Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Funções do ômega 3 no organismo: veja as 10 principais

Funções do ômega 3 no organismo: veja as 10 principais

funções do ômega 3
7 minutos de leitura

O ômega 3 representa uma classe de gorduras (EPA e DHA) que oferecem diversos benefícios à nossa saúde, devido às suas ações anti-inflamatória, antioxidante, anticoagulante e protetora.

Desse modo, as funções do ômega 3 englobam a melhora da saúde cardiovascular, a proteção cerebral e a prevenção de doenças cardíacas.

Tudo isso faz com que o corpo funcione adequadamente, garantindo disposição, energia, foco e vitalidade.

Quer saber mais sobre as funções do ômega 3? Então, continue conosco até o final e entenda porque este nutriente é tão importante!

As 10 funções do ômega 3 essenciais para a saúde

Logo abaixo, você verá todos os detalhes sobre as funções do ômega 3 no nosso organismo:

1. Melhora a função cardiovascular

Por conta da sua ação anti-inflamatória, o ômega 3 desempenha um papel importante na saúde cardiovascular, pois atua na prevenção e controle de uma variedade de doenças cardiovasculares, como:

  • hipertensão arterial;
  • colesterol alto;
  • diabetes;
  • AVC (Acidente Vascular Cerebral);
  • trombose; e
  • infarto.

Assim, essas condições costumam ser desencadeadas ou agravadas por causa de processos inflamatórios no organismo. Dessa forma, ao reduzir a inflamação, o ômega 3 se mostra eficaz na prevenção dessas enfermidades.

2. Ajuda na formação da bainha de mielina

A bainha de mielina é uma camada isolante que envolve os neurônios. Ela tem o papel de protegê-los contra danos e permitir a transmissão adequada dos impulsos nervosos.

Dessa forma, a presença adequada de ômega 3 é essencial para a integridade e a função dessa bainha, fazendo com que ele seja fundamental para o bom funcionamento do sistema nervoso.

Assim, isso ocorre pois a saúde da bainha de mielina está relacionada à atividade cerebral e ao desempenho cognitivo adequado.

Então, quando essa bainha está em boas condições, os neurônios conseguem transmitir informações de forma eficaz, o que facilita processos cognitivos como aprendizado, concentração, memória e raciocínio.

funções do ômega 3

3. Auxilia na prevenção e tratamento de doenças inflamatórias

Pesquisas indicam que o ômega 3 demonstra benefícios na redução dos processos inflamatórios no organismo devido à sua ação anti-inflamatória.

Dessa forma, a inflamação crônica está associada a diversos problemas de saúde, como doenças cardiovasculares, artrite reumatoide, doenças autoimunes, distúrbios metabólicos, obesidade e câncer.

4. Diminui a incidência de doenças oculares

Um outro tipo de ácido graxo ômega 3 de destaque é o DHA. Além de estar presente em abundância no cérebro, ele também é um componente da estrutura da retina, membrana que reveste os olhos.

Assim, ao longo do tempo, a retina pode sofrer danos que podem levar a DMRI (Degeneração Macular Relacionada à Idade).

A DMRI é caracterizada pelo acúmulo de gorduras e proteínas na retina, levando a uma deterioração gradual da visão com o envelhecimento.

Assim, isso acontece porque a mácula, situada no centro da retina, desempenha um papel importante na visão, pois permite a leitura e a identificação de detalhes e cores.

No entanto, fatores como tabagismo e exposição exagerada à luz azul de dispositivos eletrônicos, como tablets, computadores e smartphones, podem acelerar essa degeneração.

Dessa forma, o DHA, por sua vez, desempenha um papel protetor importante, ajudando a manter a integridade estrutural da retina e prevenindo o acúmulo excessivo de substâncias prejudiciais.

5. Alivia os sintomas da TPM

Por conta da sua função anti-inflamatória, o ômega 3 melhora os sintomas da TPM de muitas mulheres.

Dessa forma, isso ocorre pois os sintomas físicos e emocionais da TPM, como irritabilidade, dores nas articulações, ansiedade, retenção de líquidos e desejo excessivo por doces, estão associados a processos inflamatórios no corpo.

6. Previne obstruções nos vasos sanguíneos

Por exercer ação anticoagulante, o ômega 3 inibe a coagulação sanguínea excessiva, ajudando a evitar a formação de coágulos que podem levar a complicações graves, como trombose, infarto, AVC e embolia pulmonar.

