Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Dor no joelho ao dobrar e agachar: quais são as possíveis causas?

Dor no joelho ao dobrar e agachar: quais são as possíveis causas?

dor no joelho ao dobrar e agachar
7 minutos de leitura

A dor no joelho ao dobrar e agachar é um sintoma bastante comum para diversas condições. Podendo ser causada por uma tendinite patelar, osteoartrite, lesões do ligamento ou até mesmo uma artrite reumatoide.

Em todo caso, qualquer dor no joelho pode ser indicativo de um problema sério na articulação. Ainda mais se ela for constante e durar mais de 3 dias.

Por essa razão, o ideal é sempre consultar um ortopedista para investigar a causa e nunca se automedicar.

Logo abaixo, segue uma lista com as possíveis causas para a dor no joelho ao dobrar e agachar, e o que fazer para melhorar. Confira!

1 – Tendinite patelar

A tendinite patelar é caracterizada por uma inflamação no tendão responsável por conectar a tíbia à rótula.

Ela costuma ser comum em atletas que praticam provas de saltos, como vôlei ou basquete. Mas também pode ocorrer em qualquer pessoa devido a esforços repetitivos, que geram um alto estresse para o tendão.

Consequentemente, ele começa a ficar inflamado e enfraquecido. O que resulta nas fortes dores no joelho ao dobrar e agachar, inchaço e sensibilidade na região.

2 – Lesões do ligamento

As lesões do ligamento do joelho podem acontecer por causa de pancadas, mudanças repentinas de velocidade ou direção durante uma atividade ou golpe direto.

Elas podem ocorrer de duas maneiras: através de uma lesão do ligamento cruzado ou lesão do ligamento lateral.

Em resumo, a lesão do ligamento cruzado costuma ser a mais comum. Ela acontece depois de uma pancada, golpe direto ou movimento inadequado. Sendo possível ouvir um “estalo” depois do ato.

Assim, junto com a dor no joelho ao dobrar e agachar, é possível observar inchaço, vermelhidão e sensibilidade na região.

Já a lesão do ligamento lateral, por sua vez, ocorre quando há um golpe direto na parte externa ou interna do joelho. Gerando dor no joelho na parte da frente ou de trás, respectivamente.

3 – Síndrome patelofemoral

A síndrome patelofemoral, também chamada de condromalácia patelar, é uma doença causada pelo uso excessivo e lesões na articulação do joelho.

Ela é muito comum em atletas, praticantes de atividade física, adolescentes e adultos jovens, sobretudo nas mulheres. Sendo o motivo mais habitual para a dor no joelho ao agachar e dobrar.

Inclusive, essa dor pode ficar mais intensa ao correr e subir escadas. Isso se dá porque a cartilagem ao redor da patela fica desgastada devido aos traumas.

4 – Bursite no joelho

A bursite no joelho é uma condição na qual há uma inflamação na bursa, uma pequena bolsa que armazena líquidos a fim de proteger e amortecer o tendão contra impactos.

Quando há movimentos repetitivos constantes no joelho, ocorre uma sobrecarga dessas bursas. Que geram inflamação, desgaste e fortes dores na região.

Paralelo a isso, também é possível observar inchaço e maior sensibilidade no joelho. Podendo sentir dor até mesmo ao caminhar.

5 – Artrite reumatoide

A artrite reumatoide é uma doença autoimune na qual o sistema de defesa ataca as suas próprias articulações.

Com isso, o indivíduo sente fortes dores, inchaços e rigidez em diversas áreas do corpo. Podendo também sentir dor no joelho ao dobrar e agachar.

Em alguns casos, as dores costumam ser mais intensas pela manhã, ao acordar. E vão diminuindo ao longo do dia.

6 – Cisto de Baker

O cisto de Baker é um caroço formado atrás do joelho, que gera bastante dor e desconforto ao dobrar e agachar.

Ele pode ser causado devido a alguma disfunção que resultou em degeneração da articulação. Como é o caso de rupturas e artrite, que provocam uma inflamação crônica na região.

