Não, nem o consumo de ômega 3 através da alimentação nem o consumo de ômega 3 através da suplementação aumento o nosso colesterol. Agora que você já sabe isso, vou te explicar como, na verdade, o ômega 3 é capaz de diminuir o colesterol, triglicerídeos e assim melhorar toda a sua saúde cardiovascular!

Ômega 3 e colesterol

O consumo adequado de ômega 3, tanto pela alimentação quanto pela suplementação, exerce um efeito em nosso corpo que chamamos de “transporte reverso” com o colesterol.

Esse efeito significa que quando consumimos o ômega 3, ele consegue agir aumentando a concentração de moléculas que irão fazer o colesterol literalmente sair das nossas veias e ser liberado no sangue. Isso é bom, porque quando o colesterol vai pro sangue nós temos a oportunidade de nos livrar dele (1).

Quando digo nos livrar, é querendo dizer que o ômega 3 consegue, quando consumido de forma adequada e diariamente, diminuir a concentração de colesterol em nosso sangue.

Lembrando que isso acontece com aquele colesterol que chamamos de “colesterol ruim” (LDL) enquanto o ômega 3 consegue melhorar o “colesterol bom” (HDL).

Portanto, se você não exagerar no consumo de ômega 3 (por mais difícil que isso seja, vale a recomendação de evitar exageros), você poderá ter esse benefício para a sua saúde de forma natural, e assim, diminuir o uso de medicamentos. 

Mas antes de interromper qualquer medicação, refaça seus exames de rotina e consulte seu médico.   

Ômega 3 melhora triglicérides

Assim como o ômega 3 diminui o colesterol, ele também consegue diminuir os triglicérides. Essa melhora é principalmente para quem sofre com dislipidemia (colesterol e triglicérides aumentado).

Além disso, vale se atentar que a recomendação para esse caso específico é o consumo do ômega 3 em jejum. Apesar de não existir um melhor horário, uma recente estudo de revisão de um grupo de pesquisadores japoneses afirmou que a maioria dos casos de melhora, foi com o consumo do suplemento em jejum (2).

Portanto se o seu objetivo é esse, vale seguir essa recomendação de tomar o suplemento em jejum, e aí sim se alimentar normalmente. Mas nos demais casos, não existe um melhor horário para consumir ômega 3. 

Inclusive, a recomendação mais comum é de suplementar ômega 3 junto a refeições grandes, para evitar desconforto na região abdominal e refluxo. 

Suplementação de ômega 3 para o coração

Como a maioria de nós, não atingimos a quantidade adequada de ômega 3 apenas pela alimentação, a sua suplementação é quase obrigatória. Além de cuidar da saúde do coração e diminuir riscos de diversas doenças cardiovasculares, o ômega 3 ajuda com tantos outros benefícios importantes para a nossa saúde.

Por exemplo, a suplementação de ômega 3 melhora a concentração, memória, a locomoção de idosos, previne o desenvolvimento de doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkison além de tantos outros benefícios para a saúde.

Quando me perguntam qual o suplemento que recomendo para todos, com certeza falo do ômega 3! Minha única ressalva é sobre a qualidade do suplemento. Mas para saber mais você pode ver o vídeo aqui em baixo ou outros conteúdos sobre isso aqui em baixo, na sessão de quer saber mais!

E se ficar com dúvidas, não deixe de nos perguntar aqui no final na sessão de comentários, lembrando que todos nossos textos possuem as referências científicas que utilizamos aqui no final para você consultar 😉 

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um ômega 3 de altíssima qualidade?

Referências:

1- PIZZINI, Alex et al. The role of omega-3 fatty acids in reverse cholesterol transport: A review. Nutrients, v. 9, n. 10, p. 1099, 2017.

2- KAWASAKI, Yohei et al. Efficacy of DHA and EPA On Serum Triglyceride Levels of Healthy Participants: Systematic Review. International Journal of Nutrition, v. 3, n. 2, p. 22, 2019.

3- DA SILVA, Camila Pacheco et al. os Benefícios dos Ácidos Graxos Ômega 3 na Alimentação: uma Breve RevisãoInternational Journal of Nutrology, v. 11, n. S 01, p. Trab600, 2018.