Isso acontece porque os coágulos bloqueiam os vasos sanguíneos, dificultando o fluxo adequado de sangue, oxigênio e nutrientes para os órgãos e tecidos.

funções do omega 3

7. Previne doenças neurodegenerativas

Além de suas funções estruturais no cérebro, o DHA, tipo de ômega 3, é essencial para a prevenção de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

Assim, estudos indicam que níveis adequados de DHA no corpo podem reduzir os riscos de desenvolvimento ou até mesmo o agravo dessas doenças.

8. Reduz gordura no fígado

Pesquisas recentes demonstram que o ômega 3 pode ajudar a diminuir o acúmulo e a produção de gordura no fígado.

Além disso, por conta das suas propriedades anti-inflamatória e antioxidante, ele pode reduzir a inflamação e o estresse oxidativo, melhorando o funcionamento hepático.

9. Combate a obesidade

A obesidade é uma doença complexa que envolve uma série de fatores genéticos, ambientais e comportamentais.

Dessa forma, o ômega 3 pode ser um aliado importante na prevenção e tratamento da obesidade por conta das suas propriedades anti-inflamatória, antioxidante, protetora e metabólica. 

Estudos sugerem que o ômega 3 pode reduzir a inflamação associada à obesidade, melhorar a sensibilidade à insulina e regular os níveis de colesterol e triglicerídeos. Isso, então, contribui para o controle do peso corporal.

10. Contribui no tratamento do autismo e TDAH

O TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade) e o autismo são doenças neurológicas que oferecem grandes desafios no desenvolvimento diário e no convívio social.

Como o ômega 3 é fundamental para a saúde cerebral e o desenvolvimento neuronal, algumas pesquisas demonstram que ele exerce efeitos positivos na concentração, foco, humor e raciocínio, áreas que costumam ser afetadas em pessoas com TDAH e autismo.

Como vimos, então o ômega 3 é um nutriente essencial para o bom funcionamento de várias áreas do corpo.

O problema é que ele é um nutriente difícil de ser alcançado em doses ideais por meio da dieta, ainda mais para quem tem uma rotina agitada.

Assim, o ideal é optar pela suplementação para evitar a deficiência de ômega 3. Para isso, busque um suplemento seguro, que seja feito com matéria-prima não contaminada e ofereça boas doses de EPA e DHA.

Conheça o ômega 3 da Vhita, que, além de fornecer 758 mg de EPA e 545 de DHA, contém vitamina E na composição e é feito com peixes de águas não contaminadas da Noruega!

Gostou deste artigo e quer continuar investindo na sua saúde e no seu bem-estar? Então siga a gente no Instagram!

Quer saber mais?

funções do omega 3

Referências

MARQUES, F. M. S.; ARAGÃO, J. C. N.; GOULART, R. C. A. F. Eficácia do ácido graxo Ômega-3 sobre o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em crianças (0 a 12 anos de idade): uma revisão de literatura. Revista Saúde e Desenvolvimento Humano. v. 10, n. 3, p. 1-11, 2022.

PERES, M. C. ÁCIDOS GRAXO ÔMEGA – 3 ω-3 NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES: Uma revisão da literatura. Revista Farol. v. 16, n. 16, p. 78-93, 2022.

PINHEIRO, M. S.; STABELINI, T. G.; PALMA, G. H. D. Efeitos do ômega 3 na prevenção e tratamento da doença de Alzheimer. Revista Brasileira de Neurologia. v. 58, n. 3, p. 4-10, 2022.

TOCHER, D. R. et al. Omega-3 Long-Chain Polyunsaturated Fatty Acids, EPA and DHA: Bridging the Gap between Supply and Demand. Nutrients. v. 11, n. 89, p. 1-20, 2019.

WATANABE, Y.; TATSUNO, I. Prevention of Cardiovascular Events with Omega-3 Polyunsaturated Fatty Acids and the Mechanism Involved. The official journal of the Japan Atherosclerosis Society. v. 27, p. 183-198, 2020.

5/5 - (1 voto(s))

Nutricionista pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e pós graduada em Comportamento Alimentar pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS).

Experiência acadêmica em pesquisa científica e produção de conteúdos com embasamento científico. Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × quatro =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.