Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » 10 suplementos para aumentar o desejo feminino

10 suplementos para aumentar o desejo feminino

suplementos para aumentar o desejo feminino
7 minutos de leitura

A busca por produtos naturais tem sido cada vez mais frequente para diversos fins. E quando se trata da saúde da mulher, uns dos mais buscados são os suplementos para aumentar o desejo feminino.

De modo geral, esses suplementos são feitos a partir de vegetais ou nutrientes que atuam na modulação da libido. Sendo grandes aliados para melhorar a qualidade de vida sexual tanto de mulheres como de homens.

Confira a seguir os 10 melhores suplementos para aumentar o desejo feminino e como eles atuam no organismo!

1 – Maca peruana

A maca peruana é um tubérculo nativo da região dos Andes, utilizada há milênios devido a sua poderosa ação afrodisíaca. Desse modo, ela ficou conhecida popularmente como a “Viagra dos Incas”.

Ela atua no aumento da libido da mulher por duas vias: a partir do aumento do fluxo sanguíneo no clitóris e nos lábios vaginais; e por meio da estimulação sexual e orgástica.

2 – Ômega 3

O ômega 3 é uma gordura essencial para a produção de hormônios sexuais. E, consequentemente, para a manutenção do desejo sexual.

Além disso, o ômega 3 é importante para a síntese de neurotransmissores estimulantes, como a dopamina.

3 – Zinco

O zinco é um mineral que atua em inúmeras reações metabólicas do corpo, como no processo de produção de hormônios.

Logo, a deficiência de zinco pode gerar um desequilíbrio hormonal. Que, por sua vez, pode resultar em queda na libido e na estimulação sexual.

4 – Tribulus terrestris

O tribulus terrestris é um suplemento bastante utilizado para ajudar a aumentar a testosterona em homens.

Mas, nas mulheres, a substância promove uma maior concentração de estradiol, hormônio responsável pela função reprodutora feminina.

Por isso, o tribulus terrestris pode ser um poderoso afrodisíaco para a mulher. Pois ele atua melhorando a ovulação e a libido.

5 – Feno grego

O feno grego promove a manutenção dos níveis de estrogênio e a modulação hormonal. Dessa forma, ele aumenta a excitação, a vitalidade e a satisfação e frequência sexual, sendo um suplemento para aumentar o desejo feminino.

6 – Vitamina B6

A vitamina B6 é responsável por controlar a síntese de prolactina nas mulheres, hormônio responsável pela infertilidade e por regular a produção de leite materno.

Quando em níveis elevados, a prolactina reduz o apetite sexual feminino. Assim, a vitamina B6 é importante para reduzir a sua concentração. O que, por sua vez, resulta no aumento da libido da mulher.

7 – Magnésio

O magnésio é um mineral que tem ação direta tanto na região cerebral, participando na síntese de neurotransmissores, como na produção de hormônios.

Por essa razão, ele é considerado um ótimo suplemento para aumentar o desejo feminino. Uma vez que a sua deficiência pode impactar na libido, na satisfação sexual e na sensação de bem-estar.

8 – Ácido fólico

O ácido fólico é uma vitamina afrodisíaca muito poderosa. Visto que ele é fundamental para o fortalecimento de todo o sistema reprodutivo da mulher.

Logo, o ácido fólico deve estar em níveis adequados no organismo para não comprometer o bom funcionamento dos órgãos presentes neste sistema. O que pode resultar em queda no desejo sexual feminino.

9 – Vitamina A

A vitamina A é indispensável para a produção de hormônios sexuais e a renovação celular. Desse modo, ela é importante tanto para a manutenção da libido como para a boa saúde dos óvulos.

10 – Mucuna pruriens

A mucuna pruriens é uma planta com propriedades afrodisíacas nativa da Índia. Ela atua estimulando a síntese de LH, hormônio responsável por regular a ovulação.

Dessa forma, o suplemento melhora a função sexual feminina, tanto através do aumento da libido como por meio da estimulação sexual.

