O número de pessoas acima do peso tem apontado dados alarmantes no mundo, segundo a ABESO – Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, a projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso; e mais de 700 milhões, obesos. E o número de crianças com sobrepeso e obesidade no mundo pode chegar a 75 milhões, caso nada seja feito. Os principais motivos que contribuem para esse dado alarmante é o sedentarismo e à má alimentação. Nesse contexto, tem crescido o interesse pelo alimento termogênico natural.

Termogênico natural

Termogênicos naturais são alimentos com propriedades que induzem o metabolismo a trabalhar em ritmo mais acelerado, elevando a temperatura corporal e estimulando a lipólise (quebra de gordura para geração de energia).

Alguns elementos como exercício e alimentação podem induzir o corpo a realizar a termogênese, que é a produção e dispersão de calor do corpo através do gasto de energia. Segundo estudos, essa atividade representa 10% do gasto energético diário. Confira 5 alimentos com propriedades termogênicas e que podem te ajudar a acelerar o metabolismo:

  • Chá de Hibisco

O chá é produzido a partir das flores africanas Hibiscus sabdariffa. Além de suas propriedades termogênicas, que auxiliam no emagrecimento, apresenta excelente concentração de flavonoides, polifenois, ácidos orgânicos e vitamina A, que além de desempenharem ação antioxidante, neutralizam a ação dos radicais livres, que podem causar doenças degenerativas de envelhecimento e morte celular. O chá também reduz a adipogênese, formação de novas células de gordura, combatendo o acúmulo de gorduras em locais como o abdômen, cintura e quadril.

  • Chá-verde

Bebida feita a partir da infusão da planta fitoterápica Camellia sinensis,  apresenta o aumento da termogênese devido a suas altas concentrações de cafeína e polifenois (catequinas). Suas substâncias atuam estimulando o metabolismo lipídico, assim, auxiliando na redução da gordura corporal.

  • Gengibre

Planta herbácea da família das Zingiberaceae, o gengibre é considerando um termogênico natural devido aos seus compostos ativos, entre os quais, o gingerol, que também desempenha importante ação anti-inflamatória. O alimento é muito versátil e pode ser utilizado em receitas de sopas, cremes, saladas e sucos detox, como chá e em outras preparações. Os elementos contidos nesta raiz termogênica tornam a digestão mais difícil, forçando o corpo a acelerar o metabolismo e aumentando a queima calórica que favorece a perda de peso.

  • Guaraná

As sementes do guaraná (Paullinia cupana) contêm substâncias com propriedades estimulantes (derivados da xantina, como a cafeína, a teofilina e a teobromina), que aumentam a resistência nos esforços mentais e musculares e diminuem a fadiga motora e psíquica, favorecendo a perda de peso. Além dessas propriedades, o alimento também possui flavonoides, fósforo, ferro, magnésio, potássio, cálcio, vitamina A e vitamina B1. O consumo do guaraná deve ser feito com acompanhamento médico pois, se ingerido em excesso, provoca efeitos colaterais como insônia, taquicardia e azia.

  • Pimenta vermelha

Ela atua desempenhando um importante papel acelerador do metabolismo. Ao ser consumida eleva a temperatura corpórea induzindo a maior gasto calórico. A ação da pimenta vermelha aumenta em 20% a atividade metabólica e além de ser excelente parceira de quem deseja perder peso, a pimenta também é benéfica para o sistema cardiovascular, controle do colesterol e é anti-inflamatória.

Ômega 3 - Tudo o que você precisa saber