Diversos fatores podem influenciar na complexidade dos mecanismos da atividade dos ossos, um deles são as condições nutricionais como as concentrações de vitaminas, minerais e proteínas consumidas pela alimentação. Esses nutrientes são fundamentais para o desenvolvimento e manutenção da estrutura corpórea. Com relação a isso, vale ressaltar que, com o passar da idade, a gente vai perdendo massa óssea por um processo natural, elevando o risco de osteoporose. Por isso é muito importante a adequação do consumo desses nutrientes essenciais ao longo da vida. Confira os nutrientes de extrema importância à saúde óssea:

  • Cálcio

A maior quantidade deste mineral encontra-se depositada no tecido ósseo, sendo componente essencial na constituição da sua matriz. A ingestão adequada de cálcio correlaciona-se com o menor risco para perda óssea e fraturas, pois participa do cristal de hidroxiapatita, que dá resistência mecânica aos ossos.

  • Vitamina D

A vitamina D exerce papel fundamental na absorção intestinal do cálcio dietético e na sua reabsorção que acontece nos rins. Portanto, essa relação com o cálcio faz da vitamina D necessária para manutenção das estruturas esqueléticas e  diminuição do risco de fraturas.

  • Colágeno

Uma das proteínas estruturais mais abundantes no organismo, o colágeno corresponde a aproximadamente 25 a 30% de toda proteína corporal. Sua deficiência está associada à diminuição da densidade óssea e redução da elasticidade e força motora das articulações e dos ligamentos.

Entenda qual o melhor colágeno para as articulações.

  • Vitamina C

Também denominada de ácido ascórbico, a vitamina C, além de sua ação antioxidante, promove a ativação de duas enzimas, a lisil e a prolil hidroxilasesessenciais, essenciais na síntese do colágeno. Assim, a vitamina C participa dos processos de formação e estabilização do colágeno no organismo.

O que danifica a saúde óssea?

Assim como uma boa alimentação e o consumo em especial de alguns nutrientes são necessários para ajudar a manter a saúde do corpo, é preciso ter cuidado com outros alimentos que podem prejudicar os ossos. Veja a lista com alguns desses alimentos: 

  • Refrigerante: 

Os refrigerantes, em sua maioria, contêm um alto teor de ácido fosfórico, que reduz a absorção de cálcio e aumenta a taxa da sua eliminação pela urina. Então, se o seu objetivo é fortificar os ossos, a melhor escolha é evitar o consumo desse tipo de bebida.

  • Cafeína

É uma substância que possui um elemento chamado xantina, que assim como o ácido fosfórico, aumenta a excreção do cálcio pela urina. Para cada 100 mg de café, perde-se 6 mg de cálcio. Parece pouco, mas com o excesso do consumo de bebidas que possuem cafeína, como os chás e café, isso se torna um risco para a saúde óssea.

  • Sal

O sal contribui para tirar o cálcio dos ossos, podendo enfraquece-los ao longo do tempo. Para alguns nutricionistas, a cada 2.300 miligramas de sódio que você ingere, você perde cerca de 40 miligramas de cálcio.

 

Com relação aos nutrientes citados para o benefício da saúde óssea, é válido reforçar sobre o colágeno, pois, com o passar da idade, o organismo também diminui a velocidade de sua síntese. É fundamental o consumo adequado dessa proteína, além de alimentação nutricionalmente balanceada e prática de atividade física.

colágeno tipo 2 melhores marcas