Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Taurina: o que é, benefícios e quem pode tomar

Taurina: o que é, benefícios e quem pode tomar

mulher se alongando no parque
7 minutos de leitura

Taurina é um aminoácido produzido naturalmente pelo corpo humano, no entanto, também está presente em alimentos de origem animal e em bebidas energéticas.

Encontra-se espalhada por todo o organismo, porém, sua concentração maior está nos tecidos do coração, sistema muscular e no sistema nervoso central.

Devido a sua capacidade de melhorar o desempenho físico e mental, a taurina é muito adicionada em suplementos e bebidas energéticas.

Alguns estudos sugerem que a substância também está envolvida na redução do cansaço e fadiga, porém os efeitos da taurina no organismo ainda não são totalmente compreendidos pela ciência.

Como acontece a produção de taurina no organismo?

A taurina é sintetizada no fígado e cérebro a partir da metionina e cisteína, dois aminoácidos presentes em proteínas.

Por sua vez, a produção da substância necessita da presença de vitamina B6, pois este micronutriente contribui para o metabolismo das proteínas em geral.

A produção de taurina no organismo é um processo natural e tem grande importância na absorção dos lipídeos, por meio do intestino delgado.

Benefícios da Taurina 

Como dito anteriormente, as funções da taurina ainda não foram totalmente esclarecidas, mas estudos e pesquisas apontam alguns potenciais benefícios para a saúde.

1. Melhora do Sistema Cardiovascular

A taurina atua como transmissor metabólico, o que favorece e fortalece as contrações cardíacas, o que é benéfico para a manutenção da saúde do sistema cardiovascular.

Além disso, o aminoácido contribui para melhorar a eficiência do sistema arterial e consegue controlar os níveis de pressão sanguínea, evitando a hipertensão.

2. Aumento da resistência física 

Entre atletas, a taurina é um dos suplementos usados para melhorar o desempenho físico nos esportes.

Dessa forma, a substância reduz a fadiga nos músculos, aumenta a resistência e contribui para melhores resultados nos treinos.

3. Oferece proteção contra a oxidação celular 

A taurina é um aminoácido com características antioxidantes, ou seja, evita o estresse oxidativo das células.

Nesse sentido, ela protege o corpo da ação dos radicais livres, diminuindo a instabilidade das células, o que protege contra sintomas como rugas e envelhecimento precoce, além de diminuir as chances de câncer.

4. Melhora da saúde da visão 

O efeito antioxidante da taurina evita o aparecimento de doenças oculares, já que aumenta a proteção das células da retina.

Além disso, alguns estudos sugerem que o aminoácido pode melhorar o tratamento de doenças que podem causar cegueira, como a retinopatia diabética e o glaucoma.

mulher tomando bebida energética

5. Regulação do sistema nervoso

Uma das funções da taurina é agir como moduladora e controlar a excitabilidade dos neurônios, fazendo com que o excesso de estímulos não dificulte a concentração.

Neste caso, ela pode auxiliar na diminuição da hiperatividade, reduzir o estresse e ansiedade e contribuir para a melhora do humor e do sono.

6. Efeito Desintoxicante 

Uma das razões pelas quais muitas pessoas usam taurina em forma de suplemento é porque o aminoácido tem um efeito desintoxicante.

Assim, ela facilita a excreção de substâncias inúteis e inapropriadas pelo fígado, eliminando as impurezas do corpo.

7. Estimula o anabolismo

Uma das possíveis funções da taurina é intensificar os efeitos da insulina, melhorando o funcionamento do metabolismo da glicose e dos aminoácidos.

Nesse sentido, ela pode favorecer o anabolismo, que é a produção de energia e moléculas para as funções metabólicas e fisiológicas.

8. Controle do colesterol

A taurina intensifica a função da vesícula biliar, fazendo com que as moléculas de colesterol possam ser eliminadas mais facilmente através da bile.

Este benefício contribui para diminuir os níveis de colesterol ruim e auxilia na melhor absorção e degradação das moléculas de gordura.

9. É um potencial vasodilatador

Uma das possíveis capacidades da taurina é auxiliar no equilíbrio dos níveis de potássio, cálcio e magnésio no interior das células cardíacas.

Este efeito melhora o funcionamento do sistema cardíaco e impede acontecimentos graves como insuficiência cardíaca, infartos e falta de oxigenação.

Alimentos fontes de taurina

Os alimentos ricos em taurina são:

  • Peixes;
  • Frutos do mar;
  • Carne de frango;
  • Aves;
  • Carne bovina;
  • Carne suína;
  • Beterraba;
  • Feijão;
  • Nozes e castanhas
  • Bebidas energéticas.
bebida energética

Taurina em bebidas energéticas

As bebidas energéticas são usadas para melhorar a disposição e diminuir sintomas como cansaço, sono e fadiga.

