O que é a sarcopenia?

A sarcopenia é uma condição natural ao organismo que aparece, principalmente, com o avanço da idade. De origem grega, a palavra sarcopenia significa “perda de massa magra”. 

A partir dos 30 anos, cerca de 1% da massa muscular do nosso corpo se perde, quando não adotado estratégias para combater. E com o envelhecimento, a porcentagem de idosos com condições mais severas chegam a mais de 50%.

Alguns fatores podem acentuar o desenvolvimento da sarcopenia em idosos, são eles: a alimentação inadequada, perda de apetite, alterações hormonais, maior inflamação com aumento da idade, perda de fibras musculares tipo II, etc. 

Quais suplementos alimentares ajudam a sarcopenia

Pensando na promoção da qualidade de vida e redução da fragilidade do idoso com sarcopenia, suplementos proteicos são recomendados.

Suplementos como: creatina, whey protein, aminoácidos de cadeia ramificada, HMB (β‑hidroxi-β‑metilbutirato) glutamina e outros suplementos de proteína.

Pois para todos eles, existe pelo menos indícios na literatura científica de benefícios para tratar as condições envolvendo a sarcopenia. 

E mais recentemente o colágeno mostrou resultados positivos no ganho de massa muscular em idosos.

Suplementação de colágeno e sarcopenia

Um estudo clínico publicado em 2015 testou a suplementação de colágeno da matéria prima BodyBalance em idosos sarcopênicos classe 1 e 2.

Um grupo recebeu o colágeno BodyBalance com uma dose de 15g ao dia. Enquanto o outro grupo recebeu outro suplemento que não provocaria efeitos no ganho de massa muscular (15g de maltodextrina).

Após 3 meses de suplementação diária e prática regulares de exercícios físico, o colágeno aumentou em 50% o ganho muscular e reduz 50% a gordura corporal. Além disso, os idosos que tomaram o colágeno também tiveram um aumento de 100% da força muscular, melhorando de forma significativa a sarcopenia.

Apesar de ser um estudo inicial, e com limitações, para a prática clínica, a suplementação de colágeno é segura para todas as idades e condições, sem contraindicação para o consumo.

Dessa forma, o colágeno se tornou mais uma opção proteica para ajudar a evitar os agravos da sarcopenia.

Suplementos proteicos em geral, portanto, podem ser uma excelente alternativa de tratamento para a sarcopenia. Mas a orientação nutricional da alimentação saudável não deve ser dispensada.

Apesar das dificuldades, deve ser incentivado sempre uma alimentação rica em proteínas e a prática de exercícios físicos regularmente.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um suplemento de colágeno de altíssima qualidade específico para os músculos?

 

Referências:

PERUCHI, RACHEL FERNANDA PECEGO et al. SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL EM IDOSOS (AMINOÁCIDOS, PROTEÍNAS, PUFAS, VITAMINA DE ZINCO) COM ÊNFASE EM SARCOPENIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Revista UNINGÁ Review, v. 30, n. 3, 2018.

BLOOM, Ilse et al. Diet quality and sarcopenia in older adults: a systematic review. Nutrients, v. 10, n. 3, p. 308, 2018.

ZDZIEBLIK, Denise et al. Collagen peptide supplementation in combination with resistance training improves body composition and increases muscle strength in elderly sarcopenic men: a randomised controlled trialBritish Journal of Nutrition, v. 114, n. 8, p. 1237-1245, 2015.

LIAO, Chun-De et al. Effects of protein supplementation combined with resistance exercise on body composition and physical function in older adults: a systematic review and meta-analysis. The American journal of clinical nutrition, v. 106, n. 4, p. 1078-1091, 2017.

CRUZ-JENTOFT, Alfonso J. et al. Nutrition, frailty, and sarcopenia. Aging clinical and experimental research, v. 29, n. 1, p. 43-48, 2017.