7 – Osteoartrite no joelho

A osteoartrite no joelho é um desgaste do tecido conjuntivo fibroso e da cartilagem. Podendo ser causada devido a exercícios de alto impacto, envelhecimento, cirurgias, obesidade, desvios e genética.

Além da dor no joelho ao dobrar e agachar, também é possível observar estalos, rigidez, inchaço e instabilidade.

8 – Síndrome da banda iliotibial

A síndrome da banda iliotibial gera dor na lateral do joelho, sendo um problema habitual de corredores e ciclistas. Isso porque, ela ocorre por causa do exagero no exercício físico.

No começo, o indivíduo tende a sentir uma dor leve, mas ela pode se tornar mais intensa com o passar do tempo.

9 – Rupturas do menisco

As rupturas do menisco são uma das causas mais comuns para dor no joelho ao dobrar e agachar, principalmente em jovens.

Elas acontecem devido a rompimentos que podem ser causados durante uma prática esportiva, torção ou rotação violenta.

Logo ao gerar a ruptura, é possível ouvir um estalo. Em seguida, ocorre rigidez, inchaço, dor e travamentos no joelho.

O que fazer para melhorar a dor no joelho ao dobrar e agachar?

Para cada condição que leva a dor no joelho ao dobrar e agachar, existe um tratamento indicado. Que pode variar entre medicação, massagem, imobilização, fisioterapia, repouso, compressa com gelo, treinamento resistido ou até mesmo cirurgia.

Por isso, o indicado é consultar um ortopedista para fazer todos os exames necessários e realizar a melhor terapêutica.

Qual remédio tomar ao sentir dor no joelho ao dobrar e agachar?

Os medicamentos para aliviar dor no joelho ao dobrar e agachar podem ser os anti-inflamatórios ou analgésicos, sempre prescritos pelo médico.

É muito importante ressaltar que todo remédio deve ser utilizado apenas com orientação de um profissional. Uma vez que ele pode provocar efeitos colaterais e maior complicação do problema.

Colágeno no fortalecimento do joelho

O colágeno tipo 2 é uma proteína crucial para manter a integridade, flexibilidade e resistência das articulações. Sendo muito importante para prevenir traumas e tratar os processos inflamatórios na região.

Por essa razão, utilizar o suplemento de colágeno tipo 2 pode ser uma excelente estratégia para melhorar as dores e contribuir no tratamento das doenças do joelho.

Neste caso, o ideal é optar por um suplemento que ofereça 40 mg de colágeno tipo 2. E que também contenha o colágeno tipo 1, que é fundamental para manter os ossos mais fortes, resistentes e saudáveis. 

Quer saber mais?

collagen move

Referências

GÁBOR, S. A nem denaturált 2-es típusú kollagén hatása az arthrosisra. ÖSSZEFOGLALÓ KÖZLEMÉNY. v. 162, n. 37, p. 1481-1484, 2021.

PAULA, L. F. B. et al. EFICÁCIA DO TREINAMENTO RESISTIDO NO TRATAMENTO DA CONDROMALÁCIA PATELAR: REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA. REVISTA BRASILEIRA DE PRESCRIÇÃO E FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO. v. 16, n. 101, p. 63-72, 2022.

RODRIGUES, A. J.; CAMARGO, R. S. TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA OSTEOARTRITE DE JOELHO: REVISÃO DE LITERATURA. Cadernos da Escola de Saúde. v. 2, n. 14, p. 101-114, 2015.

YAMADA, E. F. et al. Efeito dos exercícios de fortalecimento, de marcha e de equilíbrio no tratamento de osteoartrite de joelho. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. v. 26, n. 3, p. 5-13, 2018.

Avalie este post

Nutricionista pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e pós graduada em Comportamento Alimentar pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS).

Experiência acadêmica em pesquisa científica e produção de conteúdos com embasamento científico. Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 13 =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.