Como promover longevidade e saúde na terceira idade?

| | ,

Há grandes chances de ter uma rotina agitada e saudável na terceira idade, desde que esse processo reúna cuidados compatíveis com esse período da vida, que tem início aos 60 anos.

Afinal, ter a vida ativa em qualquer fase da vida é indispensável. Mas, nesse caso, devido ao envelhecimento natural, muitas vezes o senso comum associa a inércia à essa fase.

No entanto, conforme será visto ao longo do texto, uma série de caminhos podem ser explorados, inclusive meios que contribuem com a prevenção e tratamento de doenças severas.

O que fazer para ter uma rotina agitada?

Uma rotina que seja repleta de diferentes tarefas pode parecer difícil de ser incorporada a princípio, porém, ao conhecer alternativas compatíveis com a terceira idade, há muitas chances de torná-la realidade e usufruir de diversos benefícios.

Em meio as principais dicas que podem ser adotadas para um cotidiano mais agitado, é interessante abordar:

A necessidade de apostar nas atividades físicas

Os exercícios correspondem a uma opção interessante para uma maior autonomia e são capazes de contribuir com diversas áreas na vida de pessoas da terceira idade, como no meio social e na prevenção de diversas doenças.

Nesse caso, é interessante buscar uma academia para idosos, pois comumente esses locais apresentam um clima mais favorável para a prática dos exercícios, assim como programas e recursos mais específicos.

Afinal, de acordo com o quadro de saúde de cada pessoa, a quantidade, intensidade e tipos de exercícios podem variar de forma significativa.

Acrescenta-se a esse cenário que recorrer a um personal trainer para idosos pode ser viável, principalmente para uma melhor orientação sobre limitações e, consequentemente, para prevenção de problemas. 

Entre alguns dos exercícios que podem ser adotados, estão:

  • Pilates;
  • Yoga;
  • Caminhada;
  • Hidroginástica.

A prática escolhida deve ser consciente, afinal, para todas as faixas etárias e em todos os tipos de exercícios, existem determinados riscos.

Por exemplo, em um treinamento funcional para terceira idade, elementos que envolvem peso, dependendo de cada pessoa, as articulações podem ser acometidas.

Por essa razão, é fundamental buscar conhecimento com profissionais qualificados e que deem um suporte adequado para práticas seguras e vantajosas.

Através dos meios certos, há o fortalecimento de músculos, melhor circulação, entre outros benefícios.

Consumo de suplementos alimentares

O uso de suplementos alimentares como uma das estratégias para ter uma vida saudável tem se tornado cada vez mais frequentes.

Os suplementos complementam a alimentação, uma vez que, por diversos motivos, não conseguimos consumir todos os nutrientes necessários e em quantidades adequadas para a saúde apenas pelos alimentos. Um dos mais indicados é o ômega 3, uma gordura do bem importante para o bom funcionamento do corpo.

Dentre os benefícios do ômega 3 para a terceira idade estão a melhora da função cognitiva, ou seja, estímulo da memória e saúde mental, prevenção de doenças degenerativas, doenças cardiovasculares como: trombose, acidente vascular encefálico (AVE), infarto agudo do miocárdio) e depressão.Benefícios do ômega 3 para a terceira idade.

Buscar grupos da terceira idade

Hoje em dia, é possível encontrar uma série de grupos para terceira idade, o que é vantajoso principalmente para as pessoas que atingem essa faixa etária e não possuem relações com outros indivíduos para a realização de atividades.

Além de instituições voltadas para o auxílio dessa faixa etária, ao estabelecer relações em diferentes locais com outros idosos, é possível lutar contra o isolamento e ter experiências variadas em conjunto.

Os grupos podem ser voltados para terapia, manutenção da memória e concentração, além de atividades como passeios para diversos locais.

Naturalmente, a dinâmica empregada depende de cada lugar e, por esse motivo, caso exista interesse na busca, é válido procurar com cautela e ter conhecimento de cada trabalho desenvolvido.

Dessa maneira, há um estímulo maior da qualidade de vida, uma vez mais tarefas podem fazer parte da rotina, assim como a troca de experiências que podem resultar em oportunidades e outros benefícios.

Por exemplo, ao compartilhar determinadas situações, é possível que outras pessoas expressem como já enfrentaram casos semelhantes, como em bons resultados ao realizar acupuntura para dor de cabeça.

Exercitar o cérebro

Exercitar o cérebro reúne uma série de benefícios e, dependendo das atividades escolhidas, pode ser significativo para uma rotina agitada.

Isso se deve ao fato de que diversos trabalhos manuais podem ser desenvolvidos, assim como diferentes cursos, sendo esse o caso da dança, música, literatura e até mesmo curso de pilates solo.

Por exemplo, no caso das aulas de dança, diversas modalidades podem ser realizadas de forma que a coordenação motora seja favorecida, assim como a integração social, estímulo da atenção e melhorias no condicionamento muscular.