No entanto, a maior parte dos energéticos associam substâncias estimulantes como cafeína e taurina em um mesmo produto.

Neste caso, é preciso ter cuidado no consumo excessivo desses produtos, pois eles podem gerar riscos à saúde.

As bebidas energéticas podem provocar eventos como mal funcionamento do coração, insuficiência renal e problemas relacionados à impotência sexual.

Nesse sentido, a melhor forma de ingerir substâncias estimulantes é optar pela taurina ou pela cafeína de maneira isolada.

Caso prefira tomar energéticos, deve tomar cuidado com a quantidade, pois doses acima de 500 mls podem atrapalhar a saúde do sono e causar os eventos já mencionados.

Como tomar taurina?

A taurina pode ser tomada em forma de cápsulas, em pó ou em líquido, que podem ser adquiridas em lojas de suplementos.

Para reduzir o catabolismo protéico, ou seja, diminuir a perda de músculos, deve-se suplementar 500 mg do suplemento, 3 vezes ao dia.

Por sua vez, a taurina líquida é mais indicada para manter a hidratação e melhorar o condicionamento físico.

Com relação ao horário de tomar, a taurina pode ser consumida antes ou após os exercícios físicos.

No entanto, as doses podem variar de acordo com o objetivo e devem ser supervisionadas por um nutricionista.

Existe algum risco ao tomar taurina por meio de suplementos?

A suplementação de taurina é segura, desde que não ultrapasse 1500 mg/dia. No entanto, ela não é indicada para qualquer pessoa.

Sendo assim, aqueles que praticam exercícios leves ou em baixa frequência devem optar pelas fontes alimentares do aminoácido.

Além disso, é importante evitar superdosagem, pois o excesso de taurina pode gerar uma sobrecarga renal.

Quem não pode tomar taurina?

Quem não pode tomar taurina deve evitar bebidas e suplementos ricos no nutriente se fizer parte do grupo de:

  • Hipertensos;
  • Mulheres grávidas;
  • Mulheres que estejam amamentando;
  • Portadores de doença hepáticas e renais;
  • Pessoas com problemas cardíacos;
  • Crianças de 0 a 16 anos;
  • Idosos em idade avançada.

Considerada natural, a taurina é segura para o organismo, tanto através dos alimentos. Porém, nesse grupo deve-se evitar altas concentrações presentes em suplementos e bebidas energéticas.

Quer saber mais?

Referências: 

Rafiee Z, García-Serrano AM, Duarte JMN. Taurine Supplementation as a Neuroprotective Strategy upon Brain Dysfunction in Metabolic Syndrome and Diabetes. Nutrients. 2022 Mar 18;14(6):1292. 

Curran CP, Marczinski CA. Taurine, caffeine, and energy drinks: Reviewing the risks to the adolescent brain. Birth Defects Res. 2017 Dec 1;109(20):1640-1648. 

Waldron M, Patterson SD, Tallent J, Jeffries O. The Effects of an Oral Taurine Dose and Supplementation Period on Endurance Exercise Performance in Humans: A Meta-Analysis. Sports Med. 2018 May;48(5):1247-1253. 

Qaradakhi T, Gadanec LK, McSweeney KR, Abraham JR, Apostolopoulos V, Zulli A. The Anti-Inflammatory Effect of Taurine on Cardiovascular Disease. Nutrients. 2020 Sep 17;12(9):2847. 

Baliou S, Adamaki M, Ioannou P, Pappa A, Panayiotidis MI, Spandidos DA, Christodoulou I, Kyriakopoulos AM, Zoumpourlis V. Protective role of taurine against oxidative stress (Review). Mol Med Rep. 2021 Aug;24(2):605. 

Tagawa R, Kobayashi M, Sakurai M, Yoshida M, Kaneko H, Mizunoe Y, Nozaki Y, Okita N, Sudo Y, Higami Y. Long-Term Dietary Taurine Lowers Plasma Levels of Cholesterol and Bile Acids. Int J Mol Sci. 2022 Feb 4;23(3):1793. 

Wen C, Li F, Zhang L, Duan Y, Guo Q, Wang W, He S, Li J, Yin Y. Taurine is Involved in Energy Metabolism in Muscles, Adipose Tissue, and the Liver. Mol Nutr Food Res. 2019 Jan;63(2):e1800536.

5/5 - (1 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + doze =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.