Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » O que é bom para gripe? 8 dicas e remédios caseiros

O que é bom para gripe? 8 dicas e remédios caseiros

mulher jovem loira com sintomas de gripe
7 minutos de leitura

A gripe é um tipo de doença que afeta milhões de brasileiros todo ano. Na maioria das vezes, os seus sintomas costumam ser extremamente desagradáveis, podendo deixar o indivíduo de cama por alguns dias.

Por isso, quando ela está em alta, a maioria das pessoas logo procuram saber o que é bom para gripe, e como preveni-la.

Basicamente, o recomendado é ficar em repouso, pois o próprio organismo é capaz de curar a doença. Mas, existem algumas táticas caseiras que podem ajudar o sistema imunológico a combater o vírus mais rápido.

No entanto, é de suma importância manter a vacinação em dia, uma vez que ela é a mais eficiente na prevenção da enfermidade. Agora, confira a seguir algumas dicas e receitas caseiras que podem ajudar a tratar a gripe!

5 dicas para tratar a gripe e se recuperar mais rápido

Veja as nossas dicas de formas de acabar rápido com a gripe. Confira!

1. Aumente o consumo de água

A água é um dos elementos mais importantes na produção e maturação das células de defesa e anticorpos. Logo, manter-se hidratado é crucial para o fortalecimento do sistema imunológico e, consequentemente, no combate da gripe.

Além disso, a água também é indispensável para a eliminação de impurezas no organismo. Por isso, recomenda-se aumentar o seu consumo no tratamento da gripe. Sendo necessário, no mínimo, 2 litros de água por dia.

2. Suplementação de vitamina C

Diversos estudos já mostraram a importância da vitamina C na imunidade, pois ela participa no processo de síntese de glóbulos brancos.

Por isso, é primordial fazer a suplementação de vitamina C durante a gripe, uma vez que a sua deficiência implica em baixa do sistema de defesa. Resultando, então, em maiores chances de complicações.

Inclusive, o suplemento de vitamina C pode ser utilizado até mesmo para a prevenção de gripe, resfriado e outras doenças infecciosas.

No geral, recomenda-se a ingestão diária de 1000 mg de vitamina C para a gripe.

embalagem de propólis com conta gotas

3. Utilize própolis

Assim como a vitamina C, a própolis também é um grande aliado para fortalecer o sistema imunológico. Ela é um produto natural resinoso produzida pelas abelhas a partir de substâncias coletadas em várias partes das plantas, como casca, botões florais e brotos.

Nos últimos anos, a própolis ficou bastante famoso devido às suas propriedades antimicrobianas, cicatrizantes, antioxidantes, anti-inflamatórias e imunomoduladoras.

Com isso, ela passou a ser utilizado por muitas pessoas para prevenir doenças infecciosas. Sendo um produto poderoso na prevenção e tratamento da gripe. Logo, recomenda-se o uso de, no mínimo, 15 gotas de própolis por dia para garantir os seus benefícios.

Veja também: os benefícios e como consumir o ora-pro-nóbis!

4. Mantenha uma alimentação equilibrada

A alimentação equilibrada e rica em nutrientes é um dos pilares fundamentais para prevenir e tratar a gripe.

Com isso, o ideal é dar preferência para os alimentos ricos em vitaminas do complexo B, A, C, D, E, zinco, selênio e ácido fólico, pois eles são importantes para a produção de glóbulos brancos e anticorpos.

5. Medicamentos para controlar os sintomas

Por último, existem alguns medicamentos que costumam ser bastante eficazes no tratamento da gripe.

Eles incluem os analgésicos, antitérmicos e expectorantes, que são eficientes para reduzir dores, controlar a febre e ajudar no descongestionamento das vias respiratórias, respectivamente.

3 remédios caseiros podem curar a gripe

Os remédios caseiros para tratar gripe incluem chás, sucos e sopas, nos quais podem ser utilizadas ervas medicinais — como anis estrelado — ou alimentos funcionais, como gengibre.