Além desses aspectos, vale lembrar que o aprendizado contribui com estímulos importantes para o presente e futuro, o que pode ter um impacto positivo na disposição para experiências diferentes e para o compartilhamento de informações.

Isso é algo que pode fazer ou não parte da vivência com o grupo da terceira idade, uma vez que o contato com outras faixas etárias também é favorável para a troca de conhecimento, principalmente sobre tendências gerais.

Quais são os principais cuidados nessa faixa etária?

As alternativas apresentadas podem fazer toda a diferença para quem está na terceira idade, porém, com o envelhecimento natural, algumas questões exigem uma atenção redobrada.

Por essa razão, além de buscar uma rotina agitada, é interessante adotar algumas ações como as seguintes para que a saúde e o bem-estar sejam preservados.

Estabelecer uma alimentação saudável

Sem dúvidas, ter uma alimentação saudável não é uma necessidade associada apenas com a terceira idade, mas deve ser uma das prioridades para a manutenção da saúde.

Nesse caso, também é de grande importância citar que a definição de um cardápio saudável para cada pessoa deve partir de profissionais especializados.

Isso se deve ao fato de que além das particularidades associadas com o aparecimento de doenças como diabetes e hipertensão, outras necessidades podem variar de forma significativa, como a rotina.

Ao procurar por um profissional, é possível identificar as opções mais favoráveis para evitar a piora de determinados problemas, caso existam, quanto para atender as necessidades e prevenir algumas condições.

O que reforça a necessidade dessa procura é a questão de que alterações fisiológicas associadas com a idade são enfrentadas.  Ou seja, o cardápio adotado muitas vezes apresenta distinções que devem ser respeitadas.

Cuidar da pele

Assim como a situação anterior e outras apresentadas no decorrer do texto, cuidar da pele não é uma ação que deve ser adotada a partir dos 60 anos. 

No entanto, nesse caso, alguns cuidados devem ser redobrados devido ao fato de que ao longo do tempo a pele é acometida pela perda de hidratação e elasticidade.

Por esse motivo, apostar em ações como a proteção dos lábios, hidratação adequada e hidratantes específicos para a idade e tipo de pele podem ser favoráveis.

Deve-se tomar cuidado também com micro lesões e doenças que influenciam na pele devido a piora da circulação. 

Afinal, nesses casos os tratamentos são ainda mais específicos e devem se indicados de acordo com um diagnóstico preciso.

Realizar exames regulares

O acompanhamento médico é importante tanto para garantir tratamentos adequados de condições já existentes, quanto para identificar doenças de forma precoce, o que muitas vezes é decisivo para melhores resultados na busca de uma solução.

Afinal, por mais que uma rotina agitada e saudável seja adotada, é fundamental manter consultas médicas regulares para garantir o conhecimento das condições de saúde.

Sem dúvidas, as opções podem variar significativamente. Por exemplo, algumas pessoas podem preferir a um ortopedista dourados ms ao se tratar de algo mais simples ou devido a um problema de mobilidade.

De qualquer forma, deve-se buscar regularmente a orientação médica, principalmente que seja compatível com o estilo de vida e condições de saúde, pois são fatores que influenciam muito na frequência.

Por exemplo, para pessoas da terceira idade que são atletas, a busca por um endocrinologista esportivo é uma das práticas que podem ser necessárias para um acompanhamento eficaz.

Não negligenciar a saúde emocional

Ao ter uma rotina mais agitada, há grandes chances de estabelecer bons relacionamentos e trabalhar o bem-estar a partir do contato com atividades e pessoas diferentes.

No entanto, em qualquer cenário é indispensável priorizar a saúde emocional, uma vez que a terceira idade é marcada por alterações no meio social e físico.

Cuidar de si mesmo faz toda a diferença, seja ao experimentar procedimentos que priorizam o bem-estar como massagens relaxante nas pernas ou ao buscar auxílio profissional ao identificar sintomas de condições como a depressão.

O isolamento é um dos problemas de maior destaque e, juntamente com condições psicológicas, pode desencadear uma série de outros problemas de saúde, como estresse, pressão alta e mudanças hormonais.

Pode-se perceber que embora existam determinados fatores de risco, principalmente associados com questões naturais, como com processos mais lentos de reparação no organismo, é possível apostar na qualidade de vida de diversas formas.

Sendo assim, ao encontrar atividades compatíveis com as preferências e necessidades, as pessoas que compõem o grupo categorizado como terceira idade podem ir contra o senso comum e ter uma rotina agitada.

Basta que, de fato, exista um direcionamento adequado que garanta não apenas a segurança, mas o aproveitamento maximizado de cada alternativa adotada.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um ômega 3 de altíssima qualidade?

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 
Anterior

Quais os cuidados com a pele que você deve ter para o verão?

Como prevenir carências nutricionais no verão

Próximo

Deixe um comentário