Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Colágeno para celulite: como funciona o tratamento?

Colágeno para celulite: como funciona o tratamento?

Como prevenir e tratar a celulite
6 minutos de leitura

O colágeno para celulite é adotado como um coadjuvante para combater os furinhos e ondulações da pele. Ele é uma proteína sintetizada naturalmente no organismo, mas a produção é reduzida à medida que o corpo envelhece.

Por essa razão, o suplemento de colágeno passou a ser um dos mais utilizados para amenizar os efeitos do envelhecimento natural, como celulite, linhas de expressão e rugas.

O que é celulite?

Celulite é o nome popular dado a lipodistrofia ginoide. Que nada mais é do que um acúmulo de gordura embaixo da pele.

Com isso, é formado uma distrofia celular da hipoderme, que dá o aspecto de furinhos ou ondulações. Como se fosse a “casca da laranja”.

Apesar de ela ser uma grande queixa estética, a celulite não oferece nenhum tipo de risco à saúde. Podendo afetar cerca de 95% das mulheres ao longo da vida.

No entanto, embora as mulheres estejam mais suscetíveis a ter celulite, os homens também podem desenvolvê-la.

Estilo de vida e celulite

O estilo de vida está totalmente ligado ao aparecimento de celulites. Uma vez que, por ser um acúmulo de gordura, pessoas com sobrepeso ou obesidade estão mais suscetíveis a tê-la.

Por outro lado, isso não quer dizer que indivíduos com o peso normal estão isentos de ter celulite. Afinal, o seu surgimento pode ocorrer por diversas razões, como:

  • maior acúmulo de gordura em determinadas regiões do corpo;
  • sedentarismo;
  • alimentação rica em açúcar, frituras, doces, refrigerantes, bebidas alcoólicas e industrializados;
  • questões genéticas e fisiológicas.

Como funciona o colágeno no tratamento de celulite?

O colágeno é responsável por manter as células unidas, firmes e resistentes. Ele está presente em diversas partes do corpo, como músculos, ossos, tendões, cartilagens, cabelos, unhas, vasos sanguíneos e pele.

Logo, o colágeno para celulite é uma proteína crucial para preservar a elasticidade e suavidade da pele, melhorando o aspecto da celulite. Ou seja, ele funciona para deixar o tecido uniforme e reduzir os furinhos e ondulações.

No entanto, é importante ressaltar que o colágeno para celulite é um coadjuvante no tratamento. Uma vez que é necessário associá-lo a outras práticas, como uma alimentação equilibrada e nutritiva, exercício físico, perda de peso e outros suplementos (se necessário).

Qual é o melhor colágeno para celulite?

O melhor colágeno para celulite é o Verisol, que é o mais indicado para pele. Isso porque, ele oferece peptídeos bioativos de colágeno tipo I, que têm uma atuação direcionada para o tecido.

Além disso, é muito importante que o suplemento de colágeno para celulite venha acompanhado de ácido hialurônico e vitamina C.

Visto que o ácido hialurônico é um ativo com funções hidratantes e estimulantes de colágeno. Dessa forma, além de ter o colágeno suplementado, o produto também vai impulsionar a produção natural do corpo.

Assim como a vitamina C também atua na síntese de colágeno no organismo. Sendo importante para combater a deficiência desta proteína.

Como tomar colágeno para celulite?

O colágeno para celulite pode ser ingerido tanto em cápsula como em pó (com água, suco ou vitamina). Sendo importante evitar o uso junto de refeições para não ter perda de nutrientes.

No geral, não há melhor horário para tomar colágeno. Portanto, ele pode ser consumido em qualquer momento do dia, desde que você mantenha o uso regular.

Quanto à dose recomendada, no caso do colágeno para celulite (Verisol), o mínimo necessário é de 2,5g por dia ou conforme a prescrição do seu médico ou nutricionista.

Quanto tempo demora para ver resultado com colágeno para celulite?

O colágeno para celulite tem ação gradativa e duradoura, onde os seus efeitos podem começar a ser vistos entre 4 a 12 semanas de uso.

No entanto, os resultados mais eficazes ocorrem depois de 4 meses de uso regular. Podendo perdurar por até 6 meses após o fim do tratamento.

Sendo assim, o colágeno é um suplemento de uso contínuo e prolongado. Devendo haver constância para que os seus resultados realmente apareçam.

Outros procedimentos estéticos para celulite

1 – Drenagem linfática

A drenagem linfática é um procedimento destinado para a eliminação do acúmulo de líquidos nos tecidos.

Com isso, resíduos metabólicos e toxinas também são excretados. O que gera uma melhor circulação sanguínea e, consequentemente, melhor aparência da pele e redução da sensação de inchaço.

2 – Radiofrequência

A radiofrequência é um tratamento que estimula a produção de colágeno na pele. Para isso, é utilizado um aparelho de radiação eletromagnética de alta frequência, que age aquecendo as moléculas de água presentes nos tecidos.

Dessa forma, ocorre o estímulo à produção de colágeno, deixando a pele mais reestruturada, firme e com menos furinhos.

3 – Massagem modeladora

A massagem modeladora é utilizada para melhorar a circulação sanguínea, reduzir circunferências e eliminar líquidos acumulados nos tecidos.

Isso acontece porque ela favorece a vasodilatação, o que resulta numa melhor quebra de placas de gordura e oxigenação local. Consequentemente, há também efeitos positivos no aspecto da celulite.

4 – Carboxiterapia

A carboxiterapia corresponde a injeções de gás carbônico que são aplicadas na pele para melhorar a circulação sanguínea local, diminuir o tamanho das células de gordura e estimular a produção de colágeno.

5 – Mesoterapia

A mesoterapia consiste na aplicação de injeções compostas por um ou diversos medicamentos, a fim de diminuir a gordura localizada na região tratada.

Desse modo, ela ajuda tanto na redução da celulite como na diminuição de linhas de expressão, rugas e sinais.

6 – Endermologia

A endermologia é um procedimento que utiliza o vácuo para tratar gordura localizada e celulite. Ela é realizada através de um aparelho constituído de um sistema de sucção. Como resultado, a pele fica com aparência mais lisa, uniforme e aprumada.

7 – Laser

O tratamento com laser para celulite é utilizado para reduzir as placas de gordura localizada e estimular a produção de colágeno. Para isso, é utilizado um analgésico local, sendo um procedimento bastante eficaz.

Como prevenir celulite?

  • Tenha constância nos exercícios físicos;
  • Beba água adequadamente
  • Mantenha uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes, especialmente proteínas e vitamina C;
  • Utilize suplemento de colágeno para celulite (quando necessário).

Quer saber mais?

Referências

GERMANO, M. C. M. et al. COLÁGENO E OS BENEFÍCIOS PARA PELE. Mostra Científica da Farmácia (Universidade Católica de Quixadá). 2016.

PAPAIORDANOU, F. et al. Colágeno e pele: da estrutura às evidências de sua suplementação oral. Surgical & Cosmetic Dermatology. v. 14, p. 1-9, 2022.

SCHUNCK, M. et al. Dietary Supplementation with Specific Collagen Peptides Has a Body Mass Index-Dependent Beneficial Effect on Cellulite Morphology. Journal of Medicinal Food. v. 18, n. 12, p. 1340-1348, 2015.

5/5 - (2 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − dez =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.