Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » 8 suplementos para idosos importantes

8 suplementos para idosos importantes

suplementos para idosos
7 minutos de leitura

Os suplementos para idosos, como magnésio, ômega 3, colágeno, vitamina D e vitamina C, ajudam a melhorar a qualidade de vida dos indivíduos da terceira idade.

Em conjunto com uma alimentação equilibrada e nutritiva, esses suplementos podem amenizar os efeitos do envelhecimento, como perda de massa muscular, alterações no sistema digestivo, redução do paladar e olfato e queda hormonal.

Fatores esses que facilitam a deficiência de vitaminas e minerais, tornando os idosos mais favoráveis à desnutrição.

Confira a seguir os suplementos para idosos mais importantes à serem incluídos na dieta e como eles agem no corpo!

1. Ômega 3

O ômega 3 se refere a vários tipos de gordura boa com funções específicas no organismo, como o EPA, DHA e ALA.

O melhor ômega 3 para idosos é aquele que fornece uma alta concentração de EPA e DHA, os dois tipos do nutriente com maiores benefícios para o envelhecimento.

  • DHA

O DHA está em abundância na região cerebral. Desse modo, ele ajuda a melhorar o desempenho cognitivo, como a memória, raciocínio e concentração.

Além disso, o consumo adequado de ômega 3 DHA também diminui os riscos de doenças neurológicas, como Parkinson, Alzheimer e Demência. Sendo até mesmo importante para reduzir a progressão dessas doenças.

Por fim, o DHA também está associado com a proteção contra lesões cerebrais. Logo, ele é um grande aliado para prevenir derrames e traumatismo craniano.

  • EPA

O EPA atua principalmente na saúde do coração e vasos sanguíneos, participando da prevenção e tratamento de doenças como colesterol alto, triglicerídeos elevados, aterosclerose e infarto agudo do miocárdio.

As doenças que acometem o sistema cardiovascular são a principal causa de morte no mundo, inclusive entre idosos. 

Demonstrando a importância do cuidado com a saúde desses órgãos para a prolongar o número de anos de vida, bem como sua qualidade.

2. Magnésio

O magnésio é um mineral presente em mais de 300 reações metabólicas do nosso corpo. Por isso, ele é importante para o bom funcionamento de todo o organismo.

Dentre as suas principais funções, o magnésio está associado com a boa manutenção óssea, liberação de hormônios e neurotransmissores, normalização da pressão arterial e açúcar do sangue e alívio de dores crônicas e câimbras.

À vista disso, o magnésio é um dos mais importantes suplementos para idosos, pois ele ajuda a prevenir osteoporose e doenças cardiovasculares e neurológicas.

3. Cálcio

O cálcio é um dos suplementos para idosos mais conhecidos devido às suas importantes funções nos ossos.

À medida que vamos envelhecendo, os ossos costumam ficar mais frágeis e mais favoráveis a fraturas. Por isso, os idosos são os principais grupos de risco a desenvolver osteoporose.

No entanto, a devida ingestão de cálcio pode prevenir essa enfermidade ou reduzir a progressão da doença. Com isso, o ideal é manter uma alimentação rica nesse nutriente. Mas a suplementação também é válida.

4. Vitamina D

A vitamina D é um nutriente crucial para a absorção adequada de cálcio. Sem ela, os níveis séricos do mineral podem ficar totalmente comprometidos.

Isso acontece porque a vitamina D melhora a absorção de cálcio no intestino, bem como está envolvida na regulação de PTH, hormônio responsável por controlar os níveis sanguíneos de cálcio e fósforo.

Além disso, a vitamina D também atua na manutenção do sistema imunológico, ajudando a combater doenças infecciosas, como gripes e resfriados.

No entanto, o ideal é buscar por um suplemento com a fórmula da vitamina D3 e concentração de 2000 UI, pois ele é a melhor fonte natural deste nutriente.

casal de idosos se exercitando

5. Colágeno

Existem diversos tipos de colágeno na natureza, mas um dos mais importantes para os idosos é o colágeno tipo 2. Isso porque, ele é a principal proteína presente nas cartilagens, as quais são responsáveis pela resistência e elasticidade.

Por essa razão, o colágeno tipo 2 é fundamental para manter uma boa saúde das articulações e ajudar na mobilidade. Prevenindo, então, inflamações como artrite, gota, artrose, tendinite e bursite.