Mas, vale ressaltar que as receitas caseiras para tratar gripe são apenas coadjuvantes no tratamento da doença e não substituem o tratamento médico. Diante disso, elas devem ser utilizadas apenas para auxiliar na recuperação.

Veja a seguir algumas opções de receitas de remédios caseiros para tratar gripe!

chá de mel com limão

1. Chá de anis estrelado com limão e mel

Ingredientes:

  1. 1 colher de chá de anis estrelado;
  2. Suco de 1 limão;
  3. 1 colher de sobremesa de mel;
  4. 200 ml de água.

Modo de preparo:

Primeiro, coloque a água em uma panela e leve para ferver. Após fervura, desligue o fogo, adicione o anis estrelado e tampe. Deixe em infusão por 10 minutos. Por fim, adicione o suco de limão e o mel, e beba!

Contraindicações: o chá de anis estrelado não é indicado para crianças, grávidas ou lactantes.

2. Suco de abacaxi com própolis e gengibre

Ingredientes:

  • 1 pedaço pequeno de gengibre ou 1 colher de sopa de gengibre em pó;
  • 1 rodela média de abacaxi;
  • 15 gotas de própolis;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

Para começar, bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a própolis. Feito isso, coloque o suco em um copo e acrescente as gotas de própolis. O ideal é beber sem coar!

Contraindicações: esse suco não deve ser consumido por grávidas, lactantes ou pessoas alérgicas a algum dos componentes.

3. Sopa de legumes

Ingredientes:

  • 1 cenoura picada;
  • 1 beterraba picada;
  • 1 chuchu picado;
  • 3 dentes de alho picados ou amassados;
  • ½ maço de repolho roxo;
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem;
  • Sal, cúrcuma e temperos naturais a gosto;
  • Água a gosto.

Modo de preparo:

Para começar, aqueça o azeite de oliva e acrescente o alho para refogar. Feito isso, acrescente os ingredientes na seguinte ordem: cenoura, beterraba, chuchu e repolho roxo. Deixe-os refogar por alguns segundos.

Em seguida, adicione água até cobrir todos os legumes. Caso queira, você pode utilizar água fervente para acelerar o cozimento. Por último, acrescente a cúrcuma, o sal e os temperos naturais. Deixe em fogo baixo até que a sopa esteja pronta.

Contraindicações: essa sopa não deve ser consumida por pessoas com alergia a algum dos ingredientes.

Qual a diferença entre gripe e resfriado?

A gripe é uma doença infecciosa causada pelo vírus Influenza. Já o resfriado é uma doença infecciosa que pode ser causada por diversos tipos de vírus, como o rinovírus, parainfluenza e adenovírus.

Além disso, ambas as enfermidades se diferenciam pelos sintomas e duração. Por um lado, a gripe costuma ser mais agressiva e dura por mais tempo. Enquanto que o resfriado provoca sintomas mais leves e de curta duração.

Quer saber mais?

Referências

FISCHER, G. et al. IMUNOMODULAÇÃO PELA PRÓPOLIS. Arquivos do Instituto Biológico. São Paulo, SP, v. 75, n. 2, p. 247-253, abr./jun. 2008.

FOOD AND NUTRITION BOARD, INSTITUTE OF MEDICINE, NATIONAL ACADEMIES. Dietary Reference Intakes (DRIs): Recommended Dietary Allowances and Adequate Intakes, Vitamins.

OLIVEIRA, D. H. S. et al. A importância de uma alimentação saudável como forma de aumento da imunidade através das vitaminas e minerais. Research, Society and Development. Vargem Grande Paulista, SP, v. 10, n. 12, p. 1-7, set. 2021.

SANTOS, J. T. et al. OS EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO COM VITAMINA C. Revista Conhecimento Online. Novo Hamburgo, RS, v. 1, p. 139-163, jan./abr. 2019.

5/5 - (2 voto(s))

Nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP).

Experiência acadêmica em pesquisa científica, trabalhando com projeto sobre tratamento de epilepsia com dieta cetogênica. Atuação em educação alimentar, desenvolvendo curso de capacitação para professores da rede pública sobre nutrição.

Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.