Outras ações além de suplementos para aumentar o desejo feminino

Além dos suplementos, existem algumas ações que você pode colocar em prática para aumentar o desejo sexual naturalmente. Confira abaixo!

Cuidados na alimentação

Como em tudo, a boa alimentação é necessária. Afinal, os nutrientes presentes nos alimentos são cruciais para favorecer o bom funcionamento do corpo como um todo.

Na libido, uma alimentação equilibrada e nutritiva é responsável por assegurar a produção hormonal adequada e melhorar os estímulos e sensibilidade sexual.

Tome sol corretamente

A exposição solar adequada é primordial para a síntese natural de vitamina D, nutriente importante para a produção de hormônios sexuais. Por isso, o ideal é tomar sol todos os dias, por 15 a 20 minutos, no começo da manhã ou final da tarde.

Diminua bebidas alcoólicas

As bebidas alcoólicas são umas das principais responsáveis pela queda na libido, pois elas dificultam a produção hormonal. Além de desempenharem efeito depressor no SNC (Sistema Nervoso Central).

Invista no autoconhecimento

O autoconhecimento é um dos maiores divisores de água para o aumento do desejo sexual da mulher. Isso porque, por muito tempo, o sexo era considerada um tabu, ainda mais para o público feminino.

O que fez muitas mulheres começarem a criar crenças limitantes, repulsa e medo de qualquer coisa que envolvesse o tema.

Consequentemente, a libido e satisfação feminina passaram a ficar cada vez mais comprometidas. Fazendo com que grande parte das mulheres começassem a ter dificuldades para se satisfazer sexualmente.

Atualmente, muito tem se falado sobre o autoconhecimento corporal para romper essas barreiras e aumentar o desejo sexual feminino.

Uma vez que, quando a mulher começa a conhecer os seus pontos de prazer, fica mais fácil aumentar a libido e a satisfação sexual.

Pratique exercício físico regularmente

Ter uma rotina regular de exercício físico é importante para a liberação de hormônios e neurotransmissores que atuam na manutenção da libido e na sensação de bem-estar.

Por outro lado, o sedentarismo pode piorar ainda mais a falta de apetite sexual e o orgasmo. Estimular a hipertrofia feminina pode favorecer a melhora da libido.

Em alguns casos, mesmo com todas as alternativas dadas acima, ainda não é possível observar uma melhora na libido.

Então, o ideal é consultar um endocrinologista para avaliar as suas taxas hormonais e recomendar o tratamento mais adequado para o seu caso.

Procure ajuda!

Em alguns casos, mesmo com todas as alternativas dadas acima, ainda não é possível observar uma melhora na libido.

Em suma, o ideal é consultar um endocrinologista para avaliar as suas taxas hormonais e recomendar o tratamento mais adequado para o seu caso.

O que pode levar a queda no desejo feminino?

Vários fatores podem influenciar na queda no desejo feminino. Entre eles:

  • Estresse;
  • Menopausa;
  • Uso de anticoncepcionais hormonais;
  • Depressão;
  • Amamentação;
  • Desequilíbrios hormonais;
  • Traumas psicológicos;
  • Sedentarismo;
  • Deficiência de vitaminas e minerais;
  • Problemas de relacionamento.

Quer saber mais?

Referências

GOMES, M. C.; SILVA, S. J. D.; ALMEIDA, S. G. A relação da nutrição na infertilidade feminina. Research, Society and Development. v. 9, n. 9, p. 1-23, 2020.

MILANEZ, L. G.; MELO, S. S. SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL NA INFERTILIDADE FEMININA E MASCULINA. Revista Inova Saúde. v. 12, n.1, p. 30-46, 2021.

SILVA, D. C. B. et al. Evidências da influência da vitamina D com a fertilidade feminina: uma revisão sistemática. Revista Eletrônica Acervo Saúde. v. 12, n. 12, p. 1-10, 2020.

STEFANESCU, R. et al. A Comprehensive Review of the Phytochemical, Pharmacological, and Toxicological Properties of Tribulus terrestris L. Biomolecules. v. 10, n. 752, p. 1-32, 2020.

3/5 - (6 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.