Como atender um paciente idoso? – Para nutricionistas

| |

Uma das principais qualidades de um prestador de serviços é o bom atendimento que ele oferece. E quando se trata de pessoas com idade avançada, o assunto fica mais sério: algumas características devem ser colocadas em prática para melhor agradar o paciente.

É muito importante saber realizar o atendimento adequado para cada um dos tipos de públicos do mercado, e com a terceira idade não é diferente. Principalmente porque essa classe é a que mais cresce no Brasil, o que a torna muito significativa para os negócios. 

Pensando nisso, hoje separamos 4 dicas essenciais que podem ajudá-lo na hora de atender pacientes idosos. Veja a seguir! 

Seja paciente e gentil 

Pessoas mais velhas tendem a demonstrar certa dificuldade na hora de ouvir e até mesmo assimilar o que você está dizendo. Ter paciência é a chave para fazer um bom atendimento.  

Outra questão fundamental é demonstrar gentiliza, mesmo que você esteja tendo um dia ruim. Afinal, seu paciente não tem nada a ver com seus problemas e vida pessoal — tudo isso fica do lado de fora de onde você trabalha. 

Dê as boas-vindas, pergunte como ele está se sentindo e do que está precisando naquele momento, mostrando-se sempre solícito e pronto para ajudar na hora da consulta

Ofereça atenção e agilidade 

Os idosos têm prioridade no atendimento, o que significa que eles são atendidos na frente das outras pessoas independentemente da ordem de chegada. Se você notar que algum paciente da terceira idade entrou no seu consultório, termine o atendimento que você estiver fazendo e atenda-o logo em seguida, não deixe que espere muito. 

Alguns idosos podem apresentar dificuldades para ficar em pé, caminhar ou até mesmo se sentir desconfortáveis devido a alguma doença. Por essa razão, faz parte de um bom atendimento servi-los o quanto antes e demonstrar empatia. 

Use uma linguagem simples 

Evite usar palavras muito complicadas e gírias atuais. Enquanto um cliente jovem consegue entender tudo o que você fala (e pesquisar rapidamente caso não compreenda alguma palavra), um idoso não costuma ter essa habilidade e rapidez. 

Fale de uma forma clara e em tom adequado, certificando-se de que ele entendeu tudo o que foi dito. 

Ouça com mais atenção 

Durante o atendimento, é normal que os idosos gostem de contar algumas histórias ou conversar sobre amenidades. Seja paciente e escute com bastante atenção tudo o que eles têm a dizer: converse, esteja atento aos seus relatos e demonstre boa vontade. 

Vale ainda levar essa dica em consideração durante o relato dos sintomas ou quando apresentarem alguma dificuldade em seguir o tratamento. 

Diante de tudo isso, tenha certeza de que é extremamente essencial manter o uso dessas boas práticas em seu consultório. Lembre-se de que a terceira idade é a mais conhecida por ser portadora de doenças que demandam acompanhamento de um profissional de nutrição, o que realça a importância de saber lidar com quem se encontra nessa faixa etária.

E aí, gostou do nosso post? Então não deixe de compartilhar nas suas redes sociais para que mais pessoas aprendam como atender um cliente idoso. 

 
Anterior

Estratégias de análise de concorrência para nutricionista

Entenda o que é a nutrigenômica e a nutrigenética

Próximo

Deixe um comentário