Todavia, o indicado é que os idosos utilizem um suplemento com a junção do colágeno tipo 1 e 2. Uma vez que o colágeno tipo 1 está presente em abundância nos ossos, sendo importante para a sua resistência.

6. Vitamina C

Os idosos costumam apresentar uma série de alterações na imunidade, ficando mais suscetíveis a infecções e doenças.

Com isso, o suplemento de vitamina C se faz necessário pois este nutriente atua diretamente na manutenção do sistema imunológico, estimulando a produção de células de defesa.

Além disso, a vitamina C também é fundamental para a saúde da pele, já que auxilia na produção de colágeno.

Desse modo, recomenda-se que os idosos utilizem um suplemento que ofereça 1000 mg de vitamina C por cápsula, pois essa é a dose ideal para a suplementação.

7. Fibras

Prisão de ventre, gases e desconfortos intestinais são sintomas comuns do envelhecimento. Como o sistema digestivo passa por algumas alterações, é habitual que ocorra uma maior dificuldade no trânsito intestinal.

Neste caso, as fibras solúveis são muito importantes pois elas ajudam a regular o intestino, sendo eficazes para a constipação.

Contudo, é fundamental manter um bom consumo de água enquanto utiliza as fibras. Já que sem uma devida hidratação, elas podem causar o efeito contrário, piorando ainda mais a prisão de ventre.

No geral, as fibras solúveis podem ser ingeridas através de alimentos como aveia, laranja, morango, banana, linhaça, chia, maracujá, psyllium e feijão.

Mas, elas também podem ser encontradas em formas de suplementos no mercado. Podendo ser as pectinas, beta glucanas, mucilagens e algumas hemiceluloses.

8. Proteínas

A perda de massa magra é um fator habitual nos idosos, sendo a sarcopenia uma das principais causas.

Em suma, a sarcopenia é uma alteração nos músculos esqueléticos que gera diminuição da força e da massa muscular.

Por essa razão, uns dos suplementos para idosos mais cruciais são as proteínas. Uma vez que elas contribuem para a manutenção da massa muscular. Sendo também fundamental para o sistema imunológico e para a prevenção de anemia.

Atualmente, o mercado oferece uma variedade de suplementos de proteína. Mas, o ideal para os idosos é aquele que contém uma boa concentração de aminoácidos, como é o caso do Whey Protein, proteína vegana ou colágeno.

Além disso, é importante também se atentar ao rótulo para escolher um suplemento com aditivos naturais e saudáveis.

Quer saber mais?

Referências

BARBAGALLO, M.; VERONESE, N.; DOMINGUEZ, L. J. Magnesium in Aging, Health and Diseases. Nutrients. v. 13, n. 463, p. 1-20, 2021.

KHAZAI, N.; JUDD, S. E.; TANGPRICHA, V. Calcium and Vitamin D: Skeletal and Extraskeletal Health. INSTITUTES HEALTH OF NATIONAL. v. 10, n, 2, p. 110-117, 2008.

MENÃO, T. F. et al. Principais nutrientes dos suplementos alimentares utilizados por idosos e os benefícios para saúde. Research, Society and Development. v. 11, n. 13, p. 1-13, 2022.

TICINESI, A. et al. Nutrition and Inflammation in Older Individuals: Focus on Vitamin D, n-3 Polyunsaturated Fatty Acids and Whey Proteins. Nutrients. v.8, n. 186, p. 1-24, 2016.

5/5 - (1 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

2 comentários em “8 suplementos para idosos importantes”

  1. Ola Dra Maria Eduarda
    Gostei muito de sua explanação sobre os suplementos, mas o problema e saber qual marca e confiavel tem inumeras no mercado e alem disso muitas tem varios suplementos em um so frasco.
    Tem alguma sugestão de qual marca e confiavel? se puder me responder, agradeço

    1. Oi Ivonete,

      Obrigada pelo seu contato,

      O ideal é sempre seguir por recomendações de médicos e nutricionistas e além disso, verificar sempre se o produto tem certificações de qualidade, boas concentrações de nutrientes e procurar pelas marcas mais indicadas no mercado. ?

      Da uma olhadinha nos suplementos da Vhita → https://www.vhita.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.