, principalmente quando nos referimos à primeira consulta de um paciente, demanda mais tempo que as consultas de retorno, pois existe um foco maior do tempo dedicado a anamnese nutricional, avaliação física e clínica. 

Na maioria das vezes, durante as consultas, não são passadas orientações ou prescrições dietéticas, isso ocorre normalmente no pós-atendimento, porque não aprendemos a fazer uma gestão de tempo e de rotina que nos impeça de levar trabalho para casa. 

Assim, com o uso de softwares durante o atendimento, tudo muda, pois existe a possibilidade de simplificar o trabalho do nutricionista e reunir todas as ferramentas de trabalho em um só lugar torna o trabalho diário mais fácil, organizado e menos cansativo. 

Abaixo citamos alguns motivos para você entender o motivo de inserir um software nos seus atendimentos.

1. Gestão de pacientes através dos softwares 

Com a utilização de softwares é possível armazenar dados pessoais de cada um dos pacientes com mais segurança e organização, agendamento de consultas, evolução de medidas antropométricas, anamneses e de outras avaliações da sua prática clínica. 

Ou seja, é uma ferramenta para organizar o seu dia a dia, além de melhorar a análise de dados sobre o progresso do seu paciente. 

2. Facilidade na prescrição de planos alimentares através dos softwares

A maioria dos softwares permite que você deixe modelos de refeições e cardápios salvos para otimizar sua elaboração. Com isso, você consegue adequar os planos alimentares conforme a individualidade de cada paciente. 

Usando o software também é possível enviar o plano alimentar e demais materiais para o e-mail dos pacientes, disponibilizando informações para que ele mesmo possa calcular suas próprias receitas. Isso auxilia muito na variação de alimentos da dieta e melhora a adesão de cada um dos seus pacientes. 

3. Prescrições e solicitações de exames através dos softwares 

Na plataforma de um software você consegue fazer prescrições de suplementos (manipulados ou não), além de outras indicações alimentares. 

Nesse sistema, também é possível realizar a solicitação de exames bioquímicos, em que você seleciona os marcadores que deseja analisar 

4. Relacionamento com o paciente através dos softwares

Hoje em dia, o relacionamento com os pacientes é um dos principais fatores para a fidelização. Por isso, é importante que você aumente as possibilidades de relação e conexão com eles depois do atendimento nutricional

Assim, eles se sentirão acolhidos, cuidados e fazendo parte do seu próprio tratamento em busca do seu objetivo. 

Com os softwares é possível realizar o envio de mensagens por meio de chat e e-mails. Eles também possibilitam que o paciente preencha seu diário alimentar com fotos e vídeos, sendo que o profissional poderá comentar e direcionar suas refeições. 

Essa aproximação poderá tornar mais fácil o caminho da mudança de hábito alimentar!

3 dicas para você escolher o melhor softwares

1. Avalie o que é mais importante para o seu atendimento 

Você pode escolher um software que permita uma maior personalização e adição e edição de dados alinhados com o seu tipo de consulta.

2. Busque um software que atenda às necessidades do seu paciente

Além de ter clareza sobre o que é importante para o seu atendimento, ao buscar qual o melhor software para nutricionista é imprescindível ter em mente que ele deve atender às necessidades do seu paciente. 

Lembre-se: o atendimento precisa estar centrado no paciente, isso quer dizer que as necessidades de saúde dele e a obtenção dos resultados desejados são os principais objetivos por trás das tomadas de decisões relacionadas ao tratamento. 

Dessa forma, o software necessita apresentar funcionalidades que permitam ao profissional atender o paciente da melhor forma possível.

3. Pesquise e experimente

Faça uma pesquisa mais a fundo sobre as opções disponíveis no mercado e avalie qual o melhor software para nutricionista de acordo com o seu atendimento e as necessidades dos seus pacientes. 

Quais os prós e contras? Você também pode conversar com seus colegas de profissão sobre a experiência deles.

nutricionista utilizando software durante consulta nutricional

Opções de softwares para sua consulta

1. WebDiet

Esse software conta com diversas funcionalidades para otimizar o atendimento. 

Desde personalização do perfil do paciente, interface descomplicada, compartilhamento de casos clínicos, acesso à biblioteca científica até ferramentas de cálculo de receitas para facilitar o planejamento alimentar.

2. DietBox

Além de cálculos precisos de macro e micronutrientes para o planejamento alimentar, ferramentas de gestão do consultório, protocolos de atendimento clínico, consultas de videoconferência e agendamento on-line, o DietBox é um software que apresenta um aplicativo pelo qual o paciente acompanha a evolução do tratamento.

3. Avanutri

É um software que apresenta as opções Avanutri online (celular) e Avanutri PC que permitem a realização de uma anamnese nutricional e contém protocolos para o atendimento de todos os ciclos de vida e bancos de dados de alimentos, pois também se volta para a prescrição dietética.

4. Nutrium

Neste software é possível que os nutricionistas realizem a gestão do seu consultório, além de oferecer diversas funcionalidades para otimizar as consultas, como anamnese e antropometria; planos alimentares e receitas; lista de compras; cálculos automáticos, entre outros.

Também é possível manter contato com os pacientes através da plataforma.

Gostaria de compartilhar mais alguma dica com outros profissionais? Deixe nos comentários, para todos terem acesso! E se você tiver alguma dúvida, conte-nos para que o possamos auxiliar nessa jornada.

Quer saber mais?

5/5 - (2 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + seis =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.