Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Cutting: o que é e como funciona

Cutting: o que é e como funciona

Colágeno para os músculos funciona.
5 minutos de leitura

O cutting é uma estratégia que ocorre pós-bulking. Tem como objetivo principal a redução da gordura adquirida no bulking com foco na preservação da massa muscular.

Por sua vez, no bulking, ocorre o ganho de peso com foco no aumento do volume muscular. Ambas estratégias, são feitas comumente por fisiculturistas e atletas de alta performance.

A estratégia se baseia em uma alimentação low carb, rica em proteínas e com baixa concentração de gordura. Acompanhada por exercícios físicos que estimulam a perda de gordura corporal.

Bulking x Cutting 

Primeiramente, antes de explicar o que é o cutting, é importante falar sobre o bulking. Afinal, o bulking e o cutting são estratégias complementares. O bulking acontece fora de temporada e tem um período de realização que varia entre 4 a 6 meses. 

O objetivo principal do bulking é o ganho de força e volume muscular por meio do aumento do consumo alimentar. Existem dois tipos do bulking: o sujo e o limpo.

O bulking sujo se dá pelo consumo, sem restrições, de alimentos com o objetivo de ganho de peso. E, consequentemente, de massa muscular.

Por sua vez, no bulking limpo, as escolhas alimentares são feitas com base em uma alimentação saudável, evitando o consumo de alimentos industrializados, por exemplo.

Após a realização do bulking, ocorre o cutting. Que tem como objetivo principal a diminuição da gordura corporal e a definição muscular. Ambas estratégias são indicadas para fisiculturistas e atletas de alta performance

O que é o cutting?

Cutting é um termo em inglês que significa corte. O nome tem relação com o principal objetivo da estratégia, que é a redução de gordura corporal.

É uma estratégia que consiste em uma dieta hipocalórica e low carb. Priorizando o consumo de proteínas, o principal nutriente para a construção muscular. É realizado na fase de preparação das competições.

O cutting ocorre após a dieta bulking. Sendo assim, a estratégia tem como objetivo reduzir a gordura adquirida no processo anterior, porém, com foco na preservação da massa muscular.

Como funciona o cutting? 

No cutting ocorre a diminuição do consumo de carboidratos simples como farinha branca, alimentos industrializados e açúcares. A ingestão de fontes alimentares de proteínas e gordura boa é priorizada.

Com a adequação do consumo de proteínas e a prática intensa de atividade física, ocorre a definição dos músculos e a diminuição da gordura corporal.

Porém, além disso, para que a estratégia funcione corretamente é necessário que o indivíduo esteja em déficit calórico. Ou seja, que o gasto calórico seja maior do que o consumo energético. 

O cálculo do déficit calórico se dá pelo resultado do GET (gasto energético total). Nele, o individuo consegue identificar quantas calorias precisa para realizar as funções vitais do corpo e quanto precisa ser o consumo para o processo de hipertrofia masculina ou hipertrofia feminina.

Portanto, o acompanhamento com um nutricionista é primordial não apenas para a realização do cálculo, mas também para o monitoramento no processo. Visando em uma alimentação saudável com ênfase no déficit calórico.

Como é a dieta de cutting? 

Além de estar em déficit calórico, é importante a adequação da quantidade de macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) e das calorias consumidas. O indicado é que o indivíduo reduza, pelo menos, 500 calorias do que está habituado a consumir.

A qualidade da alimentação também deve ser priorizada, uma vez que a dieta para ganho de massa muscular precisa conter macro e micronutrientes.

O consumo de proteínas deve ser calculado e adequado individualmente. Pois, além de atuar diretamente na definição dos músculos, ela evita que ocorra o catabolismo muscular.

Dentre as proteínas de origem animal, são indicadas o consumo de carnes magras como patinho, lagarto, alcatra e maminha. Além de carne branca como peixes e frango sem pele e com cortes magros.

Proteínas de origem vegetal como leguminosas e oleaginosas também estão liberadas, e devem ser incluídas na rotina alimentar.

É aconselhado também que seja adicionado à dieta, alimentos in natura, sementes e grãos integrais. E que a ingestão de alimentos industrializados e bebidas alcoólicas seja evitada.

Ao longo da estratégia, o consumo de suplementos como, whey protein, colágeno, creatina e cafeína pode favorecer para o surgimento dos benefícios.

Quando terminar o cutting?

É importante manter o cutting pelo tempo e período indicado pelo profissional que supervisiona e orienta a prática. Mas, normalmente, a estratégia tem duração de até 16 semanas.

Após esse intervalo, caso a estratégia não seja interrompida, pode haver a perda de massa muscular. Trazendo prejuízos ao atleta que realizará a competição.

Ademais, não é indicado que o déficit calórico seja mantido por muito tempo, pois pode prejudicar o funcionamento saudável do metabolismo e comprometer a saúde dos músculos.

Quer saber mais?

Referências

ARRAES, Caio Tavares; MÉLO, Roberta de Sousa. Negociando limites, manejando excessos: vivências cotidianas de um grupo de fisiculturistasMovimento, v. 26, 2020.

RODRIGUES, Tatiany et al. Uma revisão de literatura sobre a dieta de fisiculturistas. 2020.

FIGUEIRÊDO, André Ramalho; OLIVEIRA, Elaine Cristina Rocha. ESTRATÉGIAS NUTRICIONAIS NO FISICULTURISMO NUTRITIONAL STRATEGIES IN BODYBUILDING. Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro, v. 8, p. 08, 2022.

RAMOS, Tamires Araújo; SANTOS, Jânio Sousa. Dietas para atletas fisiculturistas: Uma revisão. Research, Society and Development, v. 11, n. 16, p. e133111637846-e133111637846, 2022.

MENON, Daiane; SANTOS, Jacqueline Schaurich dos. Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscularRevista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 18, p. 8-12, 2012.

Avalie este post

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

2 comentários em “Cutting: o que é e como funciona”

  1. Artigo esclarecedor sobre cutting! Destaque para a explicação concisa das diferenças entre bulking e cutting, com ênfase na importância para fisiculturistas. Informações claras sobre a dieta de cutting, enfatizando o déficit calórico e a prioridade para proteínas. Ótima orientação de forma sucinta! 💪🥗

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.